Valga (Galiza)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde julho de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Espanha Valga  
—  Município  —
Sede do concelho de Valga
Sede do concelho de Valga
Brasão de armas de Valga
Brasão de armas
Localização do município de Valga na Galiza
Localização do município de Valga na Galiza
Valga está localizado em: Província de Pontevedra
Valga
Localização de Valga na província de Pontevedra
Valga está localizado em: Espanha
Valga
Localização de Valga na Espanha
42° 42' N 8° 39' O
Comunidade autónoma Galiza
Província Pontevedra
Comarca Caldas
Capital Ponte Valga
 - Alcaide José María Bello Maneiro (2011, PPdeG)
Área
 - Total 40,6 km²
Altitude 25 m (82 pés)
População (2012)[1]
 - Total 6 072
    • Densidade 149,56/km2 
Gentílico: Valguês, valguesa
Sítio www.valga.es

Valga é um município (concello em galego) da província de Pontevedra, Galiza, no noroeste de Espanha. Pertence à comarca de Caldas, tem 40,6 km² de área e em 2012 a população do município era de 6 072 habitantes (densidade: 149,6 hab./km²).[1]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Valga situa-se na margem esquerda do rio Ulla, menos de 5 km a sul de Padrón, 28 km a sudoeste de Santiago de Compostela, 12 km a norte de Caldas de Reis e 35 km a norte de Pontevedra (distâncias por estrada). O município é atravessado pelo Caminho Português de Santiago, pela linha de caminho de ferro Corunha-Vigo, pela Autoestrada do Atlântico (AP-9) e pela a estrada N-550 (estas últimas constituem os principais eixos rodoviários da Galiza).

Concelhos limítrofes de Valga
  Dodro, Pontecesures, Padrón  
Rianxo, Dodro Rosa de los vientos.svg Cuntis, A Estrada
  Catoira, Caldas de Reis  

O município está dividido em cinco paróquias civis: Campaña (Santa Cristina), Cordeiro (Santa Columba), Setecoros (San Salvador), Valga (San Miguel) y Xanza (Santa María).

A parte norte ocupa o amplo vale do Ulla, pelo qual também passam também os rios Louro, afluente do Minho e Valga, afluente do Ulla. A sul há duas serras: a do monte Xiabre e a do Monte Xesteiras. Os pontos mais altas dessas serras no município são o Monte Fontebecha (372 m), na serra de Xiabre, e o Monte Lomba(352 m), Monte da Salgueira (365 m) e monte do Gorgullón (221 m), na serra de Xesteiras.

As temperaturas são amenas, com uma média anual de 13°C. A precipitação é elevada, com uma média anual de 1 700 mm.

Demografia[editar | editar código-fonte]

População de Valga (1991 – 2012)
1991 1996 2001 2004 2009 2012
6 269 6 442 6 196 6 160 6 120 6 072
   +2,8%  -3,8%  -0,6%  -0,6%  -0,8%

História[editar | editar código-fonte]

Durante a Idade Média o território de Valga foi um senhorio do arcebispo de Santiago de Compostela e dividia-se entre Cordeiro e Padrón. Durante a Guerra da Independência Espanhola foi travada uma batalha em Casal do Eirixo a 27 de abril de 1809, na qual os voluntários locais, comandados por Pablo Morillo e pelo padre Concha fizeram recuar as tropas francesas do marechal Ney e do general Popon de Maucune até Cesures. Diz-se que na ocasião foi construída a ermida de Nossa Senhora da Saúde.

O concelho foi criado durante a divisão municipal de 1821, chamando-se Cordeiro até 1836. Em 1925, foi segregada a paróquia de San Xulián de Requeixo, que deu lugar ao atual concelho de Pontecesures.

Património[editar | editar código-fonte]

O petróglifo dos Penoucos de Campo Redondo, na paróquia de Valga, data da Idade do Bronze, e está classificado como Bem de Interesse Cultural. Há vários castros no município: Castro e Roda do Castro em Setecoros, e O Castro em Cordeiro.

A capela dos Martores data do século V, tendo sido ampliada no século XVII. A igrejas de Santa María de Xanza e de Santa Cristina de Campaña são românicas. A igreja velha de Santa Comba de Louro foi demolida no século XVIII.

Devido à orografia local, há muitos miradouros, como os de Chan do Monte em Setecoros, o de Campo Redondo e o do Monte Xesteiras.

A Festa da Enguia (anguía em galego) e a Mostra da Caña do País realizam-se a 31 de agosto.

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em galego, cujo título é «Valga», especificamente desta versão.
  1. a b Padrón municipal: Cifras oficiales de población desde 1996 (em espanhol). www.ine.es. Instituto Nacional de Estatística de Espanha. Página visitada em 15 de janeiro de 2013.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Valga