Vela latina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Caravela de Brás de Oliveira utilizando vela latina (G.R.Schwarz The History and Development of Caravels- Texas A&M Universit).

A vela latina é uma vela de formato triangular, desenhada para permitir a navegação de contra-vento.

A grande revolução deste tipo de velas vem do fato de possibilitar a navegação próxima da linha do vento

Origem[editar | editar código-fonte]

Em relação à vela latina, vários autores sugeriram no passado que ela foi introduzida no Mediterrâneo pelos Árabes, tendo sido possivelmente surgido originalmente na Índia. No entanto, a descoberta de novas representações e referências literárias nas últimas décadas recentes, levou os estudiosos a fazer recuar o aparecimento da vela latina no Levante para o final do período helenístico ou início do período romano.[1] [2] [3] [4]

Os portugueses por volta do século XV adaptaram esta vela à famosa caravela portuguesa, tornando-se uma das principais características destas embarcações. Auxiliou os grandes navegadores em suas grandes expedições, e Vasco da Gama foi um dos primeiros a usá-la com esse fim.[5]

Referências

  1. Casson 1995, p. 243–245, fig. 180–182
  2. Basch 2001, p. 57–64
  3. Campbell 1995, p. 8–11
  4. Pomey 2006, p. 326–329
  5. Francisco Contente Domingues. Caravela. Visitado em 8 de junho de 2014.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Lateen