Vanessa Silva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Vanessa Silva
Vanessa Silva
Informação geral
Nome completo Ana Vanessa da Cruz Silva
Também conhecido(a) como Vanessa, Ana Vanessa, Ana Silva.
Nascimento 5 de Outubro de 1981
Origem Ajuda, Lisboa
País Portugal Portugal
Género(s) Pop, R&B, pop rock, fado e jazz
Ocupação(ões) Cantora, actriz, compositora e artista de performance.
Instrumento(s) Voz
Afiliação(ões) TT, João Portugal, Henrique Feist, Liliana Almeida, Diego Miranda, Nuno Feist, Ricardo Soler e David Antunes & the midnight band.
Influência(s) Mariah Carey, Christina Aguilera, Alicia Keys

Vanessa Silva (Lisboa, 5 de Outubro de 1981) é uma cantora, compositora e actriz portuguesa. Foi considerada como cantora um caso raro mundial, tendo Luís Jardim afirmado que não há muita gente que cante assim no mundo inteiro.[1] Tornou-se conhecida do grande público quando participou no programa "Academia de Estrelas", da TVI, onde alcançou o 3º lugar; já tendo, no entanto, passado anteriormente pela vizinha SIC, alguns anos antes, com o programa "Cantigas da Rua".

Também usou o nome Ana Vanessa, Ana Silva e Vanessa Marques. No panorama artístico é conhecida apenas pelo primeiro nome, Vanessa. Vanessa é actualmente uma figura de peso no mundo do teatro e musicais portugueses. Apesar de ser mais conhecida como cantora, Vanessa canta, dança e representa.[2] Foi, em 2010, considerada uma das melhores vozes femininas portuguesas.[3]

Tornou-se uma atracção musical no Teatro Maria Vitória[4] e destacou-se no musical "O Melhor de La Féria",[5] , sendo que o próprio Filipe La Féria comentou: A Vanessa é de facto um grande valor em qualquer parte do mundo (para o Portugal no Coração da RTP1). Foi também protagonista no musical "Fame".

Fez alguns trabalhos como compositora, nomeadamente para o DJ Diego Miranda, entre as quais a canção "Speed". Tendo feito também composições para a rede Globo.[6]

Foi cabeça de cartaz no Teatro Politeama, em Lisboa, com o papel principal de Judy Garland[7] para a peça com o nome de "Judy Garland - O Fim do Arco-Íris", também de Filipe La Féria.[8] [9] [10] A peça obteve mais de 25 mil espectadores em menos de 2 meses.[11]

Protagoniza Amália Rodrigues em "Uma Noite em Casa de Amália", o novo musical de Filipe La Féria, que estreou a 5 de Julho (de 2012).

É, às sextas-feiras, a atracção musical da Discoteca Trumps, juntando-se a grandes nomes portugueses que pelo Trumps já passaram, tais como Wanda Stuart e António Variações.[12]

No Rock In Rio 2012, em Lisboa, Vanessa foi a escolhida por Bryan Adams (do público) para cantar consigo no palco a música "When You're Gone".[13] Foi também distinguida, a 8 de Junho (2012), com o prémio "A Estatueta da Verdade", por iniciativa da Revista Eles & Elas.

Consagra-se vencedora, ao lado do seu colega FF, do programa A Tua Cara não me é Estranha Duetos ao interpretar Celine Dion num dueto com Andrea Bocelli.[14]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Ana Vanessa da Cruz Silva, nasceu a 5 de Outubro de 1981 na Ajuda, em Lisboa. É uma cantora e actriz de teatro, musicais e televisão portuguesa.

Começou a cantar pela primeira vez com 6 anos de idade numa colectividade ao lado da sua residência, quando era pequena queria muito ser bailarina, ainda estudou várias modalidades. Apesar de sonhar ser bailarina acabou por estudar Medicina porque queria ser veterinária[15] , contudo acabou por seguir o mundo dos palcos mas desta feita como actriz e cantora.[16]

Vanessa no Portugal Night

O tio de Vanessa é fadista, e a sua avó também cantava, pelo que Vanessa sempre gostou muito de Fado. Os seus pais tiveram durante muito anos uma casa de Fados, no entanto Vanessa nunca ingressou por uma carreira como fadista, identificava-se com Fado no sentido interpretativo e sempre gostou de cantar Fado[17] , no entanto tanto cantava fados como músicas dos ABBA ou da Mariah Carey.[15]

Aos 15 anos já cantava em bares, já tinha participado em alguns programas, nessa altura surgiram algumas oportunidadades para representação. Vanessa não quis ingressar na área sem bases, pelo que foi estudar para Escola Profissional de Teatro de Cascais.[16]

Durante sete ou oito anos Vanessa actuou em três bares fixos, também com 15 anos. Quando actuava em bares, tinha uma banda, de seu nome Culto Oculto. A primeira vez onde Vanessa actuou com banda foi no bar Chafarix. Um tempo depois deixou os bares para fazer o programa Sábado à noite.[16]

A primeira vez que apareceu na televisão tinha 13 anos, após concorrer às audições para o programa ‘As Tardes de Domingo' de Júlio Isidro. Com 16 anos (em 1997) Vanessa concorreu ao programa ‘Reis do Estúdio', com a sua banda da altura "Culto Oculto", no ano seguinte (1998 e com 17 anos) concorre ao programa ‘Chuva de Estrelas', desta feita, a solo imitando Amanda Marshall.[15]

Vanessa não tem formação musical, mas apesar de nunca ter estudado canto é uma cantora nata, pelo que é para muitos surpreendente como, por exemplo, afirmou Eládio Clímaco no programa "À Conversa" que em várias actuações, Vanessa consegue manter controlo sobre as notas, mantendo uma voz límpida quando canta a chorar, demonstrando uma técnica profissional.[16]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Tornou-se reconhecida nacionalmente quando participou no programa "Academia de Estrelas" (2002), da TVI, onde cantou temas como "Pure Shores" das All Saints; "Gabriel" dos Lamb e "Papel Principal" de Adelaide Ferreira com quem dividiu o palco. Alcançou o 3º lugar logo depois de Lilia e Mané (o vencedor).

Após o sucesso neste programa Vanessa assinou contrato com a editora Vidisco. Gravou um disco que não chegou a ser editado. Os vários temas gravados foram utilizados em bandas sonoras de novelas como "Mistura Fina" onde cantava a tema genérico "Mistura Fina", "New Wave" onde cantava "Out Of Here", "So Lost" e "Waste of Time"[18] e Celebridade onde cantava "Only Me".

"Há sempre muitos interesses: os filhos…os enteados… e eu não nasci para ser enteada, de facto não…"

Vanessa Silva, em relação ao facto de ainda não ter lançado nenhum albúm.[19]
Vanessa ao lado do DJ Diego Miranda

Em Novembro de 2004 venceu um concurso internacional chamado "Anastacia Idol", tendo como prémio o privilégio e a oportunidade de actuar lado a lado com Anastacia no Pavilhão Atlântico e participado no videoclipe do tema "Heavy on My Heart".

Chegou a uma altura em que estava cansada de cantar e como as oportunidades no meio não eram muitas tirou um curso de maquilhadora.[19]

De Outubro de 2008 a Janeiro de 2009 foi protagonista no musical Fame, com exibições no Teatro Tivoli (Lisboa) e no Teatro da Avenida (Porto).

Vanessa após uma das suas performances.

Entre Março e Maio de 2008 foi uma das protagonistas na revista à portuguesa "É o Fim da Macacada", que esteve em digressão pelos Estados Unidos da América.

Participou três vezes no Festival RTP da Canção. Em 2007 juntamente com Henrique Feist, com o tema "Além do sonho", música de Nuno Feist e letra de Nuno Marques da Silva, obtendo então o 3º lugar. No ano seguinte (2008) participou a solo, o autor da música e da letra foram os mesmo de "Além do sonho", e nesse ano deram vida à balada fortíssima "Do outro lado da vida" (ficando em 7º lugar). E em 2010 foi finalista no Festival RTP da Canção com o tema "Alvorada" da autoria também de Nuno Feist e Nuno Marques da Silva, classificando-se na terceira posição, atrás de Catarina Pereira (Canta por Mim), segunda classificada, e da vencedora Filipa Azevedo (Há Dias Assim).

Vanessa foi atracção nacional no Teatro Maria Vitória do Parque Mayer, na revista "Agarra Que é Honesto" (de 2009 a 2010). Foi 2ª figura da revista "Vai de Em@il a Pior" (de 2010 a 2011), que esteve em cena também no Teatro Maria Vitória.

Entre Outubro e Novembro (de 2011), esteve no musical de Filipe La Féria, intitulado "O Melhor de La Féria". Vanessa deixou este musical no fim de Novembro para abraçar um novo projecto (também das produções de Filipa La Féria), desta feita como protagonista, a cantora/actriz dá vida a "Judy Garland", na peça "Judy Garland - O Fim do Arco-Íris" a peça estreou em Janeiro (2012) e terminou, 5 meses depois, em Maio (de 2012).

Vanessa tem mais um grande papel, também nas produções de Filipe La Féria, Vanessa é Amália, no musical "Uma Noite em Casa de Amália".

Faz também (em Outubro de 2012) uma participação especial no musical "Peter Pan", das produções La Féria, onde interpreta (em vídeo) a personagem "Sininho".

No dia 6 de Novembro de 2012 Vanessa estreou no Auditório da Biblioteca Municipal Orlando Ribeiro um novo projecto chamado Circo CONTEMPORÂNEO DE LISBOA que propõe um mergulho artístico nas possíveis condições que nos sustentam, traduzindo-as em representações de novo circo unindo a acrobacia aérea ao movimento do corpo, a voz ao audiovisual, a música à performance.[20]

Em Junho de 2013, Vanessa estreia mais uma peça no Teatro Politeama, desta feita, "Grande Revista à Portuguesa", onde tem guardados para si grandes números, tal como referenciou Filipe La Féria.

