Vivement dimanche!

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Vivement dimanche!
Finalmente Domingo! (PT)
De Repente, num Domingo (BR)
 França
1983 • cor • 111 min 
Direção François Truffaut
Roteiro Jean Aurel
Suzanne Schiffman
François Truffaut
Elenco Fanny Ardant
Jean-Louis Trintignant
Wendell Corey
Género policial
Idioma francês
Página no IMDb (em inglês)

Vivement dimanche! (De Repente, num Domingo (título no Brasil) ou Finalmente Domingo! (título em Portugal))[1] é um policial de França de 1983, realizado por François Truffaut, com roteiro baseado no livro de Charles Williams.

As filmagens foram de 4 de novembro a 31 de dezembro de 1982. Foi o último filme de François Truffaut, falecido em 21 de outubro de 1984 devido a um tumor cerebral.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Em Paris, Julien Vercel (Jean-Louis Trintignant) trabalha como agente imobiliário. Apesar de ser enfadonho e não lhe acontecerem problemas, a sua vida sofre uma mudança brusca quando Claude Massoulier é assassinado com um tiro de espingarda. Acontece que a vítima era amante de Marie-Christine Vercel (Caroline Sihol), a mulher de Julien, e quando ela é também morta ele torna-se o principal suspeito de ambas as mortes.

Ironicamente Barbara Becker (Fanny Ardant), que era sua secretária e tinha sido despedida, passa a ser a única pessoa que realmente crê na inocência de Julien. Enquanto o mantém escondido, ela investiga o caso por conta própria e acaba por se deparar com situações bem surpreendentes.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Dados complementares[editar | editar código-fonte]

Prémios e nomeações[editar | editar código-fonte]

  • Recebeu uma nomeação ao BAFTA (1984) de Melhor Filme Estrangeiro
  • Recebeu duas nomeações ao César (1984), nas categorias de:
    • Melhor Realizador
    • Melhor Actriz (Fanny Ardant)

Referências

  • Os Melhores Filmes de Todos os Tempos, de Alan Smithee, 1995

Ligações externas[editar | editar código-fonte]