Voo 19

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde março de 2014).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
TBF Avenger.

O Voo 19 (em inglês: "Flight 19") é uma das ocorrências mais documentadas na história do Triângulo das Bermudas.

No dia 5 de dezembro de 1945 uma esquadrilha de cinco Grumman TBF Avenger deixou a base aérea. Cada avião conduzia três homens (um piloto, um radioperador e um artilheiro), com exceção de uma aeronave (que conduzia apenas um piloto e um artilheiro), de modo que 14 homens desapareceram. O Capitão conseguiu se comunicar com a base e dizer que eles estavam perdidos, a base pediu que verificassem a bússola e o capitão disse que a bússola não estava funcionando. Horas depois a base aérea mandou para a busca um hidroavião, que depois se comunicou com a base dizendo que iria voltar, pois o rádio estava com problemas. Ao voltar, a base mandou outro hidroavião com treze tripulantes, que acabou desaparecendo junto com os outros cinco.

Durante meses, investigações com o intuito de um melhor reconhecimento sobre o Triângulo das Bermudas ficaram paradas. Em jornais norte-americanos e sul americanos, os desaparecimentos dos aviões eram atribuídos a forças armadas de alemães. O engenheiro francês Domonik Kelsh junto com uma numerosa tripulação, partiu em uma expedição marítima, em busca dos aviões. Segundo o engenheiro, nada foi encontrado, embora tenha afirmado que os equipamentos do navio se comportaram de forma demasiadamente estranha, em determinado ponto da expedição.

De acordo com o geólogo da USP Carlos José Archanjo, com a existência de gás metano no fundo do oceano, o gás provocaria explosões ao atingir a atmosfera. "Por ser uma forma bruta do gás de cozinha, o metano pode entrar em combustão com a faísca de um motor de barco ou avião".[1]

Até hoje não se tem informações ou qualquer outro fato sobre o Voo 19. Há algum tempo foi divulgado na TV norte-americana que os destroços dos Avengers haviam sido achados por um submarino usado em expedições científicas, mas constatou-se posteriormente que os destroços encontrados não eram dos aviões.

Referências

  1. Por que desaparecem aviões e navios no Triângulo das Bermudas Portal Escola Interativa. Página visitada em 21 de março de 2014.
Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um acidente aéreo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.