Virtua Fighter (anime)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde fevereiro de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Virtua Fighter (anime)
Virtua Fighter
Gênero Artes marciais, Comédia, Aventura, Drama
Anime
Direção Hideki Tonokatsu
Estúdio SEGA, TMS, Yomiko Advertising, Inc.
Exibição original 2 de outubro de 1995 - 27 de junho de 1996– em exibição
Emissoras de TV Japão TV Tokyo
Espanha Canal C
Chile ETC…TV e Megavision
México Televisa Canal 5
Nº de episódios 35
Projeto Animangá  · Portal Animangá

Virtua Fighter ganhou em 1995/1996 um anime homônimo com 35 episódios (divididos em 2 temporadas) que não passou no Brasil, apesar de um sucesso tardio entre os fãs, recentemente, graças às traduções alternativas.

O enredo se passa com Akira (um habilidoso lutador de Hakkyoku Ken) viajando pelo mundo, porque quer recuperar o dom de ver as 8 estrelas que podem ser vistas de dia - alusão à reconhecer um bom lutador quando conhece um. Ao longo da história, ele conhece todos os outros Virtua Fighters e tornam-se todos amigos.

Logo no primeiro episódio ele tem um infeliz encontro com Pai Chan num restaurante, onde os dois incidentalmente se beijam.

Pai Chan é a filha do mestre de Koen-ken, Lau Chan. Eles não tem um bom relacionamento, já que quando a mãe de Pai adoeceu, Lau preferiu treinar a cuidar da esposa. Pai não o perdoou e fugiu, ainda mais sabendo que ele quer casá-la com Ryu Kaorun, sucessor do Koenkan (dojo criado por Lau).

Posteriormente, Akira e Pai conhecem os irmãos lutadores de Jeet Kune Do, Sarah e Jacky Bryant. Sarah submete-se a qualquer coisa para deixar o irmão feliz. Embora Sarah seja meiga e bondosa, Jacky sempre se descontrola e se irrita com as idiotices que Akira diz. Jacky é piloto de Fórmula Indy -não por vontade de seu pai, que gostaria que ele fosse o sucessor na empresa- e Sarah é a "rainha das corridas".

Sarah então é raptada por Kagemaru, um ninja contratado pela cientista Eva Durricks, para ser a cobaia de um experimento que envolve uma série de lavagens cerebrais para "arrancar" os sentimentos dela e torná-la uma guerreira invencível. Daí começam as buscas por Sarah e as aventuras dos lutadores.

Personagens[editar | editar código-fonte]

Heróis[editar | editar código-fonte]

  • Akira Yuki: É o herói do anime; está sempre com fome e é irremediavelmente otimista. Geralmente fala coisas totalmente fora do contexto e nem percebe. Luta Hakkyoku Ken desde criança, sendo treinado pelo avô, que o ensinou a ver também estrelas que aparecem de dia, se você tiver o coração puro. Desde que não consegui mais vê-las, está errante pelo mundo.
  • Pai Chan: Foge de seu pai e seu discípulo. Sua mãe morreu quando ela era criança e desde então nutre um profundo ódio pelo pai. Tem uma relação de amor e ódio por Akira, pois não aguenta ouvir as idiotices que ele fala.
  • Lau Chan: É um homem fechado e endurecido pelos fatos da vida. Não sabe que a organização que criou, o Koenkan se tornou uma máfia intercontinental. Além da filha, fez de um garoto de rua seu discípulo, que veio a ser um dos maiores bandidos da história.
  • Jacky Bryant: É um piloto famoso de Fórmula Indy (diz que consegue pilotar qualquer coisa que tenha um motor e volante); seu patrocinador conseguiu fazê-lo garoto-propaganda de um fast-food. Lá aconteceu o triste episódio com Akira, que cai por cima de Sarah e sem querer coloca a mão em seus peitos. Jacky persegue Akira, mas depois que tudo se esclarece, tornam-se grandes amigos.
  • Sarah Bryant: É Irmã de Jacky. Ela foi alvo de um experimento para tornar um ser humano em uma máquina de guerra; foi escolhida por viver sempre à sombra de Jacky e não ter uma vida própria. A princípio gosta de Akira e o admira, mas no decorrer do anime, nada mais é falado sobre os dois e parece que ela acaba se interessando por Kage.
  • Kagemaru: Ninja da 10ª geração do clã Hagakure. É um mercenário que aceitou trabalhar para Eva raptando Sarah. Mas seus objetivos mudam após Sarah ter um gesto de compaixão por ele.
  • Wolf Hawkfield: Descendente de índios canadenses, conhece Akira após o enfrentá-lo e ser derrotado numa partida de luta-livre. Fica amigo de todos.
  • Jeffrey McWild: Pescador e lutador de pancratium. Ele conhece Akira quando o ajuda a chegar em Paris, dando uma carona no barco em que trabalha. Seu sonho é pescar um lendário tubarão conhecido com Satan Shark e junta dinheiro para comprar um barco para esse fim.
  • Lion Rafale: Sucessor da empresa Rafale, ele tem outros sonhos. Hábil lutador de Touroh-ken, sempre consegue escapar de seus guarda-costas. Aprende com Akira a ser livre e conseguir o que quer com os próprios pés.
  • Shun Di: É o mestre dos mestres. Luta um estilo de Kung Fu aparentemente inocente, pois parece estar bêbado, mas na verdade é letal. Lau o respeita muito. Akira acha que ele se parece muito com o avô

