Verbo de ligação

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Os verbos de ligação não indicam ação. Estes verbos fazem a ligação entre 2 termos: o sujeito e suas características.

Exemplos de verbos de ligação[editar | editar código-fonte]

Os verbos de ligação não indicam ação alguma por parte do sujeito, por isso são vazio de significado, indicando apenas estado, por isso também o núcleo do predicado não é o verbo mas sim o predicativo.[1]

  • Ser, verbo de ligação por excelência, situação de permanência.exemplo:
A estrofe: é a púrpura extrema,
Força é pois ir buscar outro caminho!


  • Estar, permanecer etc, situação de transição. Exemplos:
A Amelinha está doente,
Ele andou pelas plagas da loucura,


  • Tornar, ficar, acabar, situação de mudança de estado. Exemplos:
A luta transmuda-se, tornando-se mais grave.
Euclides da Cunha, O Homem, O Homem/II
Ouvindo estas palavras, Mendonça ficou aturdido e mudo.
Machado de Assis, Helena, Capítulo XVI


  • Continuar, permanecer, situação de continuidade, estado. Exemplos:
A festa de Maria Bárbara continuara sempre muito animada;
Aluísio Azevedo, O Mulato, Capítulo VIII

O aposento permanecia escuro.
Humberto de Campos, Os Olhos que Comiam Carne, O Monstro e outros Contos


  • Parecer, semelhar, situação semelhança, dúvida.
Ontem a lua, ao nascer, pareceu-me que ia dar à luz um sol: tão avultada e prenhe jazia no horizonte.

A casa grande semelhava uma cidadela fortificada.

Referências