Vinícius Santos Silva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Vinícius
Informações pessoais
Nome completo Vinícius Santos Silva de Souza
Data de nasc. 3 de agosto de 1993 (21 anos)
Local de nasc. São Paulo (SP),  Brasil
Nacionalidade  Brasil
Altura 1,80 m
Destro
Apelido Vinishow
Informações profissionais
Clube atual Brasil Ceará
Número TBA
Posição Atacante
Clubes de juventude
20082013 Brasil Palmeiras
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2010
2014
2015
2015
Brasil Palmeiras
Brasil Vitória (emp.)
Brasil Capivariano (emp.)
Brasil Ceará (emp.)
0103 0000(8)
0017 0000(1)
0012 0000(1)
0006 0000(0)
Seleção nacional
2013 Brasil Brasil Sub-20 0001 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 10 de julho de 2015.

Vinícius Santos Silva de Souza, mais conhecido como Vinícius (São Paulo, 3 de agosto de 1993), é um futebolista brasileiro que atua como atacante. Atualmente é jogador do Ceará.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Vinicius joga pelo Palmeiras desde os 12 anos, quando começou as atuações pelo sub-15 do clube. Se tornou profissional aos 16 anos, fazendo sua estreia na partida contra o Rio Branco no dia 24 de março de 2010.

O primeiro jogo que Vinicius atuou como titular foi contra o Mirassol no dia 27 de março de 2010, no Estádio Palestra Itália, pelo placar de 1 a 1. Vinicius jogou até os 25 minutos do 2º tempo e foi substituído por Maurício Ramos.[1]

No dia 9 de março, fez seu primeiro gol como atleta profissional, na vitória do alviverde por 2 a 1 sobre o Noroeste, em Bauru, pelo Campeonato Paulista[2] , se tornando o segundo jogador mais jovem a marcar um gol em uma partida profissional, com 17 anos, 7 meses e 6 dias (o recorde pertence ao ex-atacante Mazzola, com 17 anos, 6 meses e 5 dias).

Em junho de 2011, Vinícius foi motivo de um desentendimento entre o técnico do Palmeiras, Luiz Felipe Scolari, e o fundo DIS, braço esportivo do Grupo Sonda e proprietário dos direitos federativos do atleta. Scolari chamou de "roubo" e "agiotagem" o assédio dos empresários sobre o atacante, que chegou a receber e recusar proposta da Udinese, da Itália, para se transferir.[3]

Em 17 de fevereiro de 2013, no clássico diante do Corinthians, Vinícius foi o responsável por fazer o gol que viraria o placar em favor do Palmeiras por 2 a 1; no entanto, o arquirrival empataria o embate, que se encerraria 2 a 2[4] .

No dia 10 de setembro de 2013, o atleta foi chamado pelo técnico Alexandre Gallo para servir a Seleção Brasileira Sub-20. [5] .

Vitória[editar | editar código-fonte]

No dia 11 de março de 2014, Vinícius foi emprestado até o fim de 2014, para o Vitória, o empréstimo é simples e não envolve prorrogação de contrato.[6] Ao final da temporada, retornou ao Palmeiras.

Capivariano

Sem espaço no Palmeiras, Vinícius foi novamente emprestado, dessa vez para o Capivariano, para a disputa do Campeonato Paulista da Série A1

Ceará

O Ceará acertou a contratação do atacante Vinicius até o fim de 2015, o atacante estava no Capivariano, clube pelo qual disputou o Paulistão 2015.[7]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Palmeiras

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • É o jogador mais novo a vestir a camisa do Palmeiras em um jogo profissional.[8]
  • É o segundo jogador mais novo a marcar um gol pelo Palmeiras em um jogo profissional. [9]
  • Apesar do jogador atuar em algumas partidas pela equipe principal do Palmeiras, afirmou em 2010 que pedia dinheiro aos pais. [10]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]