Voo orbital

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido (desde novembro de 2012). Ajude e colabore com a tradução.
O Discovery em velocidade orbital, logo após o descarte dos foguets auxiliares.

Um Voo orbital, é um voo espacial, na qual uma espaçonave é colocada numa trajetória tal, que ela permaneça no espaço por, ao menos, uma órbita. Para fazer isso ao redor da Terra, ela deve estar numa trajetória livre que tenha uma altitude no perigeu acima de 100 km (que é a convenção de limite do espaço). Para permanecer em órbita nessa altitude, é necessária uma velocidade orbital de ~7,8 km/s. Órbitas mais altas, requerem menores velocidades orbitais, porém um delta-v maior.[1]

A expressão voo orbital, é geralmente usada para distinguir este tipo de voo do sub-orbital, no qual o apogeu da espaçonave atinge o espaço, mas o perigeu é muito baixo.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Basic Concepts Of Orbital Spaceflight. HubPages. Página visitada em 29/11/2012.


Ícone de esboço Este artigo sobre exploração espacial é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.