Vida de Droga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Vida de Droga
Autor (es) Walcyr Carrasco[1]
Idioma português
País  Brasil
Género romance
Série Sinal Aberto
Ilustrador Rogerio Vilela [2]
Lançamento 1998[2]
Edição portuguesa
Edição brasileira
Editora Ática
Lançamento 2005
Páginas 176
ISBN 9788508106707

Vida de Droga é um livro infanto-juvenil lançado em 1998[2] , da autoria de Walcyr Carrasco.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

O livro conta a história de Dora, uma menina que possuía uma vida como uma menina muito rica, mas tudo muda quando seu pai perde o emprego e ela, começa sua vida no subúrbio, onde ela conhece novos amigos, possui seu primeiro namorado. Mas Dora se revolta com a forma de vida em que ela esta vivendo, ainda seu pai se separa de sua mãe, e o dinheiro não da para nada e sua mãe tem que arrumar um emprego para sustentar sua família.

Com o novo namorado Gui (Guilherme), Dora conhece as drogas, de primeiro ficou com medo, mas a revolta e a curiosidade foi mais forte, ela entra em um mundo que não possui mais volta para muitos.

E começa uma luta interessante para que Dora saia desse mundo das drogas, aonde sua mãe e sua amiga tenta ajudá-la, em certo momento sua amiga desiste e sua mãe continua na luta, até o momento em que ela foge de casa porque não gostou do namorado da mãe, e ela vai morar na rua. La ela conhece todo tipo de vida e de pessoas, assim ela tem que arrumar uma forma de se sustentar, ela começa pedindo nas ruas, ate que encontra sua amiga que era de classe alta e, ela leva Dora a começar a se prostituir, nesse meio tempo Dora revê muitos dos amigos antigos, e se depara com varias situações desagradáveis, passa por diversas situações, ate que encontrar sua mãe, que já esta com um novo namorado, volta para sua casa, e sua mãe a interna em uma clinica de recuperação. Faz o tratamento e sai, tudo parece ir bem, até que Dora reencontra o amigo que conheceu na clinica e que ainda fumava e a induziu à volta ao mundo das drogas e começa tudo de novo, e novamente ela passa por varias situações ate que algo muda dentro de si mesma e procura realmente se curar, consegue com ajuda de sua mãe, de seu novo padrasto e entre outras pessoas, Dora então tem uma difícil tarefa pela frente, enfrentar os preconceitos de todos e tentar realmente mudar de vida. Mas o livro deixa bem claro que nem todos têm a mesma sorte de Dora, de conseguir sair dessa vida de drogas.


Referências

  1. Catálogo Ática. Visitado em 08/09/2010.
  2. a b c Livraria da Travessa - Vida de Droga. Visitado em 08/09/2010.
Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.