Veículo blindado de transporte de pessoal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde dezembro de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Um Stryker do exército dos EUA a descarregar soldados

Um veículo blindado de transporte de pessoal (VBTP, em inglês APC) é utilizado para o transporte de tropas, feridos, e equipamento. Ao contrário do carro de combate é mais leve e possui menos blindagem e armamento, geralmente apenas uma metralhadora de grande calibre, embora outras variantes também estejam equipadas com um canhão sem recuo ou um lança granadas-foguete.

História[editar | editar código-fonte]

Durante a Primeira Guerra Mundial, quando o tanque foi desenvolvido, o tanque britânico Mark V foi desenhado com um pequeno compartimento para transportar tropas. Por algumas definições este pode ser considerado o primeiro veículo blindado de transporte de pessoal. O primeiro VBTP especializado foi o Mark IX de 1918.

Frequentemente, os VBTPs eram simples carros e camiões blindados com a capacidade de transportar tropas, que acabaram por evoluir em veículos especialmente construídos para a necessidade na Segunda Guerra Mundial da guerra motorizada.

Em 1944, comandante do 2º Corpo Canadiano, o General Guy Simonds, ordenou a conversão de 72 obuses auto-propulsionados M7 Priest, produzidos nos EUA, para veículos blindados de transporte de pessoal. Esses obuses estavam à espera de serem substituídos de qualquer modo, pois os tubos dos obuses estavam desgastados. O veículo foi chamado de Kangaroo, o mesmo nome da oficina que efectuou a conversão. Mais tarde na guerra tanques canadianos Ram foram utilizados como uma base para a maioria das conversões.

Após a guerra diferentes VBTPs especializados foram desenvolvidos. Os Estados Unidos desenvolveram uma série de veículos de lagartas, originando o M113 "caixa em lagartas", no qual foram produzidos 80 000. A União Soviética desenvolveu o BTR-40 do tempo de guerra numa série de VBTPs de oito rodas.

Nos finais dos anos 80, Israel converteu tanques T-55 capturados. O resultado foi um dos melhores protegidos VBTPs do mundo, chamado de IDF Achzarit.

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Veículo blindado de transporte de pessoal