Teatro e musicais[editar | editar código-fonte]

Vanessa na revista Agarra que é Honesto

Entre o ano 2002 e 2003 Vanessa esteve envolvida no projecto "Esta Vida é uma Cantiga", para o encerramento do Parque Mayer e, mais tarde, para o Teatro S. Luíz.

Este espectáculo foi dirigido por Henrique Feist e faziam parte do elenco Lucília São Lourenço, Wanda Stuart e participações especiais de Fernanda Baptista, Anita Guerreiro e o maestro Nuno Feist.

De Outubro de 2008 a Janeiro de 2009 foi protagonista no musical Fame, em exibição no Teatro Tivoli (Lisboa) e no Teatro da Avenida (Porto).

Entre Março e Maio de 2008 foi uma das protagonistas na revista à portuguesa "É o Fim da Macacada", que esteve em digressão pelos Estados Unidos da América.

Em fevereiro de 2008 participou no High School Musical no Teatro Tivoli, um musical da Famous Produções e do Disney Channel.[21]

Vanessa foi atracção nacional no Teatro Maria Vitória do Parque Mayer, na revista "Agarra Que é Honesto" (2010), tendo entrado como cantora. Foi 2ª figura da revista "Vai de Em@il a Pior" (2010), que esteve em cena também no Teatro Maria Vitória, com direcção de Francisco Nicholson. Em "Vai de Em@il a Pior", Vanessa interpreta dois dos grandes momentos da peça, num deles interpreta uma criança de rua que emociona o público.[22]

Vanessa na Revista Vai de Em@il a pior

A 29 de Agosto de 2010, foi uma dos protagonistas de "A Magia dos musicais", uma peça criada para as festas da freguesia de Santo António dos Cavaleiros desse ano, onde foram recriadas parte de grandes peças como Cabaret e Les Miserables.

Em 2011, tomou parte no Espectáculo Gay Divas, uma inovação ao teatro musical português, tratando-se de um espectáculo coreografado por Marco De Camillis para o Arraial Pride, um evento da responsabilidade da associação ILGA.[23] Vanessa interpreta o número musical de Marilyn Monroe, temas de Simone de Oliveira, temas de Beyoncé e de outros artistas de renome portugueses e estrangeiros.[24]

Em 2012, toma parte no elenco de O Melhor de La Féria e protagoniza Judy Garland - O Fim do Arco-Íris .

Nos dias 15 e 22 de Maio (de 2012), Vanessa ao lado de Henrique Feist, F.F. e Eva Santiago dão voz ao espectáculo "Grandes Musicais", onde interpretam grandes musicais como "Os Miseráveis", "Chess", "O Fantasma da Ópera" e "Miss Saigon". O espectáculo tem direção cénica de Henrique Feist e direção musical de Jorge Camacho, e decorre no Cinema da Academia Almadense e no Cinema São Jorge, em Lisboa.[25]

Vanessa protagoniza Amália Rodrigues, no musical de Filipe La Féria 'Uma Noite em Casa de Amália', que estreou a 5 de Julho de 2012.[19]

Em Junho de 2013, Vanessa faz parte do elenco da "Grande Revista à Portuguesa", no Teatro Politeama.

O Melhor de La Féria[editar | editar código-fonte]

Vanessa em "O Melhor de La Féria"

Entre Outubro e Novembro (de 2011), esteve no musical de Filipe La Féria, intitulado "O Melhor de La Féria" em exibição no Casino do Estoril no Salão Preto e Prata. Filipe la Féria não poupou elogios ao trabalho de vanessa, convidando-a como actriz principal no seu novo musical Judy Garland|O Fim do Arco-íris.[26] O Melhor de La Féria é uma viagem às memoráveis obras-primas de Filipe La Féria.[27] Uma das relevantes interpretações de Vanessa em O Melhor de La Féria foi, na revisitação do musical "Maldita Cocaína", a sua interpretação da "Canção da Raquel".

Vanessa deixou o musical O Melhor de la Féria no fim de Novembro para abraçar este novo projecto, desta vez como protagonista, a cantora/actriz dá vida a "Judy Garland", na peça "Judy Garland - O Fim do Arco-Íris" a estreia deste espectáculo realizou-se no dia 26 de Janeiro de 2012.[28] [29] [30]

Judy Garland - O Fim do Arco-íris[editar | editar código-fonte]

Vanessa e Carlos Quintas na cena em que Judy interpreta o tema "Smile" para Anthony.

Filipe La Féria apostou na Vanessa, para o dificílimo papel de Judy Garland naquele que foi considerado pelo Times como o melhor musical de sempre [31] , referindo-se ao musical: Judy Garland - O Fim do Arco-Íris. Vanessa supreende numa personagem de intensa exigência, de personalidade profunda e complexa, no papel de Judy Garland, um desempeho que valeu à actriz inglesa Tracie Bennett os maiores prémios do teatro britânico.

A cantora/actriz destaca-se em mais uma das produções de La Féria[32] , já conhecida como cantora, Vanessa dá uma lição de representação a quem se senta nas cadeiras do Politeama[33] [34] , tendo sido considerada a grande Judy Garland portuguesa.[35] Ao contrário das usuais produções de Filipe La Féria, esta peça limita-se a três cenários, três actores, e uma orquestra, onde a peça se resume a duas únicas palavras: Vanessa Silva.[34] [36]

A peça é coreografada por Inna Lisniak, a direcção vocal é de Dale Chappell, e a direcção de guarda roupa é de Laurinda Farmhouse.[31] [37] Judy Garland | O Fim do arco-íris que estreou em Portugal antes de estrear na Broadway em Nova Iorque, atingiu mais de 25 mil espectadores em menos de 2 meses.[11] A peça saiu de cena a 13 de Maio de 2012.

Recepção crítica[editar | editar código-fonte]

Vanessa deixou o Politeama rendido ao seu talento. Foi brindada por diversas vezes com "Bravo!" e aplaudida de pé pela plateia durante a estreia.[38] Foi também distinguida, a 8 de Junho, com o prémio "A Estatueta da Verdade", por iniciativa da Revista Eles & Elas[39] , em grande parte devido à sua actuação como Judy Garland. Recebeu inclusive ovações do público nas várias exibições assim como críticas muito positivas, tais como:

A grande estrela da noite é sem sobra de dúvida, Vanessa, no papel de Judy Garland. Dona de uma voz poderosa, Vanessa impressiona com interpretações tão boas como as da própria Judy Garland. Mas com se isso não chegasse, é ainda uma excelente actriz com um óptimo comedic-timing. Vanessa é a grande responsável por arrancar gargalhadas avassaladoras ao público.
 
David Baptista da Silva[40] ,
Vanessa na cena em que Judy interpreta o tema "Somewhere Over the Rainbow".
Grande espetáculo no Politeama e magistral interpretação do papel de Judy garland pela cantora/atriz Vanessa (…) Vanessa é jovem, bonita, talentosa e, por isso vai, de certeza ter um futuro no teatro em Portugal. A noite da estreia no Politeama foi o primeiro passo. No Politeama nasceu uma estrela. Parabéns!
 
Ruy Castelar,
A Vanessa é magistral neste espetáculo. Ela é maravilhosa enquanto cantora e, enquanto atriz, é uma grande revelação. Esta é das melhores interpretações do Carlos Quintas, o Hugo Rendas também está muito bem, mas a Vanessa é este espetáculo. Ela é a grande surpresa.
 
Não vou contar o espectáculo – o Filipe matava-me! – mas esta interpretação da Vanessa Silva é não só irrepreensível mas deslumbrante. Dificilmente haveria melhor…E agora pergunto eu: Que país é este que demora tanto tempo a reconhecer os seus talentos??? (…)
 
Maria[carece de fontes?],

Destacando-se na constante mudança de humor da sua personagem, ora ri, ora chora, ora grita, numa autêntica viagem entre a máxima euforia e a trágica tristeza e a par do seu poder vocal, Vanessa tem deixado o público muito agradado dado que a cantora/actriz consegue mudar facilmente o registo de comédia para drama e vice-versa, uma caracerística que Vanessa afirma com grande humildade que “não é treinado, apenas sai naturalmente”.[35] [42] [43]

Esquecida por muitos, relembrada por outros tantos, poucos foram aqueles que não ficaram com a voz de Vanessa na memória.[44] No final da ante-estreia do espetáculo La Féria terminou o seu discurso da seguinte forma: “Viva o Teatro! Viva Portugal! E Viva a Vanessa!”[45]

Após a exibição da peça, a própria Vanessa comentou o seu papel como Judy Garland, tendo afirmado que havia sido um processo difícil e cansativo e que inicialmente não sabia se era ou não capaz de representar o papel, comentou também que o talento e sucesso que se revelou no fim se deveu a muito trabalho e dedicação[46] àquele que foi considerado um dos melhores espetáculos de Filipe la Féria:

Emociono-me sempre! Sou tão fã da Judy que me é difícil tentar explicar a mágoa que ela tinha e abstrair-me disso (…) Fui muito acarinhada pelo público e não estava à espera nem de meta­de.
 
Vanessa Silva , Caras[41]

Uma Noite Em Casa de Amália[editar | editar código-fonte]

Vanessa em Uma Noite Em Casa de Amália.

