Vitória Sport Clube

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Vitória de Guimarães)
Ir para: navegação, pesquisa
Vitória SC
Vitoria s.c.png
Nome Vitória Sport Clube
Alcunhas Vitória de Guimarães
Vimaranenses
Branquinhos
Conquistadores
Torcedor/Adepto Vitorianos
Mascote D. Afonso Henriques
Fundação 22 de Setembro de 1922
Estádio Estádio D. Afonso Henriques,
GMR.png Guimarães
Capacidade 30 000[1] [2] [3]
Presidente Júlio Mendes
Treinador Portugal Rui Vitória
Patrocinador Portugal Espaço Guimarães
Portugal Super Bock
Angola (BK) Bento Kangamba
Material esportivo Estados Unidos Nike
Competição Primeira Liga
2013–14 Primeira Liga, 10º
2012–13 Primeira Liga, 9º
2011–12 Primeira Liga, 6º
Website vitoriasc.pt
Kit left arm.png Kit body vitoriasc12133h.png Kit right arm.png
Kit shorts.png
Kit socks.png
Uniforme
titular
Kit left arm.png Kit body vitoriasc12133a.png Kit right arm.png
Kit shorts.png
Kit socks.png
Uniforme
alternativo
Kit left arm.png Kit body vitoriasc12133rd.png Kit right arm.png
Kit shorts.png
Kit socks.png
Uniforme
alternativo
Temporada atual
editar

O Vitória Sport Clube, também conhecido como Vitória de Guimarães ou pelo acrónimo VSC, é um clube desportivo fundado em 1922 e sediado na cidade de Guimarães, Portugal.

Trata-se de um clube eclético[4] [5] [6] , o mais eclético do Minho[7] , e um dos maiores de Portugal, pois para além do futebol, se distingue em modalidades como o voleibol, basquetebol, futebol de praia, natação, pólo aquático e o kickboxing, tendo já vencido vários troféus nacionais e internacionais[8] . Actualmente milita na Primeira Liga de futebol.

É hoje um clube de referência nacional, e que ao longo da sua existência tem vindo a conquistar títulos. É um clube que tem como objectivo mínimo o 4º Lugar, e a presença em provas europeias, como a Liga Europa onde chegou aos Quartos de Final em 1987 e em 2008 à 3ª Pré-Eliminatória da Liga dos Campeões da UEFA.[9]

Tem ao longo dos anos conseguido algumas boas posições, como nas épocas 1968/69 (ficou a apenas 3 pontos do título), 1986/87, 1997/98 e 2007/08, onde conseguiu a 3ª Posição na Primeira Liga.

É um clube que tem tentado acabar com o favoritismo dos chamados "três grandes" (Porto, Benfica e Sporting), tentando sempre lutar pelo os primeiros postos da classificação.[10] Tem como os principais rivais o Benfica, Porto e o Sporting, e é ainda considerado como seu rival o Braga, seu "vizinho" de cidade, com quem protagoniza o "Derby do Minho".

Coroando um ano absolutamente histórico em termos de carreiras na Taça de Portugal, das diversas modalidades que são praticadas no clube, o VSC alcançou a presença em três finais na época de 2012-2013 (Basquetebol, Voleibol, Futebol), vencendo duas (Basquetebol e Futebol).

Conquistou a taça em basquetebol[11] , atingiu a final em voleibol[12] e no futebol[13] onde atingiu a final pela sexta vez no seu historial, conquistando esta última no Estádio Nacional, no Jamor (concelho de Oeiras), perto de Lisboa, dia 26 de Maio de 2013.[14] [15]

Cquote1.pngaconteça o que o acontecer, sou do VITÓRIA ATÉ MORRER...!!!Cquote2.png − lema dos adeptos do Vitória Sport Clube. [16]

História[editar | editar código-fonte]

Clube fundado em 1922, é conhecido predominantemente pela sua equipa de futebol nas últimas décadas teve presença assídua na 1ª Divisão e nas competições europeias.

