Ventilador

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Ventilador/ventoinha antigo.
Ventilador/ventoinha de chão.

Um ventilador ou ventoinha é um dispositivo mecânico utilizado para converter energia mecânica de rotação, aplicada em seus eixos, em aumento de pressão do ar. Foi inventado nos EUA (Estados Unidos da América) em 1882, pelo americano Schuyler S. Wheeler.

Este aparelho pode ser de distintos tipos, consoante o sentido de fluxo de ar em relação ao ambiente ventilado: sopradores (se há injeção de ar no ambiente) ou exaustores (se há retirada de ar do ambiente).

Existem basicamente dois tipos de ventiladores, cuja escolha depende basicamente da aplicação: os axiais e os centrífugos.

Os ventiladores podem encontrar-se em diversos tamanhos e formatos, podendo ser fixados no solo (através de pedestais) na parede ou no teto. Geralmente também se usam como objeto decorativo acompanhando muitas vezes lustres e luminárias.

Uso residencial[editar | editar código-fonte]

Geralmente os ventiladores são usados nas residências para diminuir o calor do ambiente e aumentar a circulação do ar. Sua função é conduzir o ar de um ponto a outro e seu uso é indispensável no verão ou em ambientes com pouca ou nenhuma circulação natural de ar.

Uso industrial[editar | editar código-fonte]

Elétricos e ambientes de trabalho, como as fábricas. Outros exemplos do seu uso estão nos coolers dos computadores, nos exaustores usados em restaurantes, pizzarias e padarias, nos radiadores dos carros, e nos condicionadores de ar, entre outos.

Ventiladores suspensos[editar | editar código-fonte]

Ventilador de teto com lâmpada integrada.

Os ventiladores suspensos são geralmente utilizados em lugares com pouco espaço para um ventilador de parede ou de chão, além de serem mais seguros, por estarem longe do acesso de crianças e mesmo de adultos.

O motor desses ventiladores tem seu rotores bobinados, que dão a possibilibade dele inverter sua rotação ou aumentá-las para que assim se dê mais segurança.

Ver também[editar | editar código-fonte]