Após Judy Garland, O Fim do Arco-Íris, Filipe La Féria voltou a apostar na Vanessa para o seu novo musical "Uma Noite em Casa de Amália". Vanessa interpreta Amália Rodrigues, mais uma vez como protagonista. "Uma Noite em Casa de Amália" retrata uma das tertúlias que Amália realizou em sua casa.[19]

A peça retrata uma noite de inverno nos alvores do marcelismo e antes do 25 de Abril, aquando de uma das tertúlias que Amália realizava em sua casa onde recebia intelectuais maioritariamente opositores do Estado Novo. Mais concretamente a tertúlia remete para Dezembro de 1968 quando Vinicius de Moraes parte para Roma onde irá passar o Natal e nessa noite Amália organiza uma pequena festa de despedida.[47] Como afirmava Vinicius de Moraes "a vida é a arte do encontro" e no palco vamos encontrarmo-nos com Amália Rodrigues (interpretada por Vanessa), Vinicius de Moraes (Marcos de Góis), Natália Correia (Paula Fonseca), Ary dos Santos (Ricardo Castro), David Mourão Ferreira (Nuno Guerreiro), Alain Oulman (Hugo Rendas), Maluda (Cláudia Soares) e ainda participações de Rui Andrade como militar, Pedro Martinho como o técnico de som da Valentim de Carvalho, Hugo Ribeiro, e Rosa Areia como Casimira, a empregada e confidente de Amália.[47]

A peça Uma Noite Em Casa de Amália já recebeu convites para ser apresentada no Brasil, sendo que só estreou no Teatro Politeama a 5 de Julho de 2012.[47]

Recepção crítica[editar | editar código-fonte]

A recepção crítica da peça foi positiva, Vanessa encantou todos os presentes na estreia ao representar e interpretar 32 temas de Amália Rodrigues.[48] Segundo a crítica canta extraordinariamente do princípio ao fim, sendo que o público se emocionou várias vezes. Vanessa transporta-nos para um momento onde se exaltam o drama, as gargalhadas, a música e as lágrimas[49] , tendo sido considerada, por alguns, uma das suas melhores interpretações.[50] Ivan Lins, que foi assistir à peça considerou Vanessa "uma grande cantora-actriz em qualquer parte do mundo" e aplaudiu de pé Uma Noite em Casa de Amália tendo afirmando que “é uma obrigação de Portugal apresentar este espectáculo no Brasil”.[51] Apresentam-se abaixo outras das críticas:

Uma Noite em Casa de Amália.
Vanessa está sublime, quer na representação, quer na interpretação dos temas de Amália, permanentemente em palco a cantora e atriz demonstra, uma vez mais, que é um dos grandes valores deste país.
 
Carlos Portelo[52] ,
Eu estou muito contente e ao mesmo tempo um pouco emocionado também por poder ver uma amiga minha, que é a Vanessa, a fazer uma personagem tão mítica quanto é a Amália.
 
FF[53] ,
A vanessa também é uma grande artista e também tem uma grande alma, ela dá-se por inteira no palco e é por isso que eu lhe dou essas grandes oportunidades, porque ela (…) ou doente ou mal disposta (…) dá tudo o que tem.
 

Grande Revista à Portuguesa[editar | editar código-fonte]

Cartaz "Grande Revista à Portuguesa"

A Grande Revista à Portuguesa teve a sua 1ª exibição no dia 21 de Junho (2013) e estreou no dia 27 de Junho (2013). A Grande Revista à Portuguesa tem como principais intérpretes os populares atores João Baião, Marina Mota, Vanessa, Maria Vieira, Ricardo Castro, Rui Andrade, Filipe Albuquerque, Patricia Resende, Adriana Faria, Bruna Andrade, à frente de um grande elenco de atores, cantores, bailarinos e acrobatas. “A Grande Revista à Portuguesa” é uma mega-produção que homenageará o género mais genuíno do nosso Teatro num espetáculo que revisitará o humor e a arte de ser português. Contando com um texto original de La Féria e figurinos de Costa Reis, convidará os espetadores a uma viagem ao Portugal de hoje com todos os seus “heróis”, fantasmas e hilariantes situações e equívocos, proporcionando uma noite de gargalhadas num país deprimido e em crise. Rir das nossas tragédias, rir de nós mesmos num espetáculo sofisticado, digno dos maiores palcos do mundo, interpretado por grandes artistas e que recorre aos mais sofisticados meios tecnológicos de vídeo em leds. “A Grande Revista à Portuguesa” será um espetáculo histórico que marcará uma nova fase no Teatro para o grande público sob a direção, a arte e o engenho de Filipe La Féria.

Este espectáculo foi nomeado para "Melhor Peça/Espectáculo", da XIX edição dos Globos de Ouro.

Circo Contemporâneo de Lisboa[editar | editar código-fonte]

É no dia 6 de Novembro (2012), no Auditório da Biblioteca Municipal Orlando Ribeiro, em Telheiras, que Vanessa se estreia num novo projecto: o Circo Contemporâneo de Lisboa. O Circo Contemporâneo de Lisboa nasce com direcção artística de Jocka Carvalho e Tiago F. Martins.[55]

O projecto apresenta-se como um mergulho artístico em representações de Novo Circo, apostando na fusão das mais variadas linguagens cénicas e artísticas ao unir a performance aérea ao movimento do corpo, a voz ao audiovisual e a música à representação.[20] O projecto envolve a experiência nacional e internacional de uma equipa de profissionais, sendo estes Vanessa Silva, Jocka Carvalho, Raquel Narciso, Tiago F. Martins, Michael Camilleri e Telma Pinto. "ADITTIO" é o nome do primeiro espectáculo que o circo apresentou.[56]

Este projecto diferencia-se por agregar e integrar identidades distintas, sejam elas individuais ou colectivas investindo no desenvolvimento de produções de assinatura própria projectadas com o objectivo de promover e celebrar o novo circo de produção nacional, os seus artistas e a cultura portuguesa.

"Adittio", o primeiro espectáculo apresentado, surge como uma viagem ao íntimo de cada uma das personagens representadas através da forma de como estas observam a sua própria condição de observadores, oferecendo ao espectador a hipótese de também o ser.[20]


74.14 - 40 anos de Liberdade[editar | editar código-fonte]

Em 2014 celebram–se 40 anos de "liberdade". Há quarenta anos entrámos em democracia, 40 anos desde o 25 de Abril. 74.14 é um espectáculo que visa celebrar estes últimos 40 anos através da música que neles mais êxito tiveram. Os maiores êxitos musicais desde 1974 até hoje. As canções que mais cantámos, trauteámos, escutámos, dançámos. Desde a música portuguesa até à musica brasileira, inglesa, norte americana, francesa, italiana, espanhola e africana. José Cid, Carlos do Carmo, Sérgio Godinho, Tonicha, Marco Paulo, Duo Ouro Negro, Paulo de Carvalho, Salada de Frutas, UHF, Taxi, Doce, Trovante, Jorge Palma, Rui Veloso, Xutos, Paulo Gonzo, Carlos Paião, MadreDeus, Maria Bethânia, Roberto Carlos, Gal Costa, Elis Regina, Rita Lee, Chico Buarque, Caetano Veloso, ABBA, Supertramp, Madonna, Tina Turner, Michael Jackson, Elton John, Whitney Houston…enfim tantos e tantos. Ao som de quantas canções destes últimos quarenta anos é que já dançámos, já rimos, já chorámos, já namorámos…74.14 põe essas memórias todas em dia! Afinal, o que seria destes últimos quarenta anos sem música? Um espectáculo de Henrique Feist com direcção musical de Nuno Feist, que estará no Coliseu de Lisboa, nos dias 27,28 e 29 de Junho. No elenco estão Vanessa Silva, Henrique Feist, FF, Lúcia Moniz, Rui Andrade e Suzy.

Televisão[editar | editar código-fonte]

Participou em programas, a solo ou em grupo, tais como: "Chuva de Estrelas" (1998), com "Let It Rain" de Amanda Marshall (usando o nome Ana Silva), "Reis do Estúdio" (1997), com a banda Culto Oculto, com os seguintes temas: "A Festa dos abraços" (de Rita Guerra) e, "You Learn", também com o nome de Ana Silva.

Participou noutros programas, fazendo parte do elenco fixo de "Cantigas de Maldizer" (1995), de Teresa Guilherme. Além disso, participou no programa "Sábado à Noite" (2001), de Filipe La Féria e João Baião e integrou um grupo de fado. Participou também no programa de talentos da SIC "Cantigas de Rua" (1999).[57] E foi durante 2 anos e meio cantora fixa no "Casino do Estoril" e participou na Gala dos 40 anos de Marco Paulo, exibida na RTP 1.

Vanessa ao lado dos outros músicos do Chamar a Música, da SIC

Participou no concurso Objectivo Rock In Rio-Lisboa fazendo parte da banda sonora com os temas "So Lost" e "Out Of Here".

Participou na novela Saber Amar em 2003. E fez parte da banda sonora de várias telenovelas da TVI e SIC, tais como: a telenovela Mistura Fina com o tema de abertura "Mistura Fina" e o tema "Out of Here", a telenovela New Wave com tema "Who You Are", a novela Celebridade com a música "Only Me", a telenovela Floribella com os temas "Olhos p'ra Mim" e "Caprichos", Sedução com o tema "A História Repete-se".

Em 2007, participou no coro do programa Família Superstar, um concurso de talento vocal com o objectivo de encontrar a dupla de familiares que cantasse melhor, transmitido na SIC. Vanessa apresentou-se em todas as galas como uma das quatro cantoras do chamado "Coro Superstar", juntamente com Débora Gonçalves, Ana Ferreira e Raquel Guerra, tendo interpretado diversas músicas internacionais, tais como "Listen" de Beyoncé Knowles, a 21 de Outubro de 2007, "Lady Marmalade" de Christina Aguilera, Mya, Pink, Lil' Kim e Missy Elliott, a 28 de Outubro de 2007, "Nowhere Fast" de Fire Inc, a 11 de Novembro de 2007 e "And I Am Telling You (I'm Not Going)" de Jennifer Holliday.

Em 2008, participou no programa "Chamar a Música - Especial de Natal", de Herman José, onde fez parte do coro ao lado de Ricardo Soler e Pedro Mimoso. E no ano de 2011, já com João Manzarra na condução do programa, voltou ao programa "Chamar a Música", deste fazendo parte do coro residente ao lado mais uma vez de Ricardo Soler e Sérgio Lucas (sendo que em dois programas Telmo Miranda, substituiu Ricardo Soler).

