Venceslau I

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Estátua de São Venceslau na Coluna da Santíssima Trindade, em Olomouc

Venceslau (Wenceslaus, Wenceslas) (em tcheco: Václav; Praga, 907Stará Boleslav, 28 de setembro de 935) foi duque (kníže) da Boêmia de 921 até sua morte. Era filho de Vratislau I, Duque da Boêmia da Dinastia Premislide. É venerado como santo pela Igreja Católica.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Em 921, quando Venceslau tinha 13 anos, seu pai morreu e ele foi criado por sua avó, Santa Ludmila, sob influência cristã.

Em 924 ou 925 Venceslau assumiu o governo. Depois de subir ao trono, com apenas 18 anos derrota o rebelde duque da Kouřim chamado Radslav.

Foi ele que fundou a rotunda da São Vito no Castelo de Praga em Praga, atualmente a Catedral de São Vito.

Em setembro de 935, um grupo de nobres aliados com o irmão mais novo de Venceslau,(Boleslau I da Boémia), descontentes com ele conspiraram para matá-lo. Assim três deles (Tira, Čsta e Hněvsa), no momento que se fazia a caminho para a igreja, assassinam-no.

Foi com esse cruel acto que Boleslau assume como novo duque e o seu irmão mais velho passa a ser visto como mártir católico.

O corpo de São Venceslau foi sepultado em Praga, na igreja de São Vito.

Os devotos locais começaram a veneração ao corpo e São Venceslau é hoje padroeiro da República Checa, da Eslováquia e da Boêmia.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Venceslau I