Vamo Batê Lata

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde Fevereiro de 2008). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)


Vamo Batê Lata
Álbum ao vivo de Os Paralamas do Sucesso
Lançamento 1995
Gravação Palace, SP, 17/18 de dezembro de 1994
Duração 54:59 min
Gravadora(s) EMI
Produção Carlos Savalla
Opiniões da crítica

O parâmetro das opiniões da crítica não é mais utilizado. Por favor, mova todas as avaliações para uma secção própria no artigo. Veja como corrigir opiniões da crítica na caixa de informação.

Cronologia de Os Paralamas do Sucesso
Último
Último
Severino
(1994)
Nove Luas
(1996)
Próximo
Próximo


Vamo Batê Lata é o segundo álbum ao vivo dos Paralamas do Sucesso, lançado em 1995 em LP, CD e VHS. Lançado em formato duplo, além do CD com o show, inclui um CD bônus (EP) com quatro canções inéditas de estúdio.

Mesmo com o fracasso de vendas do álbum anterior, Severino (1994), considerado muito experimental pela crítica, a banda ainda mantinha grande sucesso de público no Brasil, além de um período de grande sucesso na Argentina. O álbum marcou o retorno da banda às paradas de sucesso [carece de fontes?], através da canção "Uma Brasileira" e da polêmica "Luís Inácio (300 Picaretas)". Vamo Batê Lata teve mais de 900 mil cópias vendidas, a maior vendagem da banda.[carece de fontes?]

A turnê do CD teve 89 shows, que passaram por Argentina, Chile, Venezuela, Inglaterra, Japão (3), Colômbia e Uruguai.

O disco fora eleito o melhor álbum nacional de 1995 pelo Jornal do Brasil[carece de fontes?] (a banda ainda venceu nas categorias Melhor Grupo Brasileiro, Melhor Show e Melhor Música Nacional, devido à canção Uma Brasileira).

O Show[editar | editar código-fonte]

Gravado em duas apresentações da turnê de Severino, em São Paulo, no Palace (atual Citibank Hall de São Paulo), o show inclui muitas músicas do álbum, além de grandes sucessos da banda, como "A Novidade", "Trac-Trac" (com a participação do músico argentino Fito Paez, autor da versão original) e "Alagados".

A canção "Meu Erro" foi mesclada ao instrumental "Soul Sacrifice", do guitarrista latino Carlos Santana. O disco também conta com citações de Luiz Gonzaga (um trecho da canção "Paraíba" foi incluído na introdução instrumental de "O Rio Severino") e Alceu Valença (um trecho de "Sol e Chuva" foi incluído ao final de "Não Me Estrague o Dia").

Foram regravadas as canções "Você", sucesso de Tim Maia (que conta com um trecho de outro sucesso do cantor, "Gostava Tanto de Você") e "Um a Um", de Jackson do Pandeiro (que tem um trecho instrumental de "Se Você Me Quer", do disco Big Bang, gravado pelo grupo em 1989, e que menciona os jogadores Bebeto, Romário, Paulo Sérgio Rosa (Viola) e Ronaldo.

O vídeo, dirigido por Roberto Berliner e lançado em VHS no mesmo ano, inclui quatro músicas a mais, dentre elas uma versão de "Whole Lotta Love", do Led Zeppelin. Além disso, "Uma Brasileira", que só seria lançada no CD do show, também é tocada. O vídeo foi lançado em DVD em 2005.

Faixas:CD[editar | editar código-fonte]

  1. A Novidade (Herbert Vianna/Bi Ribeiro/João Barone/Gilberto Gil)
  2. Dos Margaritas (Herbert Vianna/Bi Ribeiro)
  3. Vamo Batê Lata (Herbert Vianna)
  4. Alagados (Herbert Vianna/Bi Ribeiro/João Barone)
  5. Caleidoscópio (Herbert Vianna)
  6. Meu Erro (Herbert Vianna)/Soul Sacrifice (Santana Band)
  7. Trac-Trac (Track Track) (Fito Paez, versão Herbert Vianna)
  8. O Rio Severino (Herbert Vianna)/Paraíba (Luiz Gonzaga/Humberto Teixeira)
  9. Lanterna dos Afogados (Herbert Vianna)
  10. Um a Um (Edgard Ferreira)
  11. Você (Tim Maia)/Gostava Tanto de Você (Edson Trindade)
  12. O Beco (Herbert Vianna/Bi Ribeiro)
  13. Romance Ideal (Herbert Vianna/Martim Cardoso)
  14. Não Estrague o Dia (Herbert Vianna)/ Sol e Chuva (Alceu Valença)

CD 2 (gravado em estúdio)

1.Uma Brasileira

2. Saber Amar

3. Luis Inácio ( 300 Picaretas )

4. Esta Tarde

Vamo Batê Lata
Álbum de vídeo de Os Paralamas do Sucesso
Lançamento VHS (1995)
DVD (Novembro de 2005)
Gravação Palace, SP, 17/18 de dezembro, 1994
Formato(s) Video
Gravadora(s) EMI


Faixas: VHS/DVD[editar | editar código-fonte]

