Vevo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Vevo
Slogan Music Evolution Revolution!
Gênero Vários
País de origem África do Sul
 Austrália
 Brasil
 Canadá
 Espanha
 Estados Unidos
 França
 Irlanda
 Itália
 México
 Nova Zelândia
 Portugal
 Reino Unido
Idiomas Inglês
Lançamento 8 de dezembro de 2009 (Estados Unidos e Canadá)
14 de agosto de 2012 (Brasil)
Posição no Alexa Baixa 1.792 (fevereiro de 2013)[1]
Proprietário Universal Music Group
Sony Music Entertainment
Abu Dhabi Media Company[2]
Entertainment One
Página oficial Página oficial

Vevo é um site de vídeos musicais e entretenimento. É uma joint venture entre as empresas Universal Music Group, Sony Music Entertainment e a Abu Dhabi Media.[2] Também apresenta conteúdo de outras gravadoras como a EMI (subsidiária da Universal Music) e da Disney Music Group e também de redes de TV americanas como a CBS.[3] Todo conteúdo do Vevo é hospedado em seu site oficial e também no Youtube, que é licenciado.

O vevo produz e/ou apresentam vários eventos como shows, entrevistas e premiações musicais, são os chamados "Vevo Originals" pelo próprio. Os eventos oficiais transmitidos pela Vevo são:

  • Vevo Presents
  • Vevo GO: Shows
  • Vevo Live
  • Vevo Stylized
  • Vevo Lift
  • Vevo Sound City
  • Vevo Cover Stories
  • Vevo Tour Exposed
  • Vevo You Play Like A Girl
  • Vevo Detected
  • Vevo Hot This Week
  • Vevo Halloween
  • Lyric Lines
  • The GRAMMY's
  • CBS: Live on Letterman
  • Aol Music Sessions
  • Fuse e vários outros não listados.



O Canal oficial Vevo no YouTube existe desde 2006 embora fosse completamente desconhecido durante seu desenvolvimento e ainda não havia sido vendido para as gravadoras globais que sempre foram os alvos para o crescimento do projeto e o sucesso mundial. A primeira a comprar o serviço foi a UMG criando o canal para o seus artistas exatamente no dia 11 de maio de 2009. Depois da SME e a EMI entrarem no projeto, o serviço finalmente foi disponibilizado oficialmente em 8 de dezembro de 2009, sendo que após esta data, todos os vídeos carregados no YouTube pelos usuários sem a permissão devida são censurados e/ou excluídos. No portal, além de vídeos, é possível comprar ingressos para concertos dos artistas das gravadoras. Uma das razões citadas para o lançamento do Vevo é a competição que vídeos musicais apresentam dentro do YouTube.

Em 2014, alguns artistas como David Guetta, Kylie Minogue e a banda Coldplay tiveram que deixar o serviço por causa da falência da EMI Music. A maioria das gravadoras foram vendidas para Universal, mas a Parlophone foi vendida para Warner Music que não integra o site. A partir daquele momento, novos videos de seus artistas não seriam mais integrados no Vevo incluindo os listado em cima, e os canais Vevo deles no YouTube, agora estão estilizados como um canal Warner, com o nome como "vevo" deixando de integrar o canal. Ex: davidguettavevo antes, agora visto como David Guetta. KylieVEVO antes, agora visto com Kylie, e ColdplayVEVO agora é Coldplay Official. Apesar disso, o link dos canais continua o mesmo. (ex.: youtube.com/ColdplayVEVO).

No Brasil, o site foi lançado em 14 de agosto de 2012, sendo o sétimo país do mundo a receber o serviço e o primeiro cuja língua não é inglesa.[4] [5]

Ele é esperado para ser lançado em seis países mais europeus e latino-americanos em 2012.[6] Vevo lançou na África do Sul em outubro de 2012, tornando-se o primeiro país da África a ter o serviço.[7] Vevo foi lançado em Espanha, Itália e França em 15 de novembro de 2012.[8]

Vevo também está disponível para uma variedade de plataformas, incluindo o iPhone, Android, Windows Phone, o Google TV, Boxee, Roku e Xbox 360.[9] [10]

Serviço[editar | editar código-fonte]

O serviço foi especialmente criado para combater a pirataria virtual e permitir que o conteúdo sob concessão destas empresas pudesse ser hospedado no Youtube, fazendo com que o mesmo bloqueasse todo o conteúdo sob o protocolo HTTP 403 para navegadores de internet não oficiais.

Vevo Lift[editar | editar código-fonte]

Em janeiro de 2011, foi lançado o "Vevo Lift", uma plataforma do site que tinha como objetivo divulgar artistas iniciantes. A cantora britânica Jessie J foi a primeira a participar do projeto.[11]

Certificado[editar | editar código-fonte]

Em junho de 2012, foi criado o "Vevo Certified" para os vídeos que ultrapassavam 100 milhões de visualizações.[12] A cada edição, um artista diferente faz uma série de entrevistas com o Vevo, sendo que artistas como Selena Gomez Ariana Grande, Avril Lavigne, Beyoncé, Britney Spears, Chris Brown, Christina Aguilera, David Guetta, Demi Lovato, Eminem, Jennifer Lopez, Jessie J, Justin Bieber, Katy Perry, Kelly Clarkson, Lady Gaga, Lana Del Rey, LMFAO, Maroon 5, Miley Cyrus, Nicki Minaj, entre outros, já participaram do projeto.[13] Britney Spears é a única artista a ter vídeos feitos em 3 décadas diferentes que ganharam o certificado.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. "Informações de VEVO por Alexa" (em inglês) Alexa. Visitado em 5 de abril de 2013.
  2. a b "Music Industry Companies Opening Video Site" (em inglês) New York Times (7 de dezembro de 2009). Visitado em 19 de agosto de 2012.
  3. "Vevo Signs Up CBS Interactive Music Group" (em inglês) Paidcontent.org (4 de dezembro de 2009). Visitado em 19 de agosto de 2012.
  4. "Vevo anuncia chegada ao Brasil" Techtudo. Globo.com (14 de agosto de 2012). Visitado em 18 de agosto de 2012.
  5. "Site de vídeos VEVO chega ao Brasil" Revista Exame (14 de agosto de 2012). Visitado em 18 de agosto de 2012.
  6. Jackson, Sally (April 16, 2012). Aussie version of Vevo starts today The Australian. Visitado em April 16, 2012.
  7. Times LIVE (October 15, 2012). VEVO launches in South Africa - Times LIVE Times LIVE. Visitado em October 15, 2012.
  8. VEVO launches in Spain, Italy, and France Official VEVO Facebook Page (November 15, 2012). Visitado em November 15, 2012.
  9. VEVO: Platforms. Visitado em 2012-03-30.
  10. Vevo.com - VEVO: Platforms. Visitado em 2012-12-24.
  11. "VEVO lança plataforma para divulgação de músicos iniciantes" Portal Terra (8 de janeiro de 2011). Visitado em 18 de agosto de 2012.
  12. "Vevo lança programa de selo para vídeos mais acessados com Justin Bieber" Tecmundo (6 de junho de 2012). Visitado em 19 de agosto de 2012.
  13. "Justin Bieber recebe certificado de sucesso do Vevo" Globo.com (6 de junho de 2012). Visitado em 19 de agosto de 2012.