Volkswagen Pointer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikitext.svg
Este artigo ou seção precisa ser wikificado (desde abril de 2014).
Por favor ajude a formatar este artigo de acordo com as diretrizes estabelecidas no livro de estilo.
Volkswagen Pointer
Pwiki1.jpg
Pwiki3.jpg
Visão Global
Nomes
alternativos
Na Europa, VW Pointer é o nome do brasileiro Volkswagen Gol
Produção 19941996
Fabricante Volkswagen
Modelo
Classe Hatchback de 5 Portas
Carroceria 3 Volumes
Ficha técnica
Motor 1.8 e 2.0 com Injeção Eletrônica monoponto e multiponto
Transmissão Manual de 5 marchas
Layout Motor transversal com Tração Dianteira
Modelos relacionados Volkswagen Logus
Chevrolet Kadett
Fiat Tipo
Ford Escort
Dimensões
Peso 1190 kg
Tanque 323 Litros de Porta-Malas
64 Litros de Capacidade do Tanque de Combustível.
Consumo 2.0:
cidade: 8,1 km/l
estrada: 12,24 km/l
1.8:
cidade: 10 km/l
estrada: 14,5 km/l
Cronologia
Último
Último
Nenhum
Volkswagen Polo
Próximo
Próximo


Volkswagen Pointer foi um automóvel fabricado pela Volkswagen no Brasil na década de 1990. Resultado da Autolatina (parceria firmada entre a Volkswagen e a Ford no Brasil) gerou, entre outros, os modelos híbridos Escort/Pointer e Verona/Logus. O Pointer é um facelift do Escort de 5a geração (2a geração no Brasil), adicionando farois, lanternas, para-choques e interior no estilo Volkswagen. Outubro de 1993. A imprensa é apresentada ao Pointer, nas versões CLi 1.8, GLi 1.8 e 2000 e o esportivo GTi 2000, todas equipadas com injeção eletrônica Fic. Desenvolvido sob a plataforma do novo Ford Verona, por possuir 4 portas, design mais agressivo que o Logus e tendo reunido o inédito conceito para o modelo GTi: Um esportivo confortável e de quatro-portas. Possuía um design limpo e com a ausência de saliências.

Era um Hatchback de forma robusta,com enorme vidro traseiro, levemente convexo e duas janelas vigias após a segunda porta, com colunas fixas para não prejudicar em nenhum momento a visibilidade do motorista. mesmas características técnicas em relação ao seu irmão Logus, tendo como diferença os freios à disco nas 4 rodas, a ausência da motorização 1.6 devido ao seu maior peso, e no lançamento este veio no começo equipado com injeção eletrônica Bosch Le-Jetronic, sendo que os primeiros modelos 2 litros do Logus não vieram com esta injeção, e sim com o malfadado carburador eletrônico.

O modelo GTi, vinha com um grave erro de fabrica pois tinha uma relação de quinta marcha muito curta, o que fazia o motor girar a quase 3500 rpm a 100 km/h, sendo que carros de cilindrada e potência semelhantes possuíam motor que gira por volta de 2800 rpm. O problema foi sanado em julho de 1994, com a adoção de uma relação de quinta marcha mais longa, reduzindo consumo, ruído e melhorando a sua velocidade máxima consideravelmente.

O modelo foi produzido na Argentina, tendo uma boa aceitação naquele mercado, com isso nós contamos com algumas unidades Argentinas rodando por aqui, e o mesmo ocorre lá. O carro chegou a participar de um campeonato de Multi-marcas por lá.

Como o modelo foi lançado em 1994 já com injeção eletrônica, as suas únicas mudanças na linha 95/96 foram os pára-choques pintados para os modelos CLi e GLi e a mudança na padronagens dos tecidos igual ao sedã.

Na linha 1996, foi apresentado nova forração em veludo, muito mais sóbria, bonita e confortável (Igual ao Logus Wolfsburg), volante e manopla em couro para o esportivo GTi, novas rodas aro 14, usadas futuramente no Pólo Classic

O nome Pointer designou o VW Gol, VW Parati ,VW Voyage e VW Saveiro brasileiros entre as gerações 2 e 4 que foram exportados para o México. A quinta geração nese pais tomam o seus nomes originais: Volkswagen Gol e Volkswagen Saveiro.