Vicus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2014).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Um vicus (pl. vici) designava, no Império Romano, um povoado civil estabelecido para um efeito ad hoc, geralmente situado nas proximidades de uma unidade administrativa concreta, como uma fortificação ou uma mina.

Os vici diferenciavam-se das civitates (cidades planeadas de raiz), das colónias (que eram eram destinadas aos soldados reformados) ou dos municípios (que eram entidades administrativas criadas a partir de povoações autóctones).

Os vici não seguiam o planejamento normal de uma cidade romana, em torno do cardo e do decúmano, e não tinham edifícios administrativos visto não terem qualquer estatuto legal, sendo controlados directamente pelo exército romano; inicialmente estruturas efémeras, algumas acabaram por perdurar como centros regionais, até porque as civitates, colónias e municípios não conseguiam absorver a totalidade das populações residentes.

Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um historiador é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.