Voz da Rússia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde setembro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

A Voz da Rússia (em russo: Голос России) é uma empresa pública multimídia da Federação Russa, que efetua transmissões de rádio em várias línguas para o exterior. A rádio emite desde 29 de outubro de 1929 e teve como nome inicial Rádio Moscou. Localiza-se em Moscou e é propriedade da Companhia Nacional Russa de Televisão e Radiodifusão (sendo VGTRK a sua sigla em russo)[1] .

Sobre a empresa[editar | editar código-fonte]

A Voz da Rússia tem seu próprio website em russo e em mais 38 idiomas.

O site da rádio, que contém mais de quinhentas secções, é visitado por usuários de cem países. Eles têm acesso às emissões via satélite, através de celular, em formato multimídia.

A missão da empresa é oferecer ao público informação rápida, rigorosa e fidedigna sobre os acontecimentos mundiais, informar a comunidade internacional sobre a vida na Rússia, manter um diálogo com as comunidades russas no exterior e contribuir para a difusão da língua e da cultura russas.

História[editar | editar código-fonte]

Em 1922 já havia transmissões de rádio na Região de Moscou a partir de uma estação RV-1.

Em 1925 foi instalado um segundo centro de transmissão em Leninegrado (atual São Petersburgo). A primeira emissão da Rádio Moscou foi para o ar em 29 de outubro de 1929. Até 1939, a rádio difundia programas em inglês, francês, italiano, alemão e árabe, em onda curta e média.

Os boletins da Rádio Moscou expressaram a preocupação pela ascensão de Adolfo Hitler ao poder na Alemanha nos anos 1930. O seu serviço em onda média em italiano foi combatido com interferências por ordem de Benito Mussolini, nos finais da mesma década.

A Rádio Moscou chegou aos Estados Unidos no início dos anos 1950, com transmissores na região de Moscou. Mais tarde, com as novas estações retransmissoras construídas em Vladivostok e Magadan, as emissões alcançaram a parte ocidental dos EUA.

Os primeiros programas para África foram para o ar na década de 1950 em inglês e francês. Até 1961, a Rádio Moscou transmitia também em três idiomas africanos: amárico, suaíli e hadza.

Com o tempo, os ouvintes africanos tiveram a oportunidade de sintonizar a Rádio Moscou em outras oito línguas do continente. Entre 1973 e 1988, a rádio transmitiu o programa “Escuta Chile”, dirigido ao Chile durante a ditadura de Augusto Pinochet. Todos os programas, com algumas exceções, deviam ser autorizados por uma direção de programação, dissolvida em 1991. Na sua época de maior esplendor, a Rádio Moscou emitia em mais de setenta línguas, a partir das suas potentes estações emissoras situadas na União Soviética, Europa de Leste e Cuba. O sistema de transmissão por onda curta da Rádio Moscou nunca foi igualado em potência, orientação e alcance.

A União Soviética foi pioneira na utilização de antenas HRS 8/8/1 para transmissões orientadas de onda curta, muito antes de a tecnologia HRS 12/6/1 estar disponível no Ocidente. A transmissão com HRS 8/8/1 permitia ter um sinal perfeitamente audível em uma área específica a 7 000 km de distância.

A canção “Noites de Moscou”, muito conhecida, era a “música oficial” da rádio.

Depois do fim da União Soviética, o nome de Rádio Moscou foi alterado para Voz da Rússia. O proprietário da Voz da Rússia é a Companhia Nacional Russa de Televisão e Radiodifusão (VGTRK – na sigla em russo), criada em 1990.

A rádio transmite em 38 idiomas, sintonizados em 160 países. Entre as línguas utilizadas estão o alemão, árabe, armênio, azeri, búlgaro, chinês, checo, curdo, dari, espanhol, francês, hadza, hindi, inglês, italiano, japonês, kirguize, moldavo, mongol, pashtu, persa, polaco, português, russo, sérvio, turco, ucraniano, urdu e uzbeque.

A Voz da Rússia possui um website em 33 línguas. Em 2008, a página web da rádio recebeu o Prémio Runet na categoria “Runet fora dos limites RU” (Runet é o segmento da Internet global em língua russa)

A Voz da Rússia é membro da Associação Nacional de Difusores de Rádio e Televisão; da União Europeia de Radiodifusão; da Rádio Digital Mundial e da Conferência Internacional de Serviços de Estudo de Audiências.

Existem acordos entre o Ministério das Comunicações russo e várias empresas internacionais de radiodifusão tal como a Voz da América, Deutsche Welle, Radio Nederland entre outras, sobre o aluguer das estações retransmissoras de onda curta que são propriedade do ministério.

O serviço em português da rádio é destinado aos países de expressão portuguesa (CPLP), nomeadamente ao Brasil e Portugal.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]