Victoria de Marichalar e Bourbon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Victoria Federica de Todos los Santos de Marichalar y Borbón (Madrid, 9 de setembro de 2000) é a filha do duque e da duquesa de Lugo, a infanta Elena de Bourbon e de Jaime de Marichalar. Ela é a sexta na linha de sucessão ao trono espanhol, depois do seu irmão mais velho Felipe (às vezes chamado de Fróilan).

Nome, baptismo e títulos[editar | editar código-fonte]

Ela foi nomeada Victoria em homenagem à sua tataravó, Vitória Eugénia de Battenberg, a rainha consorte de Afonso XIII; Federica em homenagem à sua bisavó, Frederica de Hanôver; e Todos los Santos (Todos os Santos) é uma tradição entre os Bourbons. Foram seus padrinhos o seu tio materno, Felipe, o Príncipe de Astúrias, e a sua tia paterna, Ana de Marichalar e Saenz de Tejada.

Realizou-se seu baptismo no dia 11 de outubro de 2000, no Palácio Real de Madrid. A água utilizada veio do Rio Jordão,

Como filha de uma Infanta de Espanha, Victoria detém o tratamento de Sua Excelência e o título de Grande de Espanha.

Educação[editar | editar código-fonte]

Victoria estuda no Colegio San Patricio, em Madrid, juntamente com seu irmão[1] .

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. http://www.hola.com/casasreales/2008/09/10/felipe-victoria-cole/
Precedido por
Felipe de Marichalar e Bourbon
Linha de sucessão ao trono espanhol
Sucedido por
Cristina de Bourbon