Vanadinita

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Vanadinita de Mibladen, Marrocos

Vanadinita é um mineral de fórmula Pb5(VO4)3Cl, clorovanadato de chumbo Faz parte de uma série com dois outros minerais: piromorfita (Pb5(PO4 3Cl) e mimetita (Pb5(AsO4)3Cl).

Tem cristais hexagonais, geralmente prismático. É frágil e tem uma fratura desigual. A dureza na escala de Mohs é de 2.75-3 e sua densidade relativa é de 6.7-7.2. Tem um brilho vítreo a resinoso, de coloração amarela, castanha amarelada, castanha avermelhada ou vermelho. É translúcido ou opaco.

A vanadita não é um mineral comum, ocorre como um produto de alteração em jazidas de chumbo. É encontrado nos Montes Urais (Rússia), Áustria, Espanha, Escócia, Marrocos, Argentina, México e nos Estados Unidos (Arizona, Novo México e Dakota do Sul). É usado como fonte de obtenção do vanádio e, em menor extensão, para a obtenção do chumbo.

Este mineral foi descrito primeiramente como um cromato quando descoberto no México em 1801, por Andrés Manuel del Río, pois o vanádio só seria descoberto em 1830.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Vanadinita