Vexiloide

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde setembro de 2012). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Considere utilizar {{revisão-sobre}} para associar este artigo com um WikiProjeto e colocar uma explicação mais detalhada na discussão.
O lábaro de Constantino I, um vexilo romano, pode ser considerado um vexiloide.

Vexiloide é um termo usado sem muito critério para descrever objetos vexilares (semelhantes a bandeiras) usados por países, organizações ou indivíduos como forma de representação outra que não bandeiras. Cunhado por Whitney Smith em 1958, ele definiu um vexiloide como:

Cquote1.svg Um objeto com função de bandeira, mas que se difere desta em algum aspecto, normalmente aparência. Vexiloides são característicos de sociedades tradicionais e às vezes consistem de um mastro com um emblema, como animais esculpidos, no topo. Cquote2.svg

A definição mais estrita especificada na última frase descreve um vexilo (ou vexillum). Num sentido mais amplo (isto é, levando-se apenas a primeira sentença de Smith em consideração), “vexiloide” pode ser usado para descrever qualquer estandarte (objeto vexilar) que não é uma bandeira. Isto inclui vexilos, bandeirolas, galhardetes, flâmulas, bandeiras heráldicas e gonfalones.

O mais primitivo proto-vexiloide em tempos pré-históricos, e o precursor de topos os vexiloides e, depois disso, bandeiras pode ter sido um simples pedaço de tecido mergulhado em sangue de um inimigo morto. [1]

O uso de bandeiras substituiu o de vexiloides para usos gerais durante a Idade Média, por volta dos anos 1100 a 1400. No entanto, vexiloides ainda sobrevivem em algumas utilizações específicas, tais como representar unidades militares ou simbolizar várias organizações, tais como repúblicas de estudantes em paradas de rua. [2]

Vexiloides de impérios antigos[editar | editar código-fonte]

Vexiloides modernos[editar | editar código-fonte]

  • Na Alemanha Nazi, também referida como Terceiro Reich, a SS utilizava vexiloides com os quais marchava em paradas de rua durante as reuniões de Nuremberg. Esses vexiloides eram encimados por uma águia e uma suástica, e o nome da localidade específica do contingente da SS carregando os vexiloides. Inscrito neles havia o slogan “Deutschland Erwache”, que significava “Alemanha Acordada”.[5] [6]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências