Vienciana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Vienciana
ວຽງຈັນ
—  Cidade  —
Palácio Pha That Luang - O Stupa Dourado, símbolo nacional de Laos, na capital denominada Vienciana (português europeu) ou Vientiane (português brasileiro).
Palácio Pha That Luang - O Stupa Dourado, símbolo nacional de Laos, na capital denominada Vienciana (português europeu) ou Vientiane (português brasileiro).
País Laos
População
 - Total 754,000

Vienciana (português europeu) ou Vientiane (português brasileiro) (ວຽງຈັນ Viang-chan em lau; Vientiane tanto em francês quanto em inglês) é a capital e a maior cidade do Laos. Está localizada às margens do rio Mekong, que faz fronteira com a Tailândia neste ponto. As informações sobre o número de habitantes variam muito, mas estima-se que há pelo menos 200 000 pessoas no município (e 800 000 na região metropolitana, dados de 2005), o que corresponde a 10% da população do país.

Embora Vienciana seja a versão aportuguesada do nome em francês, no Brasil a cidade é chamada de Vientiane, pois em português brasileiro não há a tradução de nome de cidades e é mantida a grafia do francês e do inglês.

Sri Sattanak ou Sisattanak (em lao: ສີສັດຕະນາກ) também são nomes nativos de Vienciana.

Distritos[editar | editar código-fonte]

Vienciana compreende os seguintes distritos:

  • Chantabuly
  • Hadxaifong
  • Sikhottabong
  • Sisattanak
  • Xaysetha

Pontos turísticos[editar | editar código-fonte]

Vienciana vista do Patouxai.

A cidade mostra muita arquitetura colonial francesa.

Economia[editar | editar código-fonte]

Vientiane é a principal força motriz por trás da mudança econômica, tornando-se o centro econômico do Laos. Nos últimos anos, a cidade tem experimentado um rápido crescimento econômico devido o investimento estrangeiro.

Transportes[editar | editar código-fonte]

A Ponte da Amizade Thai-Lao, construída na década de 1990, cruza o rio a poucos quilómetros da cidade de Nong Khai, na Tailândia, e é o principal caminho entre os dois países. Trilhos de uma ferrovia internacional atravessam a ponte, podendo-se viajar de trem até Bangkok, a capital da Tailandia. O nome oficial da ponte foi alterado em 2007 pela adição de "Primeira", antes de "Ponte da Amizade". Em 2006, uma segunda ponte, de 1 600 metros e que levou três anos para ser construída, ligando Mukdahan na Tailândia com Savannakhet no Laos foi inaugurada, numa cerimónia assistida por 10 000 pessoas, com a presença de governantes dos dois países.

Cidades-irmãs[editar | editar código-fonte]