Vergina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pix.gif Sítio Arqueológico de Vergina *
Welterbe.svg
Património Mundial da UNESCO

Vergina Tombs Entrance.jpg
Entrada do Grande Túmulo
País  Grécia
Tipo Cultural
Critérios i, iii
Referência 780
Região** Europa e América do Norte
Coordenadas 40° 28′ N 22° 18′ E
Histórico de inscrição
Inscrição 1996  (20ª sessão)
* Nome como inscrito na lista do Património Mundial.
** Região, segundo a classificação pela UNESCO.
Localização de Vergina na Grécia.

Vergina (em grego Βεργίνα) é uma pequena cidade situada no norte da Grécia, localizada na prefeitura de Imathia, na Macedônia Central. Tornou-se famosa internacionalmente em 1977, quando o arqueólogo grego Manolis Andronikos escavou o que ele alegou serem as sepulturas dos reis da Macedônia, incluindo Filipe II, pai de Alexandre, o Grande.[1] As descobertas confirmaram o sítio como a antiga Egas (Aigai).

Hades abducting Persephone.jpg

A atual cidade de Vergina situa-se a 13 quilômetros a sudeste do centro do distrito, Véria, e a cerca de 80 quilômetros a sudoeste de Tessalônica, capital da Macedônia grega. A cidade tem uma população de cerca de 2000 pessoas, e situa-se no sopé do Monte Pieria, a uma altitude de 120 metros acima do nível do mar.

Referências

  1. Medwid, Linda M. The makers of classical archaeology: a reference work, pág. 22. Humanity Books, 2000. ISBN 1-57392-826-7,9781573928267. (visitado em 6-9-09).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Vergina
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.