Vespa mamute

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaVespa mamute
Mammothwaspbetter.jpg

Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Arthropoda
Classe: Insecta
Ordem: Hymenoptera
Família: Scoliidae
Género: Megascolia
Espécie: M. maculata
Subespécie: M. m. flavifrons
Nome trinomial
Maculata maculata flavifrons

A vespa mamute (Megascolia maculata flavifrons) é uma vespa de grandes proporções (a maior da Europa), cuja fêmea atinge comprimentos de 6 cm, enquanto o macho é menor. Esta espécie pode ser vista em climas quentes, de Maio a Setembro.

Dieta[editar | editar código-fonte]

Esta espécie alimenta-se de néctar e pólen das flores.

Dimorfismo sexual[editar | editar código-fonte]

A fêmea é maior do que o macho. A cabeça da fêmea é amarela ou alaranjada, enquanto que a do macho é negra ou de cor escura.

Comportamento parasita[editar | editar código-fonte]

As vespas mamute são parasitas da larva do Carocho rinoceronte europeu, uma vez que a fêmea da vespa mamute ferra a larva para paralisá-la, depositando depois, por meio de um ovopositor um ovo na superficie superior da pele da larva. Depois de sair do ovo, a larva da vespa mamute alimenta-se do seu portador até ser capaz de construir um casulo e desenvolver-se em uma vespa adulta. Vai manter-se no casulo durante o Inverno para emergir na Primavera.

Galeria de imagens[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]