Vila Prudente (distrito)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Distrito paulistano de
Vila Prudente
Área 9,9 km²
População (49°) 96.441 hab. (2010)
Densidade 97,42 hab/ha
Renda média R$ 1.345,63
IDH 0,867 - elevado (39°)
Subprefeitura Vila Prudente
Região Administrativa Sudeste
Área Geográfica 5
Distritos de São Paulo Bandeira da cidade de São Paulo.svg

Vila Prudente é um distrito da cidade de São Paulo, localizado na região Sudeste e pertencente à Subprefeitura da Vila Prudente.[1]

História[editar | editar código-fonte]

A história da Vila Prudente começou no início do século XVI com a doação de uma sesmaria a João Ramalho, para que ele a povoasse. Depois de três séculos, em 1829, o negociante João Pedroso adquiriu lotes e formou na área sítios de recreio, nos quais criava gado e plantava árvores frutíferas. Aos poucos, ele foi ampliando os limites da área, que passou a englobar os baixos do Zimbaúba (atuais Vila Zelina, Vila Bela e Jardim Independência).

A fundação de Vila Prudente ocorreu em 4 de outubro de 1890. Foi neste ano que os imigrantes italianos Irmãos Falchi (Emiídio, Panfilio e Bernardino Falchi), com auxílio do financista Serafino Corso, compraram a gleba de terra de Martinha Maria, viúva de Antônio Pedroso e instalaram a primeira indústria da região, a Fábrica de Chocolates Falchi. O nome do bairro (e distrito) vem da admiração que os irmãos Falchi, proprietários na época da fundação, tinham pelo então presidente da República Prudente de Morais, que havia sido o primeiro presidente do estado de São Paulo (de 14 de dezembro de 1889 a 18 de outubro de 1890) após a proclamação da República. Ela pode ser vista, talvez superdimensionada, na planta de Gomes Cardim, de 1897.[2]

Atualidade[editar | editar código-fonte]

Possui bairros em constante desenvolvimento, como Jardim Avelino, Parque da Vila Prudente, Vila Alpina, Vila Prudente e Vila Zelina.

Vista do distrito, com destaque para o nobre Jardim Avelino.

Também é um ponto positivo a sua proximidade com o centro, situado a cerca de 6 km de distância do Largo da Vila Prudente, e de distritos tradicionais da cidade, como o Ipiranga e a Mooca.

Por outro lado, ainda há residências de baixo padrão em determinadas regiões do distrito. Há também uma grande comunidade, conhecida simplesmente por Favela da Vila Prudente, que é semiurbanizada e está situada em uma região onde antes havia uma indústria.[3]

A Vila Prudente é caracterizada pela forte presença de imigrantes e descendentes do Leste Europeu, localizados nos seguintes bairros: Vila Zelina (lituanos); Vila Bela (ucranianos) e Vila Alpina (russos).

Localização e infraestrutura[editar | editar código-fonte]

O distrito é atendido pela Linha 2 - Verde do Metrô de São Paulo com as estações, Estação Vila Prudente e Estação Tamanduateí. ambas foram inauguradas no ano de 2010.[4] [5] É também atendido pelo VLP do Expresso Tiradentes, com atualmente a última e única parada do sistema no distrito. A Parada Dianópolis está localizada próximo ao Terminal Vila Prudente e a Estação Vila Prudente do metrô.

A continuação do VLP Expresso Tiradentes até o distrito de Cidade Tiradentes foi transformado em monotrilho ou metrô leve, rotulado a princípio como uma extensão da Linha - 2 Verde, e posteriormente renomeado como Linha 15 do Metrô de São Paulo. O monotrilho é um sistema semelhante ao já implantado na cidade de Tóquio.[6] [7] Com isso, é previsto que o distrito receba as primeiras estações de metrô leve da cidade de São Paulo. A obra já está em execução, e as primeiras estações, que deveriam ter sido entregues em 2012, serão inauguradas a partir do segundo semestre de 2013.[8] [9] Diversas linhas de ônibus da SPTrans estão presentes no distrito, em sua maioria estão localizadas na Rua do Orfanato.

No distrito, há um grande centro comercial, o Central Plaza Shopping[10] , O único crematório da Cidade de São Paulo, além do Cemitério da Vila Alpina (que é um dos maiores da capital paulista), ambos estão localizados no bairro de Vila Alpina. também possui um grande clube municipal, o Clube Municipal Arthur Friedenreich.

O distrito conta também com um jornal de bairro, a Folha de Vila Prudente.[11]

Distritos limítrofes:

Cidades limítrofes:

Principais ruas e avenidas:

Referências

  1. [1] (PDF) Emplasa.sp.gov.br.
  2. Planta geral da capital de São Paulo Arquiamigos.org.br. Página visitada em 28 de setembro de 2011. "A planta, juntamente com uma excelente análise, inclusive dos possíveis interesses particulares (imobiliários) de Cardim em mostrar certas regiões então remotas da capital mais urbanizadas do que realmente eram, pode aqui ser vista"
  3. Prefeito visita o CEI Arca de Noé na Vila Prudente Prefeitura de São Paulo. Página visitada em 10 de fevereiro de 2014.
  4. [2] G1.
  5. [3] Estadão.com.br.
  6. [4] Prefeitura.sp.gov.br.
  7. [5] Jusbrasil.com.br.
  8. [6] Universo Online. Noticias.uol.com.br.
  9. [7] Prefeitura.sp.gov.br.
  10. [8] Centralplazashopping.com.br.
  11. O jornal, de distribuição gratuita, possui um portal online: www.folhavp.com.br, acessado em 28 de setembro de 2011.


Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia de São Paulo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.