Volante do motor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A cambota, ou virabrequim (vermelho), os pistões (cinza) e os cilindros (azul) encontram-se acoplados ao volante do motor que irá transferir a energia mecânica para a caixa de velocidades.

O volante do motor é a parte do motor que transfere o torque obtido na cambota (virabrequim ou eixo de manivelas) para caixa de velocidades. Também é responsável por absorver vibrações do motor e manter estável (ou dificultar oscilações) da marcha lenta.

Trata-se de uma peça de material pesado, unido à cambota (virabrequim) de um motor, ajudando a manter o equilíbrio e contribuindo para a redução das vibrações e os esticões provocados pela explosão do carburante.

É contra o volante do motor que o disco de embreagem faz pressão que, através das suas superfícies anti-deslizantes (que aumentam o atrito) permitem ou desligam a transferência da energia mecânica (rotação) para a caixa de velocidades.

Ícone de esboço Este artigo sobre Motor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.