Valeri Polyakov

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Valeri Polyakov

Cosmonauta da URSS
Nacionalidade União das Repúblicas Socialistas Soviéticas soviético
Nascimento 27 de abril de 1942 (72 anos)
Tula, URSS
hoje Rússia
Tempo no espaço 678d 16h 32min
Missões Soyuz TM-6, Mir, Soyuz TM-7, Soyuz TM-18, Soyuz TM-20
Insígnia
da missão
Mir insignia.svg Soyuz TM-6 patch.svg Soyuz TM-7 patch.png Soyuz TM-18 patch.png Soyuz TM-20 patch.png

Valeri Vladimirovich Polyakov (Tula, 27 de Abril de 1942) é um ex-cosmonauta russo, veterano de duas missões de longa duração na estação MIR, totalizando 678 dias, 16 horas e 33 minutos em órbita. Ele é o recordista mundial de permanência contínua no espaço, passando 437 dias em órbita na sua segunda missão.[1]

Lançamentos Espaciais[editar | editar código-fonte]

O primeiro lançamento foi realizado em 29 de Agosto de 1988 às 4 horas, 23 minutos e 11 segundos (hora UT), na nave Soyuz TM-6, tendo voltado a solo firme a 27 de Abril de 1989 pelas 2 horas, 57 minutos e 58 segundos (hora UT), na nave Soyuz TM-7, totalizando uma permanência de 240 dias, 22 horas, 34 minutos e 47 segundos.

O segundo lançamento foi realizado em 8 de Janeiro de 1994 às 10 horas, 5 minutos e 34 segundos (hora UT), na nave Soyuz TM-18, tendo voltado a solo firme a 22 de Março de 1995 às 4 horas, 4 minutos e 5 segundos (hora UT), na nave Soyuz TM-20, totalizando uma permanência de 437 dias, 17 horas, 58 minutos e 31 segundos.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Staying Put on Earth, Taking a Step to Mars The New York Times. Visitado em 19/12/2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]