Vison

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Emblem-scales.svg
A neutralidade desse artigo (ou seção) foi questionada, conforme razões apontadas na página de discussão.
Justifique o uso dessa marca na página de discussão e tente torná-lo mais imparcial.
Como ler uma caixa taxonómicaVison
American Mink.jpg

Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Carnivora
Família: Mustelidae
Género: Mustela
Espécies
Ver texto

Vison ou visom[1] é a designação comum a várias espécies de mamíferos mustelídeos do gênero Mustela, especialmente a Mustela vison, que se assemelham às doninhas da América do Norte. Possuem hábitos semi-aquáticos e pelagem macia e luxuriante. Esses animais têm sido mantidos em cativeiro, alimentando o mercado de peles e o mundo da moda.

Espécies[editar | editar código-fonte]

Ativismo, crueldade e caça[editar | editar código-fonte]

Ativistas pelos direitos animais tem lutado contra essa produção de peles. Entre as acusações, a caça, a morte agonizante, confinamento, maus tratos e crueldade. Depois de anos de campanhas, alguns governos, como o da Inglaterra, têm tomado medidas proibitivas para a restrição de produção dessas peles[1], mas a prática continua ao redor do globo. Os animais são obtidos através de armadilhas dispostas em locais estratégicos, o que não impede que um animal indesejado seja apanhado. Ele não morre imediatamente, já que a armadilha apenas quebra os ossos, provocando sangramento e apanhando os membros, provocando uma dor de longa duração. O método mais comum de abate, quando o animal é retirado da armadilha, é golpear a cabeça até à morte com uma ferramenta, sendo também recomendado entre os produtores o afogamento.[2]

Referências

Inside the fur farms Fur (trapping and killing)

Ícone de esboço Este artigo sobre carnívoros, integrado no Projeto Mamíferos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.