Em 2009, foi cantora residente no programa das manhãs da SIC, Fátima, dando voz a vários temas, porém foi no fado que a artista mais se destacou. Foi também cantora residente no programa "Companhia das Manhãs" da (SIC) em 2010.

Em 2012 volta à SIC, marcando presença no programa Querida Júlia para interpretar o novo hino da SIC "Crescemos Juntos", com letra de Augusto Madureira.[58]

A cantora regressa à TVI, a 8 de Julho (2012), para integrar a terceira edição do programa "A Tua Cara Não Me É Estranha", este agora com a temática "Duetos", e é ao lado do seu colega de profissão FF que os dois acabam por vencer o programa.[59] [60] [61]

A 26 de Março participa numa gala especial do 56º aniversário da RTP, intitulada "Portugal Sempre Ligado". Uma emissão em directo que aliou música, humor, memória e espectáculo sob a direcção artística de Filipe La Féria, num programa que reuniu os mais destacados talentos da apresentação, jornalismo e representação da televisão pública. No ano (2013) em que o Teatro Politeama comemora o seu centésimo aniversário, o palco foi pisado por nomes como João Baião, Marina Mota, em números surpreendentes onde homenagearam o melhor dos musicais da Broadway num espectáculo com as vozes de Vanessa, Henrique Feist, Rui Andrade, entre outros.

A Tua Cara Não Me É Estranha - Duetos[editar | editar código-fonte]

Vanessa participa ao lado de FF na terceira edição do A Tua Cara Não Me É Estranha (TVI), que estreou a 8 de Julho de 2012 com a temática "Duetos".

Vencem a 3ª gala de A Tua Cara Não Me É Estranha Duetos, ao cantar «Cosas de La Vida» de Eros Ramazzotti (FF) e Tina Turner (Vanessa), tendo sido estes classificados em 1º lugar tanto pela votação do júri, como dos colegas e como do público. "A Vanessa é uma cantora extraordinária e o FF é o 'happening'", afirmou Luís Jardim após a atuação da dupla de cantores.[62] Doaram o prémio aos Bombeiros de Tavira e à SOS Animal.[63] Os cantores foram aplaudidos de pé pela plateia e júri pela sua interpretação que foi considerada uma imitação perfeita, a imitação foi muito elogiada pelo júri, do qual recebeu a pontuação máxima. Com essa actuação passaram à gala final que determinaria os grandes vencedores.[64]

Vanessa e FF, não deixaram ninguém indiferente com a sua interpretação de Celine Dion e Andrea Bocelli, habituados a vestir personagens na sua profissão, os atores e cantores arrebataram. Os jurados levantaram-se para aplaudir FF e Vanessa no final da sua atuação, sendo que António Sala declarou emocionado “Deus vos abençoe. Parabéns”. Também José Carlos Pereira, que chorou copiosamente durante e após a interpretação de Vanessa e FF, disse entre lágrimas "Obrigado". O ator levou algum tempo para se recompor depois de ouvir "The Prayer" magistralmente interpretada por Vanessa e FF.[65] Já o presidente do júri, Luís Jardim, afirmou "Estão num patamar completamente diferente da maioria dos cantores(..) isto, o que nós vimos aqui é o que eu chamaria uma obra de arte; Isto quem sabe, sabe. Quem canta assim…não há muita gente que cante assim no mundo inteiro. E estou a falar no mundo inteiro, se calhar 20 pessoas estão neste nível, e eu estou a incluir os grandes estrangeiros que nós admiramos (…) Estes dois são casos raros mundiais, o que nós vimos agora foi uma exibição extrordinária de canto!".[1] [66] [67] É então que, com esta interpretação, se consagram-se os grandes vencedores do programa A Tua Cara Não Me É Estranha Duetos[14] , tendo sido os resultados das várias galas os seguintes:

Galas
Total Final
Concorrentes Resultados
FF & Vanessa 2º Lugar 2º Lugar 1º Lugar Finalistas Vencedores

Legenda:

Interpretam Barcelona de Freddie Mercury (Vanessa) & Montserrat Caballé (FF) Interpretam Endless Love de Luther Vandross (FF) & Mariah Carey (Vanessa) Interpretam Cose Della Vita - Can't Stop Thinking of You de Eros Ramazzotti (FF) & Tina Turner (Vanessa) Finalistas com 66 pontos
Interpretam "The Prayer" de Andrea Bocelli (FF) e Celine Dion (Vanessa)

Como é o próprio formato do programa televisivo, há sempre margem para críticas. Em relação a estas salientaram-se mais as críticas do júri. Luís Jardim, referindo-se à 3ª gala, refere:"as pessoas votam no tema com o qual se identificam. Acho que aconteceu isso nas últimas duas semanas. No entanto, a Vanessa fez uma grande Tina Turner e a Luciana não fez um bom George Michael (…) A Vanessa canta todas as noites, faz programas de televisão, acompanha cantores… ou seja, tem um técnica e usa-a permanentemente".[68]António Sala refere que A Vanessa é um fenómeno extraordinário, está a demonstrar, não só, que é uma cantora cheia de potencialidades mas que é uma grande actriz.[69]

Quanto à opinião dos colegas, esta foi unânime. FF salienta: Admiro-a muito! A Vanessa é uma das melhores vozes do País e revelou-se uma actriz extraordinária.[70] Daniela Pimenta aponta Vanessa como uma referência musical: "A Vanessa está no mundo do espetáculo a mais tempo que eu e eu sempre a tive como referência, ela é a minha diva".[71]

Voltou na 7ª gala da 3ª edição do programa, desta feita, como convidada especial, juntamente com Ricardo Soler, interpretaram o tema "SCREAM" de Janet Jackson e Michael Jackson.

Ainda na 3ª edição do programa, Vanessa regressa, como convidada especial, acompanhada por Toy, juntos interpretaram o tema "Up Where We Belong" de Jennifer Warnes e Joe Cocker.


A Tua Cara Não Me É Estranha - Kids[editar | editar código-fonte]

A Tua Cara Não Me É Estranha, regressou à TVI, com um novo formato "Kids", 8 crianças vão ser acompanhadas por um mentor.

Os dois primeiros programas (9 de Fevereiro e 16 de Fevereiro 2014), são uma espécie de casting em directo, de onde saem 8 crianças finalistas (4 em cada programa). Serão escolhidos pelos mentores (Vanessa, FF, Ricardo Soler, Toy, Wanda Stuart, Mico da Câmara Pereira, Diana Monteiro e Romana), pelo júri (Alexandra Lencastre, José Carlos Pereira, António Sala e Luís Jardim) e, claro, pelo público. Só na terceira semana (dia 23 Fevereiro 2014) o elenco fica completo e aí, sim, as crianças já vão cantar com o seu mentor.

A abertura da primeira gala do programa coube à dupla vencedora da edição duetos, Vanessa & FF, que interpretaram Beyonce e Prince, respectivamente.

Galas
10ª Total Final
Concorrentes Resultados
Vanessa & Rui Pereira Escolha de 4 crianças Escolha de 4 crianças 4º Lugar 5º Lugar 2º Lugar 4º Lugar 6º Lugar 2º Lugar 4º Lugar 3º Lugar Finalistas 2ºLugar



Legenda:

Dueto com FF – Beyonce & Prince - Purple Rain, Kiss, Love On Top Não actuou Interpretam "Broken Strings" de James Morrison (Rui Pereira) & Nelly Furtado (Vanessa) Interpretam "La Tortura" de Alejandro Sanz (Rui Pereira) & Shakira (Vanessa)
Interpretam "The Way You Make Me Feel" de Michael Jackson (Rui Pereira) & Britney Spears (Vanessa). Interpretaram "Moves Like Jagger" de Adam Levine - Maroon 5 (Rui Pereira) & Christina Aguilera (Vanessa) Interpretam "Umbrella" de Rihanna (Vanessa) & Chris Brown (Rui Pereira) Interpretam "A Bela e o Monstro" de Rita Guerra (Vanessa) & Ricardo Afonso (Rui Pereira)
Rui Interpretou "Ain't No Other Man" de Christina Aguilera Interpretam "Don't Stop Believin'" de Lea Michele (Vanessa) & Steve Perry (Rui Pereira) Rui Interpretou "The Show Must Go On" de Freddie Mercury & Interpretaram "Bohemian Rhapsody" de Freddie Mercury (Rui Pereira) & Pink (Vanessa)

Colaborações[editar | editar código-fonte]

Diego Miranda - Speed[editar | editar código-fonte]

Vanessa e Diego Miranda no lançamento do videoclipe de "Speed"

No dia 20 de Novembro de 2010 é dado a conhecer o tema "Speed", composto por Vanessa com a participação do DJ Diego Miranda.[6] E é no dia 5 de Março de 2011 que é apresentado oficialmente o videoclipe deste tema na discoteca RS Dreams. "Speed" conseguiu atingir as 31943 visualizações em menos de dois meses e chegou ao 7º lugar no TOP 10 MTV. Vanessa tem vindo a compor diversos temas para Diego Miranda[6] , sendo que co-escreveu a letra "Ibiza for Dreams" de Liliana Almeida e Diego. Segundo Liliana a letra da canção foi escrita quando vinham da praia, em Albufeira.[72]

Speed

Can you feel the speed

It's like a motor running

I am sure you can feel the heat

That this music is blowin

Can surrender

Can you play the

Just heart what I am saying

And get in the speed


This life is just like a highway

We should race it fast and free

Feel the adrenaline at every curve

And just be part of the speed


Wanna know the feeling

Oh I am gonna give it to you

Did you had to do the passion you look into

The roads you chose and you don't want to lose

You don't want to lose


This life is just like a highway

We should race it fast and free

Feel the adrenaline at every curve

And just be part of the speed


The roads you chose and you don't want to lose

You don't want to lose


This life is just like a highway

We should race it fast and free

Feel the adrenaline at every curve

And just be part of the speed

João Portugal - A Outra Metade & Onde Estás[editar | editar código-fonte]

Vanessa fez dois duetos com o cantor João Portugal, um para o álbum "A Outra Metade" de uma música com o mesmo nome. E outro dueto da música "Onde Estás" para o álbum "O Melhor de João Portugal".

