Vera Cruz (Bahia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Vera Cruz
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Fundação Não disponível
Gentílico vera-cruzense
Prefeito(a) Antônio Magno de Souza Filho (PT)
(2013–2016)
Localização
Localização de Vera Cruz
Localização de Vera Cruz na Bahia
Vera Cruz está localizado em: Brasil
Vera Cruz
Localização de Vera Cruz no Brasil
12° 57' 36" S 38° 36' 32" O12° 57' 36" S 38° 36' 32" O
Unidade federativa  Bahia
Mesorregião Metropolitana de Salvador IBGE/2008[1]
Microrregião Salvador IBGE/2008[1]
Região metropolitana Salvador
Municípios limítrofes Itaparica, Jaguaripe, Salinas da Margarida e Salvador
Distância até a capital via ferry-boat: 15 km
Características geográficas
Área 299,734 km² [2]
População 42 103 hab. [3]
Densidade 140,47 hab./km²
Altitude 13 m
Clima Tropical As
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,645 médio PNUD/2010[4]
Gini 0,57 PNUD/2010[5]
PIB R$ 247 515 mil IBGE/2010[6]
PIB per capita R$ 6 585,11 IBGE/2010[6]
Página oficial

Vera Cruz é um município brasileiro do estado da Bahia. Localiza-se a uma latitude 12º 57' 32" sul e a uma longitude 38º 36' 16” Oeste, estando a uma altitude de 13 metros.

Vera Cruz é um município essencialmente urbano, freqüentado nos finais de semana normalmente pelas classes média e média-alta da capital baiana, das cidades do Recôncavo.

Sol e Praia (turismo e lazer) é o principal atrativo natural de Vera Cruz, que ainda tem Rios que banham falésias; espelhos d'água que retratam o verde do manguezal; fontes de água potável à beira-mar; restinga de mata atlântica com trilha para o turismo de aventura e o mais belo cenário do planeta para a prática dos esportes náuticos (regatas) e o aéreo (pára-quedismo).

Ruínas de igrejas, de fornos e de moinhos representam os atrativos históricos. A cultura é retratada fortemente pelas festas religiosas com procissões marítimas e terrestres. A Folia de Reis, o Bumba-Meu-Boi, a Puxada de rede, o Maculelê, a Capoeira, as festas de largo e o carnaval compõem o folclore de Vera Cruz. A Igreja do Nosso Senhor da Vera Cruz é o mais importante Patrimônio Histórico da ilha de Itaparica, (Sec. XVI) está localizada no povoado de Baiacu, (Vila de Pescadores). Ver projeto REPESCAR.

Na culinária os veracruzenses fisgam os visitantes com o tempero que o Brasil herdou da África, mas com matéria prima nativa.

Uma parte da população Vive tipicamente da pesca, alimentando-se de frutos do mar: ostra, chumbinho, aratu, siri, caranguejo, sarnambi, polvo, lula, camarão, lagosta e os mais diversos tipos de peixe.

A grande diversidade biológica, a fauna e a flora terrestres e marinhas, despertam em biólogos, agrônomos, oceanógrafos e demais especialistas o desejo de explorar cientificamente Vera Cruz; um nítido exemplo é a parceria da UFBA / Prefeitura, que culminou com as criações do Parque Ecológico do Baiacu e da APA das Pinaúnas.

Praias[editar | editar código-fonte]

O município de Vera Cruz é conhecido como lar de muitas praias exuberantes, dentre elas estão:

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2010.
  3. Estimativa populacional 2014 IBGE Estimativa populacional 2014 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2014). Visitado em 29 de agosto de 2014.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2010). Visitado em 07 de agosto de 2013.
  5. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (2010). Perfil do município de Vera Cruz - BA Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil 2013. Visitado em 4 de março de 2014.
  6. a b Produto Interno Bruto dos Municípios - 2010 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 12 dez. 2012.