  1. Vamo Batê Lata
  2. Alagados
  3. A Novidade
  4. Navegar Impreciso (Herbert Vianna)
  5. Perplexo (Herbert Vianna/Bi Ribeiro/João Barone)
  6. O Rio Severino
  7. Caleidoscópio
  8. Dos Margaritas
  9. Trac-Trac (Track-Track)
  10. Lanterna dos Afogados
  11. Uma Brasileira (Herbert Vianna/Carlinhos Brown)
  12. Você/Gostava Tanto de Você
  13. O Beco
  14. Whole Lotta Love (Jimmy Page/Robert Plant)
  15. Cagaço (Herbert Vianna/Bi Ribeiro)/Heroína (Luca Prodan)
  16. Meu Erro/Soul Sacrifice

Banda[editar | editar código-fonte]

  • Herbert Vianna: vocal e guitarra
  • Bi Ribeiro: baixo
  • João Barone: bateria
  • João Fera: teclados
  • Eduardo Lyra: percussão
  • Monteiro Jr.: saxofone
  • Senô Bezerra: trombone
  • Demétrio Bezerra: trompete/flugelhorn
  • Fito Paez: vocal e piano em "Trac Trac"

O EP[editar | editar código-fonte]

Vamo Batê Lata
EP de Os Paralamas do Sucesso
Lançamento 1995
Gravação Nas Nuvens, de Fevereiro a Março de 1995
Duração 13:07 min
Formato(s) EP
Gravadora(s) EMI
Produção Carlos Savalla/Paralamas/Liminha


O CD bônus fora rotulado EP, por ter apenas quatro faixas(como os antigos extended play). Toda a banda de apoio dos Paralamas toca no EP, exceto João Fera (os teclados foram feitos por Herbert).

1- Uma Brasileira[editar | editar código-fonte]

Letra por Herbert Vianna e Carlinhos Brown; Música por Carlinhos Brown
Produzida por Paralamas, Liminha e Carlos Savalla

"Uma Brasileira" foi o principal single. Com a participação especial de Djavan, fora testada na turnê de Severino (inclusive incluída no VHS de Vamo Batê Lata). A letra é típica de Carlinhos Brown, com versos que se ajustam à melodia, não importa se fazem sentido (tatibitate, trate-me trate, como um candeeiro, ô, somos do interior do milho). A inspiração para canção foi a mulher de Herbert, Lucy Needham Vianna, que apesar de ser inglesa já era considerada "uma brasileira" (e também por causa dela o refrão é em inglês: "One more time, ime, ime").

A música também foi vertida para o espanhol, batizada "Una Brasileña".

O videoclipe, dirigido por Andrucha Waddington, ganhou a Escolha da Audiência na primeira edição do Vídeo Music Brasil (VMB), da MTV Brasil, em 1995.

2- Saber Amar[editar | editar código-fonte]

Letra e música por Herbert Vianna
Produzida por Paralamas e Carlos Savalla

"Saber Amar" é uma balada sofisticada, sobre o amor e saber mantê-lo. A música tem 3 convidados: o argentino Charly Garcia no piano, o Barão Vermelho Maurício Barros no órgão e um solo de sax-tenor do americano Ernie Watts.

A canção foi incluída na trilha sonora da telenovela História de Amor, da Rede Globo. Também foi criada uma versão pela banda pop portuguesa Delfins, incluída no álbum do mesmo nome de 1996, que teve grande sucesso em Portugal.

3- Luís Inácio (300 Picaretas)[editar | editar código-fonte]

Letra e música por Herbert Vianna
Produzida por Paralamas e Liminha

4- Esta Tarde[editar | editar código-fonte]

Letra e música por Herbert Vianna
Produzida por Paralamas

"Esta Tarde" é um rock que não foi para as rádios, e a única faixa do EP que não foi para a coletânea Arquivo II(2000). Porém ganhou um videoclipe, que une os Paralamas a seus pais e filhos. Este clipe foi incluído no DVD Arquivo de Imagens.

Banda[editar | editar código-fonte]

  • Herbert Vianna: vocal, guitarra, violão e teclados
  • Bi Ribeiro: baixo
  • João Barone: bateria
  • Eduardo Lyra: percussão
  • Monteiro Jr.: saxofone
  • Senô Bezerra: trombone
  • Demétrio Bezerra: trompete
  • Djavan: vocal em "Uma Brasileira"
  • Jairo Cliff: vocal em "Luis Inácio"
  • Charly Garcia: piano em "Saber Amar"
  • Maurício Barros: órgão em "Saber Amar"
  • Ernie Watts: sax tenor em "Saber Amar"

Versão Estrangeira[editar | editar código-fonte]

Existe também uma versão estrangeira do Vamo Batê Lata ("Paralamas En Vivo"). Possui as mesmas músicas do show original com adição de Cagaço/Heroína que está presente no VHS/DVD e El Vampiro Bajo El Sol. Inclui também as versões em espanhol de Dos Margaritas, Track Track (Trac-Trac), Linterna de Los Afiebrados (Lanterna dos Afogados), Coche Viejo (Carro Velho) e Canción Del Marinero (Melô do Marinheiro). No segundo disco (EP), todas as quatro músicas originais de estúdio, e como bônus Una Brasilera (Uma Brasileira). É possível encontrá-lo em sites de compras como o MercadoLivre da Argentina.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • França, Jamari. Os Paralams do Sucesso: Vamo Batê Lata. [S.l.]: 34, 2003. ISBN 85-7326-275-3.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Os Paralamas do Sucesso é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.