Vilões[editar | editar código-fonte]

  • Ryu Kaorun: Sua história mescla-se à de Lau. Ryu era um menino criado na rua que, quando roubou uma galinha num mercado, quase levou uma surra de vendedores; Lau ficou com pena e o ajudou. Desde então é o discípulo de Lau. Mas agora quer matá-lo para ter todo o poder sobre o Koenkan.
  • Eva Durricks: Cientista voltada para a robótica, Eva é bastante fria. Fica implícito que ela tenha um caso com Ryu. Depois que rapta Sarah, faz dela uma boneca, não tem pena alguma de seu sofrimento. Grande parte do dinheiro que consegue para seus experimentos é conseguido pela Cia. Rafale.
  • Yan Weimin: É o primeiro vilão que luta contra Akira. É sarcástico e é bem fraco. Ele foi assassinado por fracassar em sua missão de capturar Pai Chan.
  • Jimmy Gates: Apesar da aparência frágil de uma criança, é um dos piores vilões, pois usa a traição. Ele foi "ajudado" por Pai e Akira e se fingiu amigo. Mas a amizade fala mais alto e é ele quem salva Akira.
  • Irmãs Hower: Isabel e Eliza são irmãs assassinas que usam técnicas sujas. É fácil diferenciá-las porque uma se veste de homem e a outra de mulher. Elas perdem o posto de chefes do Koenkan da Europa porque falham, mas estão dispostas a recuperar o cargo para liderarem a nova era da máfia com Ryu.

Títulos dos Episódios[editar | editar código-fonte]

(Em seu original do inglês)

  1. Akira of the Hakkyoku-Ken
  2. Cry of the Heart
  3. The Gorgeous Sibling Fighters
  4. Showdown in Chinatown
  5. To Seek the Stars
  6. Behind the Battle Scene
  7. Fate's Twosome
  8. Sadness of the Past
  9. The Wanted
  10. Death Match on the Lake
  11. Pai's Dream
  12. Subway Out of Control!
  13. Arena of Darkness
  14. Aftershock
  15. Little Princess
  16. The Sea Warrior
  17. Here Comes the Prince
  18. Sad Reunion
  19. A New Departure
  20. A Bond of Love Between Brother & Sister
  21. A Wizard and a Master
  22. Evil City Hong Kong
  23. Launch D.
  24. The Eight Stars!

Temas[editar | editar código-fonte]

Aberturas[editar | editar código-fonte]

Wild Vision, interpretada por Kouji Hayashi

Ai Ga Tarinaize, interpretada por Takenobu Mitsuyoshi

Encerramentos[editar | editar código-fonte]

Kuchibiru no Shinwa, interpretada por Vivian Hsu

Kyouhansha, interpretada por Vivian Hsu

Eien no Mannaka de, interpretada por Akiko Seko

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
  • Virtua Cop foi mostrado numa imaginação de Akira sendo baleado em cima de um ônibus, juntamente com Sarah e Jacky.
  • No último episódio da 1ª temporada, na luta Akira vs. Dural, é mostrado um ângulo que seria a vista pelos olhos de Dural. Ela o vê (e também vê Lau) poligonal, exatamente com os gráficos do primeiro jogo lançado para Arcade.
  • Virtua Fighter Anime foi considerado um clone de Street Fighter. Há pontos semelhantes, como Akira e Ryu estarem errantes em busca de um objetivo, Jacky e Ken serem os melhores amigos americanos dos japoneses e Sarah ter sido raptada para virar uma guerreira invencível assim como Chun Li. Outra curiosidade é a cena em que o personagem Coronel Moreno -muito parecido com Rolento- lambe sua faca suja de sangue de Jeffrey, lembrando muito a pose de vitória de Vega lambendo suas garras.
  • Takenobu Mitsuyoshi, intérprete de Ai Ga Tarinaize (segunda abertura do anime) fez outras inúmeras participações na SEGA como cantor ou compositor, em especial no departamento Sega-AM2. Seus trabalhos notáveis são na própria franquia de Virtua Fighter (como dono da voz de Akira Yuki no primeiro jogo e compositor de músicas) e em Shenmue (também como compositor). Além disso interpreta a canção Solitude presente no álbum Virtua Fighter Complete Vocal Collection.
  • O animê Sonic the Hedgehog: The Movie, faz uma clara referência a Virtua Fighter. Sara e Eggman estão jogando um videogame de luta com eles mesmos e Sara dá uma sequencia de golpes de perna igual ao de Sarah.
  • Surgiram notícias em que, supostamente, Virtua Fighter passaria no canal Animax. Outro site dizia que Pai Chan foi dublada por Tânia Gaidarji, dubladora brasileira. Nada foi confirmado.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre mangá e anime é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.