Chamado de Mateus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Vocação de São Mateus)
Ir para: navegação, pesquisa
Vocação de Mateus.
1599-1600. Por Caravaggio, atualmente na Capela Contarelli em San Luigi dei Francesi, em Roma.

O Chamado de Mateus (ou Vocação de Mateus) é um episódio da vida de Jesus que aparece nos três evangelhos sinóticos (Mateus 9:9-13, Marcos 2:13-17 e Lucas 5:27-28) e que retrata o primeiro encontro entre Jesus e São Mateus[1] .

Relato bíblico[editar | editar código-fonte]

De acordo com o relato do Evangelho de Mateus:

«Jesus, partindo dali, viu um homem chamado Mateus, sentado na coletoria, e disse-lhe: Segue-me. Ele se levantou e o seguiu. Estando ele à mesa em casa, vieram muitos publicanos e pecadores e sentaram-se com Jesus e com seus discípulos. Os fariseus, vendo isto, perguntavam aos discípulos: Por que come o vosso Mestre com os publicanos e pecadores? Mas Jesus, ouvindo-o, disse: Os sãos não precisam de médico, mas sim os enfermos. Porém ide aprender o que significa: Misericórdia quero, e não holocaustos; pois não vim chamar os justos, mas os pecadores.» (Mateus 9:9-13)

Nos três evangelhos, este episódio acontece logo após a cura do paralítico em Cafarnaum e é seguido pela parábola do Vinho Novo em Odres Velhos. Nos evangelhos de Marcos e Lucas, Mateus é chamado de "Levi" e "filho de Alfeu"[2] .

Arte cristã[editar | editar código-fonte]

O "chamado de Mateus" foi o tema de obras de arte por diversos autores, entre elas:

Um dos principais atributos de Mateus na arte é o texto em latim "Veni, sequere me" e variações ("Segue-me").

Referências

  1. The Gospel of Matthew by R. T. France 2007 ISBN 080282501X page 349
  2. The life of Jesus by David Friedrich Strauss, 1860 published by Calvin Blanchard, page 340
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Chamado de Mateus

Ver também[editar | editar código-fonte]