Viaduto de Landwasser

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Viaduto de Landwasser
Um RhB no viaduto
Arquitetura e construção
Material Pedra
Estilo arquitetônico Ponte em arco
Design Cinco arcos espaçados de 20 m
Início da construção 1901
Término da construção 1902
Data de abertura Construída entre 1901-03
Comprimento total 130 m
Maior pilar 64 m
Geografia
Via Unica
Cruza Ribeiro Landwasser
Localização Flag of Canton of Graubünden.svg Grisões , Suíça
Coordenadas 46° 40' 54" N 09° 40' 33" E

O Viaduto de Landwasser que tira o seu nome do ribeiro que atravessa, é um viaduto ferroviário no cantão dos Grisões na Suíça, regularmente utilizado pelo Expresso do Glaciar da Ferrovia Rética (RhB).

É um dos símbolos da Ferrovia Rética (RhB), tal como o Viaduto de Brusio faz parte da linha de Albula e da linha da Bernina

Características[editar | editar código-fonte]

Construído entre 1901-03, tem 130 m de comprimento e 64 de altura, e faz uma curva de 100 m de raio depois de sair de um túnel de 219 m. A construção da linha de Albula começou em 1898, e exigiu importantes trabalhos de arquitectónicos pois é formada por 55 pontes e 39 túneis.

De notar as dificuldades inerentes a esta construção porque o material tinha que ser transportado até um local sem acesso e a altura dos arcos exigiu um método de construção próprio e original [1] .

Património[editar | editar código-fonte]

Desde o dia 6 de julho de 2008, o Comitê da UNESCO inscreveu a Ferrovia Rética, com a linha de Albula e a linha da Bernina na lista do Patrimônio da Humanidade. Esta inscrição refere-se aos 122 quilômetros de via férrea entre Thusis, Saint Moritz e Tirano, e às 144 pontes e 42 túneis que compõem esse traçado.

Paralelamente faz parte do Inventário Suíço dos bens culturais de importância nacional e regional.

Imagens[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Viaduto de Landwasser

Referências

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]