O clube foi oficialmente fundado em 22 de Setembro de 1922, mas o processo de criação iniciou-se mais cedo, com alguns investigadores a apontarem o ano de 1913 como verdadeira data de fundação. Desde 1913, um grupo de jovens estudantes tinham constituído um grupo de futebol ao qual em 1918 deram o nome de Vitória Sport Clube, mas data de 1922 a sua filiação na Associação de Futebol de Braga, exactamente no primeiro ano de funcionamento daquela associação. [17]

A referência mais antiga do Vitória é na edição do "Norte Desportivo" de 6 de Fevereiro 1938.

Emblemas[editar | editar código-fonte]

O 1º emblema foi desenhado pelo Capitão Mário Cardoso, personalidade importante na sociedade vimaranense e que durante muitas décadas foi o Presidente da Sociedade Martins Sarmento MH IH. E foi criado nos finais da década de 20 início da década de 30.[18]

O emblema é claramente inspirado na estátua de D. Afonso Henriques (figura importante portuguesa). Quanto às cores, preto e branco, deve-se a admissão no clube de todos sem distinção, sem discriminação de raças ou estatutos sociais.

O emblema surge várias vezes em jornais, outros escritos da época, folhas do clube ou cartões de associados, mas nas camisolas do Vitória apenas surge no final da década de 40 princípio da década de 50.[19]

Até essa altura apenas era utilizado um V ou um outro símbolo numa espécie de "V", fechado, com as cores branca e preta.[20]

O emblema com a coroa aparece a partir de meados da década de 50, numa alusão ao facto de Guimarães ser uma terra real, acabando por desaparecer nos finais dessa mesma década. A coroa volta a reaparecer no emblema na década de 80, voltando a desaparecer novamente nessa mesma década.[21]

O primeiro emblema é muito semelhante ao actual, apenas com uma excepção, além das letras "S" e "C" que se encontram ao lado de D. Afonso Henriques existia também a letra "V".[22]

Hinos[editar | editar código-fonte]

A primeira música cantada pelo povo data de 1932 e é referente ao antigo Campo de Benlhevai, inaugurado nesse mesmo ano.[23]

A segunda música foi criada na altura da disputa da Taça de Portugal de 1941/42 que levou o "Vitória Sport Clube" à final da competição.[24] [25]

Em 1946/47 surge uma quadra popular dedicada aos Campeões Distritais dessa época, que conquistavam o seu 11º título consecutivo, competição em que demonstravam não ter rival, tal era a sua primazia na região do "Minho" do qual era também campeão.[26]

O terceira música remonta aos anos 50 / 60 e era tocado nas aulas de ginástica do "Vitória Sport Clube", no antigo recinto dos Bombeiros Voluntários de Guimarães.

O 1º hino, e o que têm mais afecto por parte dos adeptos do "Vitória Sport Clube", é o "clássico" hino de Dino Freitas ("Vamos Gritar, Vitória, Vitória!")[27] , que data de 1986. O Hino escrito e interpretado pelo vimaranense e vitoriano Dino Freitas, fez furor nos anos 80 e 90, não saiu da memória de muitos vitorianos e a intenção cada vez mais crescente de voltar a ouvi-lo no estádio aquando da entrada das equipas e em outras ocasiões festivas, levou à criação de uma petição no início de 2008, iniciativa do blogue “O Vimaranes”[28] , após alguns debates na blogosfera afecta ao clube.

Nessa mesma ano e no seguimento da brilhante época realizada por o "Vitória Sport Clube", na Taça UEFA de 1986/87, Dino Freitas lança também o hino "europeu" ("À conquista da Europa")[29] , sucessos imediatos da cassete, que se ouviam por toda a cidade e concelho de Guimarães. Existe ainda uma outra versão mais recente desta música, interpretada pelo vimaranense Zé Perdigão[30] .

No último jogo da época de 2005/06 que dita a descida de divisão após cerca de 50 épocas seguidas no principal escalão, os milhares de adeptos presentes no Estádio D. Afonso Henriques, entoaram um lema (já utilizado anteriormente em outras ocasiões) que marca a diferença entre os adeptos do "Vitória Sport Clube"
"VITÓRIA até morrer!, VITÓRIA até morrer!, VITÓRIA até morrer!”
Esse lema deu origem a um outro na época seguinte e utilizado até aos dias de hoje:
"Vitória allez! Vitória allez! aconteça o que acontecer, sou do VITÓRIA até morrer.”[31]

O 2º hino, e o mais recente foi escrito e interpretado pelo vimaranense José Alberto Reis (“Vitória, Vitória! Vamos todos festejar”)[32] , data de 2007.