A Outra Metade

Tu e eu somos uma história

De saudade, de encontros, desencontros

Tempestades de amor


Quando vejo o teu corpo acredito

Que o mal e o bem são um só


Talvez sejas a outra metade

O oposto que me atrai

Alquimia pura verdade

Que procuro sem encontrar


O teu riso abre-me o apetite

Para o festim da loucura

A luxuria que me invade sem estar à espera


Quando vejo o teu corpo acredito

Que o mal e o bem são um só


Talvez sejas a outra metade

O oposto que me atrai

Alquimia pura verdade

Que procuro sem nunca encontrar


Porque sei que já não me pertences


Talvez sejas a outra metade

O oposto que me atrai

Alquimia pura verdade

Que procuro sem nunca encontrar


Talvez sejas a outra metade

O oposto que me atrai

Alquimia pura verdade

Que procuro sem nunca encontrar


Talvez sejas tu

Talvez seja eu

 
Patrícia Antunes,

T.T. - Lisboa Menina e Moça[editar | editar código-fonte]

Também fez um dueto com TT (cantor) na música "Lisboa Menina e Moça" em 2010, aquando da reedição do álbum "Mais que uma razão" do cantor.

Lisboa Menina e Moça

No castelo, ponho um cotovelo

Em Alfama, descanso o olhar

E assim desfaz-se o novelo

De azul e mar

À ribeira encosto a cabeça

A almofada, na cama do Tejo

Com lençóis bordados à pressa

Na cambraia de um beijo


Lisboa menina e moça, menina

Da luz que meus olhos vêem tão pura

Teus seios são as colinas, varina

Pregão que me traz à porta, ternura

Cidade a ponto luz bordada

Toalha à beira mar estendida

Lisboa menina e moça, amada

Cidade mulher da minha vida


No terreiro eu passo por ti

Mas da graça eu vejo-te nua

Quando um pombo te olha, sorri

És mulher da rua

E no bairro mais alto do sonho

Ponho o fado que soube inventar

Aguardente de vida e medronho

Que me faz cantar


Lisboa menina e moça, menina

Da luz que meus olhos vêem tão pura

Teus seios são as colinas, varina

Pregão que me traz à porta, ternura

Cidade a ponto luz bordada

Toalha à beira mar estendida

Lisboa menina e moça, amada

Cidade mulher da minha vida


Lisboa no meu amor, deitada

Cidade por minhas mãos despida

Lisboa menina e moça, amada

Cidade mulher da minha vida

 
Ary dos Santos,

Henrique Feist - Além do Sonho[editar | editar código-fonte]

Juntou-se também a Henrique Feist num dueto para a música "Além do Sonho", com a qual concorreram ao Festival da Canção de 2007.

Vanessa no videoclip de Speed

Nuno Feist - Vários[editar | editar código-fonte]

Foram vários os duetos que Vanessa fez com o pianista Nuno Feist para quase todos os programa de televisão em que a artista foi convidada, fora da televisão destacam-se nos dias 5 e 19 de Dezembro (de 2011), um dueto a convite de Nuno Feist em que Vanessa marcou presença no Café/Restaurante/Bar VINYL (em Alcântara) para um concerto a Piano & Voz, muito intimista, com praticamente duas horas de duração cada um. E no dia 6 de Março de 2012 um concerto solidário, mais uma vez com o maestro Nuno Feist, para uma iniciativa da ESTeSL do Instituto Politécnico de Lisboa, da qual os lucros revertem para associação nacional de soliedariedade social Mão Amiga.

No 31º Aniversário da discoteca Trumps (19 de Abril de 2012), Vanessa num concerto restrito "Vanessa in concert com Henrique Feist e Nuno Feist", empresta a voz num dueto com os irmãos Nuno e Henrique Feist.[73]

FF - A Tua Cara Não Me é Estranha - Duetos[editar | editar código-fonte]

A 8 de Julho (2011), Vanessa regressou à TVI, no programa "A Tua Cara Não Me É Estranha", com a nova temática "DUETOS" e foi ao lado do seu colega de profissão F.F. que Vanessa voltou uma vez mais a surpreender, acabando por vencer o programa com F.F. Onde no último programa (que os consagrou vencedores) conseguiram a pontuação máxima por parte de todos os jurados, bem como tiveram a preferência do público, conseguindo mais de 60% de votos.

Rui Pereira - A Tua Cara Não Me é Estranha - Kids[editar | editar código-fonte]

A Tua Cara Não Me É Estranha, regressou à TVI, com um novo formato "Kids", 8 crianças vão ser acompanhadas por um mentor. Os dois primeiros programas (9 de Fevereiro e 16 de Fevereiro 2014), são uma espécie de casting em directo, de onde saem 8 crianças finalistas (4 em cada programa). Serão escolhidos pelos mentores (Vanessa, FF, Ricardo Soler, Toy, Wanda Stuart, Mico da Câmara Pereira, Diana Monteiro e Romana), pelo júri (Alexandra Lencastre, José Carlos Pereira, António Sala e Luís Jardim) e, claro, pelo público. Só na terceira semana (dia 23 Fevereiro 2014) o elenco fica completo e aí, sim, as crianças já vão cantar com o seu mentor. A Vanessa o "Kid" que lhe calhou em sorte foi Rui Pereira.

Bryan Adams - When You're Gone[editar | editar código-fonte]

Participa num dueto com Bryan Adams, com o tema "When You're Gone", no Rock in Rio Lisboa a 2 de Junho de 2012. No Rock in Rio Lisboa 2012, sem contar foi convidada por Bryan Adams para cantar em dueto, o tema "When You're Gone". Ao que parece a cantora e atriz esteve à altura a julgar pela ovação de milhares de espectadores, deixou também o cantor visivelmente surpreendido pela brilhante prestação da cantora.

Emocionada, Vanessa confessou ser fã do cantor e, que apesar de já estar habituada às luzes da ribalta não esperava um palco desta dimensão, principalmente numa noite para a qual só se preparou enquanto espectadora. Bryan Adams perguntou a Vanessa Silva o seu nome completo e onde poderia ver vídeos das suas interpretações. Além disso perguntou pelos seus amigos, entregando à cantora a palheta com a qual tocou guitarra durante o tema que cantaram juntos.

David Antunes - Não Te Quero Mais[editar | editar código-fonte]

Vanessa & David Antunes

É também desde 2012 convidada especial nos concertos realizados por David Antunes & the midnight band, banda residente do programa 5 para a meia-noite (às quintas). Vanessa e David Antunes gravaram em Dezembro de 2013 um cover do tema "Have Yourself a Merry Little Christmas". Lançaram um tema original no dia 14 de Fevereiro (2014) "Não Te Quero Mais", um tema pop/rock, que fez furor nas redes sociais, com centenas de partilhas, em 3 dias o videoclip atingiu as 50 000 visualizações no Youtube. A canção ficou disponível em várias plataformas digitais e em 5 dias no Itunes na tabela geral a canção atingiu o 1º lugar e e também atingiu o 1º lugar na tabela rock.

2 meses depois do lançamento "Não Te quero Mais" continua a fazer sucesso, desta feita, pela europa, o tema encontra-se em 65º lugar, no TOP 100 Europeu.

Não Te Quero Mais

Tu não eras assim quando te conheci

Sorrias para mim e falavas de ti

E agora pergunto, tu dizes não é nada

E sonhas acordada com uma história encantada.

Tu não sentes, tu não tens

Mais nada p´ra me dar

E até já implicas com o meu respirar

E essas rugas que tens marcadas no teu rosto?

São a história, a memória

Daquilo que já foste.


Eu senti, que sem ti

A vida era demais

Eu e tu, tu e eu

Nós não somos iguais

E tu és a razão das vidas infernais

Eu não sei, eu só sei

Que não te quero mais.

Eu não te quero mais!

Eu não te quero mais!

Eu não te quero mais!


Tu não eras assim, em quem acreditei

És o bobo da corte quando já foste rei

E na nossa novela, eras protagonista

Mas perdeste o papel por seres egoísta

O inferno que passei por estar sempre a teu lado

Os amigos que perdi por ter acreditado,

E estas rugas que tenho marcadas no meu rosto?

São a história, e memória, daquilo que já foste!


Eu senti, que sem ti

A vida era demais

Eu e tu, tu e eu

Nós não somos iguais

E tu és a razão das vidas infernais

Eu não sei, eu só sei

Que não te quero mais.

Eu não te quero mais!

Eu não te quero mais!

Eu não te quero mais!


Eu senti, que sem ti

A vida era demais

Eu e tu, tu e eu

Nós não somos iguais

E tu és a razão das vidas infernais


Eu não te quero mais!

Eu não te quero mais!

Eu não te quero mais!

Eu não te quero mais!

 
David Antunes,

Anastacia Idol[editar | editar código-fonte]

O maior nervosismo foi estar com a Anastacia. Quanto ao público, quanto mais melhor! Quando a Anastacia disse que era eu a viajar com ela para a Roménia, perguntei-lhe: 'Você está a gozar comigo?'

Vanessa numa entrevista para a TVGuia.[74]

Em 2004, durante a tour de Anastacia ("Live At Last"), a cantora norte-americana lançou uma competição para apurar qual a melhor cantora de entre todos os concorrentes de todo o mundo. A vencedora receberia como prémio a oportunidade de realizar um dueto com Anastacia e ainda um papel de figurante no videoclipe "Heavy on my Heart".

