Vega Sicilia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Vega Sicília é uma bodega (vinícola, em espanhol) espanhola que faz parte do grupo das dez melhores do mundo. Os vinhos da Vega Sicilia são produzidos na região de Ribera del Duero.

História[editar | editar código-fonte]

No século XII, a Rainha Dona Urraca de Castela e Leão ofereceu a um dos seus mais fieis vassalos a posse da Quinta Vega-Sicília que, séculos depois, seria conhecida em todo o mundo pela qualidade dos vinhos que nela elaboram-se.

Bodega Vega Sicilia foi fundada em 1864 por Don Eloy Lecanda, com o objetivo de produzir vinhos tintos tão bons quanto os de Bordeaux. Naquela época, nos 140 hectares da propriedade, são plantadas 18.000 videiras de três variedades até então desconhecidas na Espanha: Cabernet Sauvignon, Merlot, Malbec e Pinot Noir. No entanto, o primeiro Vega Sicilia só surgiu por volta de 1915, pelas mãos de Domingo Garramiola "Txomin". [1] A partir de então, começa a venda de um vinho que, o marquês de Riscal introduz nos salões da aristocracia e das elites económicas.

A família Alvarez, atual dona da Vega Sicilia, comprou a empresa em 1982. O rigor se mantém e quando a safra não é boa, não se faz sequer a colheita.

Vinhos produzidos[editar | editar código-fonte]

  • Valbuena Reserva[2]
  • Vega Sicilia "Unico" Gran Reserva[2]
  • Vega Sicilia "Unico" Reserva Especial[2]


Referências

  1. Vega Sicilia - Historia (em Espanhol). Página visitada em 08/06/2009.
  2. a b c Taste - Vega Sicilia (23/08/2006). Página visitada em 08/06/2009.
Ícone de esboço Este artigo sobre Vinhos é um esboço relacionado ao Projeto Vinhos. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.