Equipamentos[editar | editar código-fonte]

Período Material desportivo
1984-1990 Le Coq Sportif
1990-1992 Diadora
1992-1994 Hummel
1994-1996 Olympic
1996-2000 Adidas
2000-2001 John Smith
2001-2004 Le Coq Sportif
2004-2006 Kappa
2006-2007 Umbro
2007-2013 Lacatoni
2013-presente Nike

Estádio e Complexo Desportivo[editar | editar código-fonte]

Estádio D. Afonso Henriques.


A inauguração do Estádio Municipal de Guimarães foi a 3 de Janeiro de 1965, num jogo em que o Vitória venceu o CF Belenenses por 2-1. Castro marcou o primeiro golo no Estádio.

O Estádio D. Afonso Henriques é o estádio de Futebol do Vitória. Foi remodelado para o Euro2004. Tem capacidade para cerca de 30000 lugares sentados.[1]
Em 25 de Julho de 2003 assiste-se à cerimónia inaugural do remodelado estádio, momento em que a Câmara Municipal de Guimarães fez a entrega do Estádio D. Afonso Henriques, perante cerca de 30000 espectadores. O Estádio D. Afonso Henriques foi inaugurado com os espectadores a encherem totalmente as bancadas do novo D. Afonso Henriques. Viram um espectáculo multimédia, seguido do jogo entre o Vitória e o FC Kaiserslautern, que os vimaranenses ganharam por 4-1.[33]

Recintos e estádios utilizados por o Vitória Sport Clube:[34] [35] [36] [37] [38] [39]

  • 1922 Campo da Atouguia
  • 1924 Campo do Zé Minotes
  • 1925 Campo da Perdiz
  • 1932 Campo do Benlhevai
  • 1945 Campo da Amorosa
  • 1965 Estádio Municipal de Guimarães
  • 1991 Estádio Municipal de Guimarães, (remodelação "Mundial sub 21")
  • 2003 'Estádio D. Afonso Henriques', antigo Estádio Municipal de Guimarães (remodelação "Campeonato Europeu de Futebol 2004")

Complexo Desportivo[editar | editar código-fonte]

O Complexo Desportivo do Vitória SC é o "quartel-general" do clube. Acolhe os serviços administrativos do clube, os treinos da equipa sénior de futebol, e os treinos e jogos dos escalões de formação do clube. Inclui 3 campos de relva natural, 3 campos de relva sintética (sendo um deles de Futebol de 7), e um pavilhão gimnodesportivo, onde as várias modalidades do clube treinam e jogam.[40]

Foi inaugurado no ano de 1997, com o nome de "Complexo Desportivo Dr. Alberto Pimenta Machado", altura em que o clube tinha como Presidente o próprio Dr. Alberto Pimenta Machado. A ideia surgiu quando o na altura presidente visitou Milanello, o complexo desportivo do AC Milan.[41]

Futebol[editar | editar código-fonte]

Palmarés[editar | editar código-fonte]

Títulos[editar | editar código-fonte]

  • O Clube pratica variadas modalidades nas quais tem conquistado vários troféus regionais, nacionais e internacionais.[42] [43]
Futebol Sénior - Nacionais[editar | editar código-fonte]

Portuguese shield.svg Campeonato Português[editar | editar código-fonte]

Terceiro Lugar (4)
1968/69, 1986/87, 1997/98 e 2007/08 [44]

Nacionais

Soccer.Field Transparant.png

Brasil
Brasil
Portugal
Marrocos
Gana
Brasil
Portugal
Brasil
Argélia
Portugal
Portugal
Amidó
Soudani
Ricardo
T. Rodrigues
L. Olímpio
André
Addy
A. Kanu
El Adoua
P. Oliveira
First cup of portugal.jpg
Equipa vitoriana que derrotou o Benfica na Final da Taça de Portugal em 2013.

