Voo Kenya Airways 507

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Vôo Kenya Airways 507
Sumário
Data   5 de maio de 2007
Causa do acidente   
Local   Camarões
Mortos   114
Aeronave
Tipo da aeronave   Boeing 737-800
Empresa aérea   Kenya Airways
Prefixo   5Y-KYA
Passageiros   105
Tripulação   9
Sobreviventes   0

O Vôo Kenya Airways 507 foi um vôo Boeing 737-800 da Kenya Airways que voava do Aeroporto Internacional de Douala, Camarões, com destino ao Aeroporto Internacional Jomo Kenyatta, em Nairóbi, no Quênia, com 114 pessoas a bordo. O vôo era originado do Aeroporto Port Bouet, em Abidjan, Costa do Marfim, mas fazia uma parada em Douala para o embarque de mais passageiros.

O avião desapareceu no sábado, 5 de maio de 2007, depois de decolar às 0h07 locais (23h07 UTC) de Douala, durante uma forte tempestade.

Um helicóptero localizou os restos do Boeing 737-800 pouco depois das 18h locais (17h UTC) de domingo, 6 de maio, em uma região pantanosa em Mvengue, cerca de 20 km a sudeste de Douala[1] .

Nacionalidades dos passageiros e tripulantes perdidos[editar | editar código-fonte]

Os países em destaque representam as nações de origem dos passageiros e tripulantes

Pesquisa: Kenya Airways[2] [3]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]