Vila Joaniza

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikitext.svg
Este artigo ou seção precisa ser wikificado (desde agosto de 2011).
Por favor ajude a formatar este artigo de acordo com as diretrizes estabelecidas no livro de estilo.

Vila Joaniza, é um bairro de São Paulo (cidade), situado na Zona Sul, especificamente no distrito de Cidade Ademar.


Sua principal via de acesso, trata-se da Avenida Yervant Kissajikian (que começa no cruzamento com a Avenida Interlagos e termina cruzando com a Avenida Santo Afonso.


O bairro em meados dos anos 90 era conhecido por sua violência. Porém, esse quadro foi mudado devido a instalação de uma base policial, além de já possuir uma delegacia: a 80ª DP.


Possui diversas escolas, tais como: EMEF Alferes Tiradentes, EMEF Prof Elza Maia Costa Freire, EE México, e, a recém inaugurada: EMEF Maria Lucia dos Santos (Estampa Esportiva).

Um Posto de saúde: U.B.S/A.M.A Vila Joaniza.


No comércio é possível encontrar lojas renomadas como as Casas Bahia e as Lojas Marabraz, a rede de fast-food Habib's, agências bancárias como Bradesco, Itaú e Santander; supermercados como Dia % e Ricoy, um posto de gasolina Shell, além de uma variedade de lojas de roupas, salões de cabeleireiros, vidraçarias, pizzarias, açougues, bares, mecânicas, ferros velhos, depósitos, bazares, academias, restaurantes, padarias, igrejas e etc. Além da feira de domingo na rua Estanislau Moniusko.

A região é conhecida por ser um centro de resistência da cultura afro-brasileira, graças aos inúmeros terreiros de umbanda e de candomblé que mantém viva a religião dos ancestrais dos afro-brasileiros.

Em lazer, existe um imenso clube instalado no bairro: o APCEF da Caixa Econômica Federal (porém é limitado apenas a associados da empresa, impossibilitando a acessibilidade aos moradores da região). Tem um casa de shows: Top Shows e Danças, com atrações musicais populares (forró, samba, pagode, axé e funk). Vale frisar que existem dois imensos terrenos abandonados: um situado na rua Bem Aventurança, e outra na subida da rua O Estado de São Paulo, ambos servem de lixão aos moradores que não tem coleta seletiva adequada com as suas necessidades, nem sequer uma cooperativa de reciclagem.

Possui alguns conhecidos times de futebol de várzea como: G.R. Marcenaria, Gangster F.S., E. C. Explosão (Rua Matão), Leões da Celeste (Zaíra/Fachinna), Juventus, Assim Somos Nós, Loucos por $$$, Quebra Tudo F.S.e outros. Devido ao bairro não possuir sequer um campo de futebol, esses times se deslocam para jogos em outros locais, principalmente no campo do Jardim Niterói (bairro vizinho). Possui atletas consagrados na cidade paulistana como Adriano, Passe Kolou, Jairo, Waguinho, Chacrinha, Japão, Viola, Carioca, Tigrão, Valderrama, Cadito, Alemão, Ricardinho, Val, Luiz Fernando, Vô, Nem, Gugu, Leandro, ente outros.

Foi berço para grandes nomes do Pagode como grupo Pixote, Toke Divinal (Refla), Nossa Arte e Só Querer.


O transporte não é acessível para ligação a todas as regiões, mas existem linhas de ônibus que dão acesso ao Terminal Santo Amaro, Santo Amaro (distrito de São Paulo), Jardim Luso, Praça da Sé, Terminal Bandeira, Moema e Shopping Morumbi.

Atualmente o trânsito na Avenida Yervant Kissajikian está sobrecarregado, devido a habitação desordenada e ao avanço às calçadas pelos lojistas.

Também existem inúmeras favelas ao longo dessa avenida bem como bares clandestinos que atrapalham o sono dos moradores da região todas as noites.


Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia de São Paulo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.