Uma vez que a tour de Anastacia terminou exactamente em Lisboa, a cantora escolheu anunciar o vencedor da competição perante uma audiência de 17 mil pessoas. Com as emoções à solta, Anastacia sagrou Vanessa Silva como vencedora do concurso internacional, atribuindo-lhe um passaporte para a Roménia, onde ambas gravaram o videoclipe. Vanessa Silva ganhou o Anastacia Idol Competition após ter cantado a música "One Day In Your Life" contra todos os restantes concorrentes.

Anastacia foi convidada especial dos Globos de Ouro (2014) e 10 anos depois voltou a cruzar-se com Vanessa, em entrevista ao "Cotonete TV" a cantora fez questão de falar sobre este encontro dizendo o seguinte:

"Em 2004, dois meses antes do meu concerto em Lisboa, fiz um passatempo divertido para os fãs no qual eles podiam cantar ao palco e cantar 'One Day In Your Life'. Eram dois fãs, cada um cantava uma parte do refrão e o público decidia qual das duas actuações gostava mais. No final, uma rapariga extraordinária chamada Vanessa foi a vencedora do concurso e apareceu no meu vídeo 'Heavy On My Heart' (...). Dez anos depois esta rapariga parece uma princesa e tem estado a trabalhar tanto nesta área, a representar e a cantar, e eu olho para ela como uma mãe orgulhosa. Tweetei fotografias com a Vanessa e foi muito bom vê-la".

Rock in Rio[editar | editar código-fonte]

No Rock in Rio Lisboa 2012, Bryan Adams pediu um voluntário das 74 mil pessoas que estavam a assistir para cantar em dueto o tema "When You're Gone". Bryan selecionou três pessoas e pediu ao público que aplaudisse quem eles queriam que cantasse com ele, os aplausos mais fortes foram para Vanessa, subindo assim ao palco para cantar com Bryan.[75]

E ao que parece a cantora e actriz esteve à altura a julgar pela ovação de milhares de espetadores. Emocionada, Vanessa confessou ser fã do cantor e, que apesar de já estar habituada às luzes da ribalta não esperava um palco desta dimensão, principalmente numa noite para a qual só se preparou enquanto espectadora.[76] Bryan Adams perguntou a Vanessa Silva o seu nome completo e onde poderia ver vídeos das suas interpretações. Além disso perguntou pelos seus amigos, entregando à cantora a palheta com a qual tocou guitarra durante o tema que cantaram juntos.[77] [78] [79]

Na verdade, Vanessa quase não conseguiu ir ao concerto por estar a ensaiar o seu novo papel na peça Uma Noite em Casa de Amália, de Filipe La Féria, apesar de ter saido mais cedo dos ensaios ainda foi actuar na discoteca Trumps. No entanto, a cantora conseguiu chegar a tempo de ser o maior orgulho português, sendo que a determinada altura a pergunta que se impunha era: mas quem é que é aquele senhor de guitarra ao lado da Vanessa?.[75]

Houve quem achasse que o dueto tinha sido combinado, Vanessa sempre afirmou que não, e que para quem o considera torna-se um privilégio porque no meio de tanta cantora em Portugal teria sido ela a escolhida. Contudo, um facto é que a cantora não estava maquilhada em cima do palco e também não sabia bem a letra da canção.[75]

Festival da Canção[editar | editar código-fonte]

Festivais da Canção[editar | editar código-fonte]

Vanessa no Festival da Canção 2010

Participou três vezes no Festival RTP da Canção. Em 2007 participou no Festival da Canção juntamente com Henrique Feist, com a balada "Além do sonho", com música de Nuno Feist e letra de Nuno Marques da Silva, obtendo o 3º lugar. No ano seguinte, em 2008, participou também no festival, desta vez a solo, sendo o autor da música e da letra os mesmos de "Além do sonho", que deram nesse ano vida à balada "Do outro lado da vida", tendo ficado seleccionada em 7º lugar.

Como não conquistou o primeiro lugar nas duas participações, Vanessa não voltou a concorrer. Face a isto foi criada uma petição online. Perante o número de assinantes que elegeram Vanessa como a melhor candidata a representar Portugal, a cantora acabou por ceder e entrou mais uma vez no Festival Canção no ano de 2010, com algumas modificações introduzidas pela RTP, canal estatal responsável pelo programa no País.

Vanessa concorreu com a música "Alvorada", reunindo a mesma equipa de músico/letrista responsável pelas suas músicas anteriores (o maestro Nuno Feist e o letrista Nuno Marques da Silva). Vanessa apresentou a música por completo no dia 2 de Março de 2010, tendo sido uma dos seis artistas seleccionados para disputar a final. A 4 de Março ocorreu a segunda semifinal, onde a apresentadora da RTP anunciou finalmente a selecção da música nº 12, "Alvorada", como finalista do concurso musical.

A 6 de Março de 2010, novamente na sala de espectáculos do Campo Pequeno, disputou-se a Final onde se decidiu qual dos doze candidatos iriam representar Portugal no Eurovision Song Contest 2010, em Oslo, Noruega. Vanessa acabou por alcançar o 3º lugar.

Festival da Canção Canção Candidata Posição Obtida
2007 "Além do sonho" 3º lugar
2008 "Do outro lado da vida" 7º lugar
2010 "Alvorada" 3º lugar

Além do Sonho[editar | editar código-fonte]

Além do Sonho é o nome da canção que Vanessa levou ao Festival RTP da Canção 2007 em dueto com Henrique Feist. A letra foi escrita por Nuno Marques da Silva e a música por Nuno Feist.

Além do Sonho

Vou nas asas de um sonho

Pintar céus de magia

Ser amor felicidade

Vou viver a fantasia


Faz do mundo a tua estrela

Acende a luz que há em ti

Acredita que és capaz

De construir hoje aqui


Eu vou voar, vou sonhar

Vem comigo pintar

Vamos voar e sonhar

Vem comigo encontrar

Um arco-íris de fantasias

Acreditar e então fazer

Brilhar o sol todos os dias


Eu sou flor tu és semente

Somos terra feita gente

Canto o chão fado maior

Num futuro que é presente


Traz o teu sonho vem voar

Tu e eu e conseguir

Que a vida nasça cada dia

Num sonho a sorrir


Eu vou voar, vou sonhar

Vem comigo pintar

Vamos voar e sonhar

Vem comigo encontrar

Um arco-íris de fantasias

Acreditar e então fazer

Brilhar o sol todos os dias


Continuar, acreditar

Que a minha estrela vai brilhar


Eu vou voar, vou sonhar

Vem comigo pintar

Vamos voar e sonhar

Vem comigo encontrar

Um arco-íris de fantasias

Acreditar e então fazer

Brilhar o sol todos os dias


Uma Paixão que em tudo ponho

Vivo o meu mundo

Nas asas de um sonho

 
Nuno Marques da Silva,


Do Outro Lado da Vida[editar | editar código-fonte]

Do Outro Lado da Vida é o nome da canção que Vanessa levou ao Festival RTP da Canção 2008. Segundo a própria cantora, esta canção, fala de um amor que já foi e da revolta que ficou. A letra foi escrita por Nuno Marques da Silva e a música por Nuno Feist.

Do Outro Lado da Vida

Passei ao lado da vida

De uma vida que não vivi

Foi amor sem medida

E um dia te perdi


Mas sou alma nova

Calo a dor lá no fundo

Eu aceito a prova

Sou a outra face do mundo


Vou sair por essa avenida

Cantando o outro lado desta vida

Buscar em cada esquina

Um abraço, um olhar

Viver a minha sina

E voltar a sonhar


Abri minh´alma sofrida

Revelei segredos só meus

A ti te dei o meu ser

E na luz dos olhos teus


Não estou a teu lado

Já não há paixão, não

O amor ficou calado

Mas guardo a recordação


Vou sair por essa avenida

Cantando o outro lado desta vida

Buscar em cada esquina

Um abraço, um olhar

Viver a minha sina

E voltar a sonhar


Poder amar


Vou sair por essa avenida

Cantando o outro lado desta vida

Buscar em cada esquina

Um abraço, um olhar

Viver a minha sina

E voltar a poder sonhar

 
Nuno Marques da Silva,

Alvorada[editar | editar código-fonte]

Alvorada (canção) é o nome da canção que Vanessa levou ao Festival RTP da Canção 2010. Segundo a própria cantora, esta canção, tal como a maioria das suas músicas, fala de Amor. A letra foi escrita por Nuno Marques da Silva e a música por Nuno Feist. Uma curiosidade relacionada com esta canção tem a ver com o facto de fazer referência a "Do Outro Lado da Vida", canção com a qual Vanessa concorreu ao Festival da Canção no ano de 2008 e à música "Além do sonho" com a qual Vanessa concorreu também ao festival da canção de 2007, em "Alvorada" podemos ouvir "Sorri de novo na mesma avenida, Em que um dia fui o outro lado da vida" e "Nas asas de um sonho ele por mim chamou"  :

Alvorada

Já não quero mais

O poema acabou

Perdemos um sonho, tanto que se amou

São palavras gastas ditas num momento

De amor paixão e sofrimento


Roubar o destino, encontrar esperança

Encarar o mundo feito uma criança

Entregar a alma, saciar meu corpo

No meio da cama tanto e pouco


Sou mais mulher

No teu ser amor revelada

És minha luz, meu sol amanhece

Vem alvorada


Mas sorri de novo

Na mesma avenida

Em que um dia fui outro lado da vida


Nas asas de um sonho ele por mim chamou

O amor calado então gritou


Sou mais mulher

No teu ser amor revelada

És minha luz meu sol amanhece

Vem alvorada


Sou mais mulher

No teu ser amor revelada

És minha luz meu sol amanhece

Vem alvorada


Vem, vem Alvorada oh oh, vem

 
Nuno Marques da Silva,

Durante, anteriormente e após a participação de Vanessa no festival da canção, esta recebeu críticas e incentivos bastantes positivos, entre as quais:

  • Amanhã estarei a torcer e irei votar na Vanessa. Conheço o seu talento e a sua longa dedicação à música e posso dizer que é das pessoas mais talentosas com quem já tive oportunidade de trabalhar. Ela merece vencer e nós merecemos ser representados por alguém como ela. (Mónica Sintra, sobre a participação no Festival da Canção 2010.)
  • Temo! O povo português é surdo e pimba. Mas é, sem dúvida, um grande, grande tema, maravilhosamente interpretado! Um orgulho se representar Portugal seja em q parte do mundo for. Estou convosco. FORÇA! (Mafalda Sachetti, sobre Alvorada).
  • Voz, presença, emoção e humildade (ao contrário do que muitos a julgam)… Votar na canção nº 11 sábado! Força ALVORADA, força PORTUGAL! (Dennisa).

