Violência no trabalho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Tradicionalmente considerava-se agravos relacionados ao trabalho aqueles que pudessem ser relacionados a agentes químicos, físicos, biológicos ou ainda à organização e intensidade do trabalho. A partir da década de 80, contudo, as violência no trabalho passa a receber maior atenção enquanto risco para a saúde dos trabalhadores.

Estudos nos Estados Unidos apontam os homicídios entre as principais causas de mortes relacionadas ao trabalho ( CDC, Preventing Homicide in the Workplace ., http://www.cdc.gov/niosh/homicide.html, visitado em 16 de setembro 2009 ). Estudo realizado em São Paulo, Brasil ( Waldvogel, 1999, http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-88391999000300016, visitado em 16 de setembro 2009 ), mostra que os homicídios foram responsáveis pela maior parte dos óbitos por acidente de trabalho (28,4%) entre 1991 e 1992. Dados do Bureau of Justice Statistics revelam, contudo, que os casos fatais representam apenas 0,1% das violências no trabalho ( BLS, 2001), http://www.ojp.usdoj.gov/bjs/pub/pdf/vw99.pdf, visitado em 16 de setembro 2009 ).

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, considera-se Violência no trabalho situações em que o trabalhador é agredido física, psicológica ou moralmente em circunstâncias relacionadas ao trabalho, implicando em risco para a sua segurança, bem-estar ou saúde.

A OMS reconhece que a violência no trabalho afeta milhões de trabalhadores no mundo todo, tornando-se cada vez mais uma questão de direitos humanos e afetando de forma relevante a eficiência e o sucesso das organizações. OMS: Workplace Violence., http://www.who.int/violence_injury_prevention/injury/work9/en/, visitado em 16 de setembro 2009 

Referências[editar | editar código-fonte]

Ferreira, João Batista (2009). Perdi um jeito de sorrir que eu tinha: violência, assédio moral e servidão voluntária no trabalho. Editora 7Letras.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]