Virgin Black

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Virgin Black
Virgin Black no Elements of Rock em 2007
Informação geral
Origem Adelaide, Austrália Meridional
País  Austrália
Gênero(s) Metal gótico, doom metal, metal sinfônico
Período em atividade 1995 — atualmente
Gravadora(s) Massacre Records, The End Records
Integrantes Rowan London
Samantha Escarbe
Grayh
Luke Faz
Ex-integrantes Dino Cielo
Craig Edis
Ian Miller
Aaron Nicholls
Brad Bessel
Graham Billing
Mark Kelson

Virgin Black é uma banda australiana que combina o metal gótico, doom metal e metal sinfônico.

História[editar | editar código-fonte]

Na ativa desde 1995, os australianos do Virgin Black vêm fazendo seu nome no cenário mundial com sua mistura de metal gótico com atmosferas obscuras e elementos orquestrados. Em 1995 a banda lança seu primeiro registro a demo auto-intitulado "Virgin Black", que excedeu expectativas, o que era para ser uma promoção local, tornou-se algo grande fez com que a demo fosse bastante vendida. Após 3 anos sem lançar nada a banda volta com outro EP intitulado "Trance", onde a banda teve uma progressão para o experimental com ângulos clássicos e industriais que se tornou evidentes neste trabalho. Depois de duas demos o primeiro álbum veio em 2001, "Sombre Romantic", um trabalho obscuro e com algumas experimentações, mas sobretudo melancólico que foi muito aceito como álbum de estréia, valendo contato com as gravadoras Massacre Records na Europa e a The End Records nos EUA. Na seqüência veio “Elegant... and dying" (2003)pela Silent Music/Encore Records, é como o próprio grupo afirma: "Uma jornada elaborada de 75 minutos que poucos irão compreender ou absorver sem um certo tempo e reflexão". Um álbum complexo, com a marca registrada da banda, passagens arrastadas e cadenciadas, momentos melancólicos, melodias delicadas e o insistente clima gótico presente em todo álbum. Após o lançamento de "Elegant... and dying", a banda partiu para uma turnê pelos Estados Unidos, e também participou de um festival na Alemanha, tendo tocado ao lado de bandas de renome como Opetn Paradise Lost e Tiamat.Em 2007 o grupo lançou o primeiro trabalho de uma trilogia chamada "Réquiem", que terá três álbuns com sonoridades diferentes. O primeiro é o "Réquiem-Mezzo Forte" que traz uma sonoridade diferente de seus trabalhos anteriores. O segundo "Réquiem-Fortíssimo" (2008). E por último "Réquiem Pianíssimo" sem data para sair. A banda tem uma temática cristã em suas letras, mas não exerce um trabalho ministerial. A Banda explica que o significado do seu nome é a justaposicão de pureza (Virgin) e escuridão (black) da humanidade.[1]

Formação[editar | editar código-fonte]

  • Rowan London — vocais e teclados
  • Samantha Escabe — guitarras, cello
  • Luke Faz — bateria
  • Grayh — baixo e vocal

Discografia[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Virgin Black
Flag of Australia.svgGuitarra masc.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical da Austrália, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. https://en.wikipedia.org/wiki/Virgin_Black#cite_note-AMG_VB-2