"Eu costumo dizer que o Festival foi na 3ª feira. Vamos por partes! Na 3ª feira eu tinha de provar a mim mesma e a outras pessoas que conseguia passar, e foi isso que aconteceu. Agora Sábado… eu nunca crio muitas expectativas. Prefiro contar com o não."

Vanessa sobre o Festival da Canção 2010.[80]
  • Vanessa é única pela força e pela forma como se entrega às canções e a sua voz é ímpar. "Alvorada" tem muito de revolta e de afirmação… (Nuno Marques da Silva, letrista).
  • Vanessa is the last to perform on stage. This song is another ballad but its one of the best entries of tonights show. Vanessa’s voice is UNIQUE and shes for sure one of the finalists. (Theofilos Toronidis, Escdaily.com)
  • Vanessa brings all classic elements of a ballad on stage: White outfits, a strings quartet, a wind machine and a very dramatic vocal performance that could be considered "classic Eurovision". This one is for those who like their ESC entries classic and it is for sure that there are plenty of them out there. The reacti…on by the audience is enthusiastic. (Marcus Klier, Esctoday.com)
  • Vanessa Silva: esta era a canção minha favorita neste concurso, se vamos levar uma balada, então esta sim, era a canção completa, quer em música, letra e interpretação, Vanessa esteve soberba. Enquanto cantava, muita gente esteve de pé a ouvir, como se de um hino se tratasse, grande canção, grande interpretação, pena a Europa não ouvir isto. No que respeita ao guarda roupa, elejo como a mais bem vestida, Vanessa, vestido com assinatura de João Rolo, um vestido muito elegante e muito adequado à canção. (Maria Fernanda Fonseca)
  • Ganhou a Filipa Azevedo, uma surpresa e a fazer jus a "Há dias assim". Acontece. Merecidamente, era Vanessa, quem tinha tudo para vencer. Mas há jurados assim… (Carlos Castro, cronista) [81]
Discografia de Vanessa Silva
Vanessa numa das suas performances
Vanessa numa das suas performances
Lançamentos
Singles 7
Vídeos musicais 1
Trilhas sonoras 7
Duetos 7

Discografia[editar | editar código-fonte]

Compilações
Colaborações
  • A Outra Metade - dueto com João Portugal - álbum "A Outra Metade"
  • Onde Estás - dueto com João Portugal - álbum "O Melhor de João Portugal"
  • Lisboa Menina e Moça [2010] - dueto com TT (cantor) - reedição do álbum "Mais que uma razão"
  • Every Night [2010] - dueto com Liliana Almeida - CD Discoteca Trumps
  • Speed for Life [2010] - com Diego Miranda
  • Não Te Quero Mais [2014] - com David Antunes

Discoteca Trumps[editar | editar código-fonte]

Desde 2007 que Vanessa tem vindo a ser cantora residente na discoteca lisboeta Trumps. Aqui tem vindo a apresentar vários espectáculos como artista de performance, por vezes alguns shows do tipo burlesco, juntamente com o grupo de dança constituído, alternadamente, pelos bailarinos Jorge Carvalho, Filipe de Albuquerque Mascarenhas, João Labrincha, David Pinto, Rossana Gocheva, Vânia Góis entre outros. Vanessa veio substituir a sua colega de profissão Paula Sá nos espectáculos semanais da discoteca. Vanessa Silva já estrelou em vários shows na Trumps, tais como:[82]

Ano Espectáculos Ano Espectáculos Ano Espectáculos Ano Espectáculos
2007 Cabaret 2009 Fever 2011 Veneno 2012 Fade In
2007 Madonna 2009 Pop Battle 2011 BEST 2013 Once Upon a Time
2007 Midnight Musicals 2009 Christalicious 2011 La Bohème 2013 Mash Up
2007 Sensual Fusion 2010 Heartless 2011 T.G.I.X. 2013 Tasty
2007 Beautiful Nightmares 2010 Sex Therapy 2011 Love Sex Pop 2013 The Cage
2008 CineTrumps 2010 Wonderland 2012 the OFFICE 2014 Cabaret da Tixa
2009 Back to Basics 2010 Insomnia 2012 OOPS!
2009 Seven 2010 Christmas Dream 2012 Freak

Percurso[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Vanessa Silva

Teatro[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Outros[editar | editar código-fonte]

  • (----) - Cantora fixa do Casino Estoril (durante dois anos e meio)
  • 2004 - Vencedora do concurso internacional Anastacia Idol (Outubro)
  • 2007 até ao presente - Cantora residente na discoteca Trumps (2007 até presente)
  • 2012 - Participação em dueto com Bryan Adams, com o tema "When You're Gone", no Rock in Rio Lisboa no dia 2 de Junho de 2012.
  • 2012 - E Galardoada pela revista Eles e Elas com o prémio "Estatua da Verdade"