Regionais

  • Campeonato Distrital de Braga; vencedor 12 vezes: (1933/34 [55] [56] [57] , 1936/37, 1937/38, 1938/39, 1939/40, 1940/41, 1941/42, 1942/43, 1943/44, 1944/45, 1945/46, 1946/47 [58] ) [59] [60]
  • Tri - Campeão do Minho (1938/39, 1939/40 e 1940/41) [61] [62] [63] [64]
  • Taça A.F. Braga (1964/65) [65]
  • Taça de Honra A.F. Braga (1978/79, 1981/82, 1982/83 e 1983/84) [66]
  • 8 vezes vencedor do Campeonato de Reservas da A.F. Braga (1962/63, 1963/64, 1964/65, 1965/66, 1966/67, 1967/68, 1968/69 e 1971/72) [67]

Participações em Competições Internacionais[editar | editar código-fonte]

  • Taça dos Clubes Campeões Europeus ou Liga dos Campeões da UEFA: 1 Participação; 3ª Pré-Eliminatória em 2008/09
  • Taça UEFA ou Liga Europa: 15 participações; Melhor resultado: Quartos de Final em 1986/87
  • Taça das Taças: 1 participação; 1ª Eliminatória em 1988/89
  • Taça Intertoto: 2 participações; Melhor resultado: 2º Lugar no Grupo em 1974 e 1976

Troféus Prestigiantes

Outros Troféus

  • Liga do Futuro em 2010/2011
  • Troféu Cidade de Guimarães Património Mundial da Humanidade em 2007, após vencer o Deportivo
  • Inúmeras Taças Amizades do Minho, ganhas ao Sp.Braga
  • 3 Taças Cidade de Vizela em 2002, 2003 e 2004
  • Troféu Cidade das Caldas da Rainha em 2002, após vencer o Caldas e a Académica de Coimbra
  • Torneio Cidade da Póvoa de Varzim em 1986 e 1988
  • Taça Concórdia em 1935 ganha ao Sp.Braga

===== Futebol de Formação - Nacionais =====

==== Goleadores ====

"Bola de Prata" - Melhor Marcador do Campeonato de Portugal[editar | editar código-fonte]
Histórico do Vitória Sport Clube[editar | editar código-fonte]
Temporadas - Classificações / Treinadores / Presidentes[editar | editar código-fonte]
Jogos - Taças da Uefa[editar | editar código-fonte]
Liga / Taças da Uefa[editar | editar código-fonte]
Vitória Sport Clube:
Temporada Pos Escalão J V E D GF GS Pts Res
1980-81 30
1981-82 30
1982-83 30
1983-84 30 Taça Uefa
1984-85 30
1985-86 30
1986-87 30 Taça Uefa
1987-88 14° 38 Taça Uefa
1988-89 38 Taça das Taças
1989-90 34
1990-91 38 Taça Uefa
1991-92 34
1992-93 11° 34 Taça Uefa
1993-94 34
1994-95 34
1995-96 34 Taça Uefa
1996-97 34 Taça Uefa
1997-98 34 Taça Uefa
1998-99 34 Taça Uefa
1999-00 34
2000-01 15° 34
2001-02 34
2002-03 34
2003-04 14° 34
2004-05 34
2005-06 17° 34 Taça Uefa / Despromovido
2006-07 30 Promovido
2007-08 30
2008-09 30 Pré-eliminatória da Liga dos Campeões / Taça Uefa
2009-10 30
2010-11 30
2011-12 30 Taça Uefa
2012-13 30
2013-14 10º 30 Taça Uefa
2014-15 --º --

Pos = posição na tabela de classificação; J = partidas jogadas; V = partidas vencidas; E = partidas empatadas; D = partidas perdidas; GF = gols a favor; GS = gols sofridos; Pts = pontuação final

Participações[editar | editar código-fonte]
  • Incluindo a temporada 2014/2015
Competição Nº Presenças Títulos
1ª Liga 70 0*
Liga de Honra 1 0
2ª divisão (actual Liga de Honra) 3 0
3ª divisão (actual 2ª divisão) 0 0
Taça de Portugal 71 1*
Supertaça de Portugal 3 1
Taça da Liga 8 0*

(*) Estes números ainda não são definitivos pois o Vitória Sport Clube está a participar nesta competição na época de 2014/15.

Recordes[editar | editar código-fonte]
Jogadores

Marcadores

  • "Melhor Marcador do VSC" - em um só jogo / Campeonato de Portugal

Brasil Djalma Freitas - (1965-1966), 6 golos / 1 jogo.[73]
→ Campeonato Nacional da 1ª Divisão da época de 1965/66
(Vitória SC 6 - 2 SC Braga)
→ jogo disputado no Estádio Municipal de Guimarães.

