Viper

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Emblem-scales.svg
A neutralidade desse artigo (ou seção) foi questionada, conforme razões apontadas na página de discussão.
Justifique o uso dessa marca na página de discussão e tente torná-lo mais imparcial.


Viper
Informação geral
Origem São Paulo
País  Brasil
Gênero(s) Heavy metal, power metal, speed metal, thrash metal, metal progressivo, metal alternativo
Período em atividade 1985 - 1996
2004 - 2009
2012 - atualmente
Gravadora(s) Eldorado
Afiliação(ões) Angra, Capital Inicial, Shaman
Integrantes Andre Matos
Pit Passarell
Felipe Machado
Hugo Mariutti
Guilherme Martin
Ex-integrantes Cassio Audi
Valdécio Santos
Renato Graccia
Yves Passarel
Ricardo Bocci

Viper é uma banda brasileira de heavy metal, formada em 1985 na cidade de São Paulo.[1]

História[editar | editar código-fonte]

O Viper começou em 1985, com a demo The Killera Sword, formado por André Matos (Vocais), Pit Passarell (Baixo), Yves Passarel (Guitarra), Felipe Machado (Guitarra) e Cássio Audi (Bateria). Logo veio um dos melhores álbuns de heavy metal o Soldiers of Sunrise, dando ao grupo o título de o Iron Maiden brasileiro. Também lançaram o Theatre of Fate, onde houve uma mudança no som da banda, com a entrada do tecladista Junior Andrade em 1987, que antes era um heavy tradicional ficou mais melodico e André Matos mostra que, sem duvida, é um dos melhores vocalistas do Brasil. Nesse período o baterista era o músico Cássio Audi. Mas por divergências musicais com o resto da banda (que queria retornar ao heavy metal tradicional) e muito ocupado com a sua faculdade de música André Matos sai do Viper e Pit Passarel assume o vocal. O grupo lança outro álbum, que buscaria um metal mais pesado, o Evolution gravado pelo novo baterista Renato Graccia que já havia escursionado pela tour Theatre of Fate, mostrou um Viper heavy/thrash, mas maduro e é considerado um dos melhores álbuns da banda, que nessa época chega ao seu auge. Veio a bem-sucedida turnê no Japão, um álbum ao vivo o Maniacs in Japan uma gravação bem aplicada para um álbum de metal ao vivo. A viagem ao Japão aparentemente refletiu muito no próximo álbum Coma Rage, onde novamente a banda muda o som e assumi um heavy metal com algumas influências no hardcore, porém muito do Evolution ainda se vê no álbum, o álbum é bem produzido e bem recebido pelos fãs. Mais um álbum é lançado, Tem Pra Todo Mundo, a banda tenta se aproximar do público brasileiro fazendo um álbum com letras em português e com influências do pop, mas o álbum mal chega às lojas devido a falência da nova gravadora (Castle) da banda na época, com esse imprevisto a banda parou, retornando anos depois.

Em 2005, a banda regressou com Ricardo Bocci nos vocais, Val Santos na guitarra e Guilherme Martin (que ja chegou a tocar na banda anteriormente) na bateria. A banda lançou em agosto de 2005 o DVD Living For The Night – 20 Years of Viper, contendo imagens e vídeos de toda a carreira da banda.

Também em 2005 a banda lançou uma demo com novas músicas e voltou com o estilo pesado que tinha em meados dos anos 80. Guilherme Martin deixou o grupo ainda em 2005 e passou a integrar a banda Luxúria. Renato Graccia (que também ja tocou na banda) retornou ao Viper em seu lugar. Hoje Yves Passarel toca no Capital Inicial.

Em 2007, a banda lançou o disco "All My Life" com um lado mais puxado para o metal melódico. Iniciaram a turnê no mesmo ano, e devido a "projetos pessoais" em 2009 declararam uma pausa na banda. Felipe Machado está se dedicando em sua profissão como jornalista, Pit Passarell esta com uma banda solo, Renato Graccia com uma banda mescla de Blues e Rock, Marcelo Mello está dando aulas de guitarra (Felipe ja se refere em seu blog que o Marcelo é um ex integrante)e Ricardo Bocci iniciou sua turnê de divulgação do single "My Way" dando um show no dia 24/07 no CCSP e nos dias 10 (junto com Rafael Bittencourt) e 11 de setembro junto com a Sphaera Rock Orchestra também no CCSP.

To Live Again Tour e retorno de André Matos[editar | editar código-fonte]

Em 2012, a banda anunciou a turnê To Live Again Tour para comemorar os 25 anos do álbum Soldiers of Sunrise, onde tocaram pela primeira vez na íntegra os álbuns Soldiers of Sunrise e Theatre of Fate. O primeiro show aconteceu no dia 1º de julho na cidade de São Paulo, com o retorno do vocalista André Matos após 22 anos desde sua saída para a banda Angra e a formação clássica de Pit Passarell, Felipe Machado e Guilherme Martin. O guitarrista Hugo Mariutti tocou no lugar de Yves Passarell, que eventualmente fez participações durante a turnê.[2] .

Durante a turnê, a banda chegou a fazer a abertura dos shows do Kiss para as apresentações da banda norte-americana em São Paulo e Rio de Janeiro.

A banda Viper lança um DVD ao vivo da To Live Again Tour em 2013,e também possivelmente farão uma turne para comemorar os 25 anos do álbum evolution lançado em 1992.[3] .

Em setembro de 2013, a banda participará do dia do metal do Rock in Rio 2013, junto com o André Matos, que está em turnê de seu novo álbum solo.

Membros[editar | editar código-fonte]

Membros Atuais
Membros Antigos

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio
Álbuns ao vivo
Coletânea
EPs
Demos
DVDs

Videografia[editar | editar código-fonte]

Turnês[editar | editar código-fonte]

  • Theatre of Fate Tour (1989-1990)
  • Evolution Tour (1992-1993)
  • Coma Rage Tour (1994-1995)
  • All My Life Tour (2007-2009)
  • To Live Again Tour (2012)

Referências

Flag of Brazil.svgGuitarra masc.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical do Brasil, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.