Referências

  1. a b Jardim, Luís. Entrevista com Manuel Luís Goucha e Cristina Ferreira. A Tua Cara não me é Estranha: Duetos. A Tua Cara não me é Estranha. TVI Queluz de Baixo. 29 de Julho de 2012. Página visitada em 24 de Agosto de 2012.
  2. Silva, Vanessa. Entrevista com Manuel Luís Goucha e Cristina Ferreira. Judy Garland, O fim do arco-íris. Você na TV!. TVI Queluz de Baixo. Fevereiro de 2012. Página visitada em 9 de Fevereiro de 2012.
  3. Feist, Henrique. Entrevista com Vanessa Oliveira e Nuno Graciano. Top: As Melhores Vozes Femininas Portuguesas. Companhia das Manhãs. SIC Carnaxide. Novembro de 2010. Página visitada em 1 de Maio de 2012.
  4. Agarra que é Honesto. Culturaonline.net. Página visitada em 3 de Junho de 2012.
  5. O melhor de la feria. Filipelaferia.pt.
  6. a b c Silva, Vanessa. Entrevista com Isabel Angelino. "Há Conversa" com Vanessa Silva. Há Conversa. RTP Memória Lisboa. 27 de Setembro de 2012. Página visitada em 28 de Setembro de 2012.
  7. Vanessa no papel de Judy Garland. Revista Caras (18 de Janeiro de 2012). Página visitada em 3 de Junho de 2012.
  8. Festivais da Canção. SAPO. Festivaistv.home.sapo.
  9. Judy Garland - No fim do arco-íris (PDF). Teatro Politeama.
  10. Inatel. JUDY GARLAND - O FIM DO ARCO-ÍRIS. Turismo.inatel.pt. Página visitada em 3 de Junho de 2012.
  11. a b [1]. Facebook.com.
  12. O que somos. Trumps.pt.
  13. Vanessa Silva canta com Bryan Adams no Rock in Rio-Lisboa. SAPO. Revista Caras (3 de Junho de 2012). Página visitada em 3 de Junho de 2012.
  14. a b A Televisão (30 de Julho de 2012). FF e Vanessa Vencem «A Tua Cara Não me é Estranha – Duetos». Atelevisao.com. Página visitada em 30 de Julho de 2012.
  15. a b c Vidas. Vanessa: "Aceitarei o que a vida me trouxer". Correio da Manhã. Página visitada em 25 de Agosto de 2012.
  16. a b c d Silva, Vanessa. Entrevista com Eládio Clímaco. "Há Conversa" com Vanessa Silva. Há Conversa. RTP Memória Lisboa. Novembro de 2010. Página visitada em 30 de Janeiro de 2012.
  17. Zomobo. "Há Conversa" (Programa da RTP). Zomobo.net. Página visitada em 3 de Junho de 2012.
  18. New Wave 2005. Cdgo.com. Página visitada em 3 de Junho de 2012.
  19. a b c d Silva, Vanessa. Entrevista com Augusto Madureira. De que vale ter talento em Portugal?. Fora D'Horas. SIC Notícias Carnaxide. 17 de Maio de 2012. Página visitada em 17 de Maio de 2012.
  20. a b c Bibliotecas Municipais de Lisboa. ADITTIO – Circo Contemporâneo de Lisboa. Câmara Municipal de Lisboa. Blx.cm-lisboa.pt. Página visitada em 19 de Novembro de 2012.
  21. Vidas, por Vânia Nunes. Vanessa: "Sinto-me muito à vontade com o meu corpo". Vidas.xl.pt. Página visitada em 3 de Junho de 2012.
  22. Silva, Vanessa. Entrevista com Júlio Isidro. "Revista à Portuguesa" com Vanessa Silva e David Ventura. Revista à Portuguesa. RTP Memória Lisboa. 29 de Outubro de 2010. Página visitada em 30 de Janeiro de 2012.
  23. Time Out. “Gay Divas” no Terreiro do Paço. SAPO. Timeout.sapo.pt. Página visitada em 3 de Junho de 2012.
  24. "Gay Divas" no Arraial Pride. Semanário Expresso. Aeiou.expresso.pt (26 de junho de 2011). Página visitada em 3 de Junho de 2012.
  25. Sociedade Recreativa Musical Trafariense. Grandes Musicais (JPG). Fbcdn-sphotos-a.akamaihd.net. Página visitada em 3 de Junho de 2012.
  26. Espalha fatos (18 de Outubro de 2011). ‘O Melhor de La Féria’ chega ao Casino Estoril. Espalhafactos.com. Página visitada em 3 de Junho de 2012.
  27. Lets Bonus. Não perca O Melhor de La Féria, uma viagem às memoráveis obras-primas de La Féria. Pt.letsbonus.com. Página visitada em 3 de Junho de 2012.
  28. OJE (3 de Janeiro de 2012). Judy Garland no Politeama em janeiro. Oje.pt. Página visitada em 3 de Junho de 2012.
  29. Guia da Cidade. O FIM DO ARCO-ÍRIS de Filipe La Féria. Guiadacidade.pt. Página visitada em 3 de Junho de 2012.
  30. Press Tur (9 de Janeiro de 2012). Felipe La Féria leva ao palco do Politeama Judy Garland – O fim do Arco-Íris (em inglês). Presstur.com. Página visitada em 3 de Junho de 2012.
  31. a b [2]. Filipelaferia.pt.
  32. [3]. Jornal da Madeira. Impresso.jornaldamadeira.pt.
  33. Judy Garland - O Fim do Arco-Íris: Saiba porque vale a pena voltar ao Politeama. SAPO. Escape.sapo.pt (20 de Janeiro de 2012). Página visitada em 29 de Junho de 2012.
  34. a b Canela e Hortelã (30 de Janeiro de 2012). Lisboa rende-se a Judy Garland de La Féria. Canelaehortela.com. Página visitada em 29 de Junho de 2012.
  35. a b [4]. Hardmusica.pt.
  36. Produções Filipe La Féria (27 de Dezembro de 2011). Judy Garland – O Fim do Arco-Íris, Bilheteira Online. Bilheteiraonline.pt. Página visitada em 29 de Junho de 2012.
  37. Margarida Vieira Louro (27 de Dezembro de 2011). Filipe La Féria apresenta peça sobre Judy Garland – O Fim do Arco-Íris, no Politeama. Canelaehortela.com. Página visitada em 29 de Junho de 2012.
  38. La feria em noite de gloria. SAPO. Fama.sapo.pt.
  39. CelebTV (7 de Junho de 2012). Aniversário Eles e Elas. Celebtv.pt. Página visitada em 11 de Junho de 2012.
  40. O fim do arco iris ante estreia. Palcodosmusicais.blogspot.be.
  41. a b Noite apoteotica para filipe la feria no politeama. Revista Caras.
  42. Filipe la feria apresenta peca sobre judy garland o fim do arco iris no politeama. Canelaehortela.com.
  43. Judy garland no politeama em janeiro. Oje.pt.
  44. Vanessa silva e a nova estrela de la feria. Atelevisao.com.
  45. [5]. SAPO. Festivaismemnews.no.sapo.pt.
  46. Silva, Vanessa. Entrevista com Tânia Ribas de Oliveira e João Baião. Judy Garland, O fim do arco-íris. Portugal no Coração. RTP1 Vila Nova de Gaia. 10 de Fevereiro de 2012. Página visitada em 11 de Fevereiro de 2012.
  47. a b c Teatro Politeama. Uma Noite Em Casa de Amália (PDF). Teatro-politeama.com. Página visitada em 24 de Junho de 2012.
  48. CelebTV. Uma noite em casa de Amália. Celebtv.pt. Página visitada em 15 de Julho de 2012.
  49. Carlos Portelo (14 de Julho de 2012). UMA NOITE EM CASA DE AMÁLIA É SUCESSO NO POLITEAMA. SAPO. FestivaisTV. Página visitada em 15 de Julho de 2012.
  50. Silva, Vanessa. Entrevista com Manuel Luís Goucha e Cristina Ferreira. Uma Noite em Casa de Amália. Você na TV!. TVI Queluz de Baixo. 6 de Julho de 2012. Página visitada em 6 de Julho de 2012.
  51. Teatro Politeama. Ivan Lins, o grande cantor brasileiro aplaudiu de pé (PDF). Teatro-politeama.com. Página visitada em 12 de Agosto de 2012.
  52. Carlos Portelo (19 de Julho de 2012). VANESSA SILVA SUBLIME EM AMÁLIA NO POLITEAMA. SAPO. FestivaisTV. Página visitada em 22 de Julho de 2012.
  53. Fernandes, Fernando. Entrevista. Estreia "Uma Noite Em Casa de Amália". Cinco Sentidos. RTP1 Vila Nova de Gaia. 15 de Julho de 2012. Página visitada em 17 de Julho de 2012.
  54. Silva, Vanessa. Entrevista com Conceição Lino. Uma Noite Em Casa de Amália. Boa Tarde. SIC Carnaxide. 6 de Junho de 2012. Página visitada em 14 de Julho de 2012.
  55. First Post. Circo CONTEMPORÂNEO DE LISBOA - "A Thousand Years" (Espectáculo: ADITTIO). Firstpost.com. Página visitada em 19 de Novembro de 2012.
  56. Cultura de Borla. Cultura de Borla aconselha. SAPO. Culturadeborla.blogs.sapo.pt. Página visitada em 19 de Novembro de 2012.
  57. Vox Pop TV (6 de Agosto de 2011). Música aquece noites de Verão. WordPress. Página visitada em 3 de Junho de 2012.
  58. Querida Júlia (10 de Abril de 2012). Hino da SIC. SIC. Sic.sapo.pt. Página visitada em 3 de Junho de 2012.
  59. Samuel Rocha (25 de Junho de 2012). Ricardo Soler e Vanessa em A Tua Cara Não Me É Estranha. O Informador. Página visitada em 26 de Junho de 2012.
  60. Ana Sofia Coelho (25 de Junho de 2012). TVI dispensa Luciana Abreu. Vidas – Correio da Manhã. Página visitada em 26 de Junho de 2012.
  61. A Televisão (24 de Junho de 2012). Conheça os primeiros duetos de “A Tua Cara Não Me É Estranha”. Atelevisao.com. Página visitada em 2 de Julho de 2012.
  62. Sapo Fama. FF e Vanessa Brilham na TVI. SAPO. m.fama.sapo.pt. Página visitada em 30 de Julho de 2012.
  63. A Televisão. FF e Vanessa Silva Vencem Terceira Gala de A Tua Cara Não Me É Estranha Duetos. Atelevisao.com. Página visitada em 25 de Julho de 2012.
  64. Vanessa Silva & FF - Cosas De La Vida (Eros Ramazzotti & Tina Turner) @ Votos e Actuação Final. Escportugal2.blogspot.pt (22 de Julho de 2012). Página visitada em 25 de Julho de 2012.
  65. Sapo Fama (30 de Julho de 2012). FF e Vanessa: reis da TVI. SAPO. Fama.sapo.pt. Página visitada em 30 de Julho de 2012.
  66. Vidas - Correio da Manhã (30 de Julho de 2012). Luciana Abreu triste pela derrota na última gala. Vidas.xl.pt. Página visitada em 4 de Agosto de 2012.
  67. Sala, António. Entrevista com Fátima Lopes. A Tarde é Sua: As suas caras favoritas de domingo à noite. A Tarde é Sua. TVI Queluz de Baixo. 31 de Julho de 2012. Página visitada em 4 de Agosto de 2012.
  68. Jardim, Luis. Entrevista com Telenovelas. Luís Jardim Fala Sobre as Duas Duplas. Telenovelas. Activa. Página visitada em 20 de Setembro de 2012.
  69. Sala, António. Entrevista com Fátima Lopes. A Tarde é Sua: As suas caras favoritas de domingo à noite. A Tarde é Sua. TVI Queluz de Baixo. 31 de Julho de 2012. Página visitada em 1 de Agosto de 2012.
  70. A Televisão (7 de Julho de 2012). FF feliz por fazer dupla com Vanessa Silva. Atelevisao.com. Página visitada em 1 de Agosto de 2012.
  71. TV Mais (25 de Julho de 2012). Vanessa Silva e Daniela Pimenta são amigas de infância. SAPO. Activa.sapo.pt. Página visitada em 1 de Agosto de 2012.
  72. [6]. Algarvemais.pt.
  73. [7]. Facebook.com.
  74. Entrevista de Vanessa para a TVGuia (em português). Revista Visão. Clientes.netvisao.pt (Novembro de 2004). Página visitada em 10 de Fevereiro de 2012.
  75. a b c Silva, Vanessa. Entrevista com Conceição Lino. Vanessa no Rock in Rio Lisboa. Boa Tarde. SIC Carnaxide. 6 de Junho de 2012. Página visitada em 6 de Junho de 2012.
  76. RockinRioLisboa. Vanessa Silva, a fã que cantou ao ado de Bryan Adams. SAPO. Rockinriolisboa.sapo.pt. Página visitada em 3 de Junho de 2012.
  77. Maria Fernanda Fonseca e Pedro Bichardo. ÚLTIMA HORA: VANESSA SILVA E BRYAN ADAMS NO PALCO DO MUNDO NO ROCK IN RIO. SAPO. Festivaistv.home.sapo.pt. Página visitada em 2 de Junho de 2012.
  78. Propagandista Social (2 de Junho de 2012). Vanessa sobe ao palco com Bryan Adams. Propagandistasocial.com. Página visitada em 3 de Junho de 2012.
  79. Lusa (3 de Junho de 2012). Bryan Adams e o momento de estrelato de Vanessa Silva. Diário de Notícias (Portugal). Dn.pt. Página visitada em 3 de Junho de 2012.
  80. festivaistv.home.sapo.pt. SAPO. Festivaistv.home.sapo.pt.
  81. Vidas - Opinião - Fui eu que disse: A vencida. Correio da manhã. Vidas.correiodamanha.pt. Página visitada em 2 de Abril de 2010.
  82. [8]. Dezanove.pt.

Galeria[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]