Vila Medeiros

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Distrito paulistano de
Vila Medeiros
Área 7,7 km²
População (31°) 128.692 hab. (2010)
Densidade 167,13 hab/ha
Renda média R$ 894,53 [1]
IDH 0,836 - elevado (56°)
Subprefeitura Vila Maria-Vila Guilherme
Região Administrativa Nordeste
Área Geográfica 2 (Norte)
Distritos de São Paulo Bandeira da cidade de São Paulo.svg

Vila Medeiros é um distrito situado na Região Norte da Grande São Paulo e pertence à Subprefeitura de Vila Maria-Vila Guilherme.

Localizado entre a Vila Maria, Vila Guilherme, Tucuruvi, Jaçanã, Itapegica e Ponte Grande.

História[editar | editar código-fonte]

A Vila Medeiros foi fundada em 1924, com o loteamento realizado pela Companhia Paulistana de Terrenos. O primeiro lote dos futuros distritos municipais veio com a Vila Maria, em 1908. A Vila Guilherme foi fundada junto com a Vila Medeiros. O nome deste teria se originado por causa da família Medeiros de Jordão, que adquiriu a região em 1909.[2]

A população no distrito vem diminuindo a partir dos anos oitenta. Segundo dados da prefeitura municipal da capital paulista, a Vila Medeiros tinha cerca de 162 mil moradores em 1980. Vinte anos depois, a população caiu para pouco mais que 140 mil habitantes. Na última medição, de 2004, a população era de aproximadamente 135 mil pessoas. Ainda assim, é uma das maiores densidades populacionais da cidade.

O número de residências também recuou de 40.283 para 39.323 entre 1991 e 1996.

Em 2002, um estudo da Secretaria do Desenvolvimento, Trabalho e Solidariedade do município da gestão Marta Suplicy, que utilizou metodologia semelhante à empregada pela Organização das Nações Unidas no Índice de Desenvolvimento Humano, mostrou que o Índice de Desenvolvimento Humano da Vila Medeiros era de 0,491, o 61º entre 96 distritos da cidade. De acordo com a metodologia, era um índice muito baixo (de região africana). Os dados se referiam ao ano de 2000.[3] [4]

Já em 2007, a Secretaria do Trabalho da gestão Gilberto Kassab, com outra metodologia, lançou o Atlas do Trabalho e Desenvolvimento da Cidade de São Paulo, o qual apontava um novo IDH para a Vila Medeiros, de 0,836. O índice é considerado elevado.[5]

Evolução demográfica do distrito de Vila Medeiros [6]

Bairros[editar | editar código-fonte]

Fazem parte do território de 7,7 km² do distrito os bairros: Vila Medeiros, Vila Sabrina, Vila Ede, Vila Munhoz, Jardim Brasil, Jardim Guançã, Jardim Julieta e Conjunto Promorar Fernão Dias.

Dados[editar | editar código-fonte]

Demográficos[editar | editar código-fonte]

  • Taxa de crescimento: -0,87 (1996-2000)

Habitação[editar | editar código-fonte]

  • Número de residências: 40.283 (1991)
  • Número de residências: 39.323 (1996)
  • Número de residências: 40.015 (2000)

Comércio[editar | editar código-fonte]

  • Indústria da transformação: 5.131
  • Serviços: 4.834
  • Comércio: 2.896
  • Construção Civil: 384
  • Serv. Ind. Util. Pública: 6
  • Agropecuária: 3
  • Extração mineral: 0

Outros[editar | editar código-fonte]

  • Taxa de Mortalidade Infantil: 18,6 (2004)
  • Centros de Juventude
  1. Equipamentos: 6
  2. Capacidade: 785
  • Estabelecimentos e Matrículas de Ensino Fundamental por Rede
  1. Estabelecimentos: 29 (14 estaduais, 5 municipais e 10 particulares)
  2. Matrícula: 19.206 (10.343 estaduais, 6.505 municipais e 2.358 particulares)
  • Estabelecimentos e Matrículas de Ensino Médio por Rede
  1. Estabelecimentos: 10 (4 estaduais e 6 particulares)
  2. Matrícula: 4.230 (3.739 estaduais e 491 particulares)
  • Hospitais e Leitos por Rede
  1. Hospital: 4 (2 municipais e 2 particulares)
  2. Leitos: 80 (40 municipais e 40 particulares)

Fonte: IBGE e Prefeitura da Cidade de São Paulo.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Plano Municipal de Habitação: Secretaria da Habitação, agosto de 2003
  2. O descobrimento de Vila Maria e os portugueses d'além Tietê - Prefeitura de São Paulo
  3. Índice de Desenvolvimento Humano da Cidade de São Paulo Prefeitura do Município de São Paulo, agosto de 2002
  4. IDH: 90% dos moradores de SP vivem mal - Revista Época, 14 de agosto de 2002
  5. Atlas do Trabalho e Desenvolvimento da Cidade de São Paulo - Prefeitura do Município de São Paulo, 12 de novembro de 2007
  6. Tabelas. Visitado em Junho de 2009.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia de São Paulo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.