  • "Melhor Marcador do VSC" - em dois jogos, numa so época com a mesma equipa / Campeonato de Portugal

Brasil Djalma Freitas - (1965-1966), 11 golos / 2 jogos.[74]
→ Campeonato Nacional da 1ª Divisão da época de 1965/66
(Vitória SC 6 - 2 SC Braga e SC Braga 3 - 5 Vitória SC)
→ jogos disputados no Estádio Municipal de Guimarães (1ª volta) e no Estádio 28 de Maio, hoje denominado Estádio 1º de Maio (2ª volta).

  • "Melhor Marcador do VSC" - em jogos / Campeonato de Portugal

Portugal Tito - (1971-1972 a 1977-1978), 83 golos / 202 jogos.[75] [76]
→ Campeonato Nacional da 1ª Divisão da época de 1971/72 a 1977/78
83 golos no Campeonato Nacional da 1ª Divisão a representar o Vitória SC.

Jogos / Épocas

  • "Mais jogos por o VSC" - Campeonato de Portugal

ZaireCongo N’Dinga Mbote - (1986-1987) a (1995-1996), 286 jogos / 10 épocas consecutivas.[77]
→ Campeonato Nacional da 1ª Divisão da época de 1986/87 à época 1995/96
286 jogos disputados por o Vitória SC.

  • "Mais épocas por o VSC" - Campeonato de Portugal

Portugal Daniel - (1953-1954) a (1969-1970), 17 épocas consecutivas, sendo a 1ª como júnior.[78]
→ Campeonato Nacional de Júniores da época de 1953/54 (1)
→ Campeonato Nacional da 2ª Divisão da época de 1954/55 a 1956/57 (3)
→ Campeonato Nacional da 1ª Divisão da época de 1957/58 a 1969/70 (13)
17 épocas consecutivas a representar o Vitória SC.

Jogos

Golos

Posições

  • Melhor Posição na 1º Divisão
    3º Lugar (1968-1969, 1986-1987, 1997-1998, 2007-2008) [82]
  • Pior Posição na 1º Divisão
    17º Lugar (2005-2006) [82]
    → Campeonato Nacional da 1ª Divisão, disputado entre 18 equipas.
    14º Lugar (1954-1955) [82]
    → Campeonato Nacional da 1ª Divisão, disputado entre 14 equipas.
No campeonato

Pontos

  • Com mais pontos (2 pontos por vitória)
    45 (1989-1990)
  • Com mais pontos (3 pontos por vitória)
    62 (1995-1996)
  • Com menos pontos (2 pontos por vitória)
    7 (1943-1944)
  • Com menos pontos (3 pontos por vitória)
    36 (2000-2001)

Golos

Época 2014/2015[editar | editar código-fonte]

Atualizado em 22 de Julho de 2014 [83] [84] [85] [86]

Legenda:

Capitão Capitão
Jogador Lesionado Jogador Lesionado
+ Jogador em fase final de recuperação
+ Jogador que volta de lesão/contusão
Suspenso Jogador suspenso no campeonato / vermelho directo
Suspenso Jogador suspenso no campeonato / 2º amarelo -- mesmo jogo
Suspenso Jogador suspenso no campeonato / 5º amarelo -- acumulação
x Jogador ausente em competição, ao serviço da Selecção Nacional – “Qualificação Campeonato do Mundo 2014
Jogador que volta de competição, ao serviço da Selecção Nacional – “Qualificação Campeonato do Mundo 2014
x Jogador ausente em competição, ao serviço da Selecção Nacional Sub-21 – “Qualificação Campeonato Europeu 2015 (Sub-21)
Jogador que volta de competição, ao serviço da Selecção Nacional Sub-21 – “Qualificação Campeonato Europeu 2015 (Sub-21)
Vindo de Empréstimo Empréstimo de
Emprestado Emprestado a
↔ Retorno de "Emprestado a"
→ Entrada
↑ promovido da 'Equipa B' ou 'Juniores'
¿ Período de observação

Equipa Principal[editar | editar código-fonte]
= Plantel =[editar | editar código-fonte]