Vuelta a España

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Para o evento deste ano, consulte Vuelta a España 2014.
Tony Rominger.jpg
Tony Rominger de camisola dourada.
Volta a Espanha
Nome Local Vuelta Ciclista a España
Região Espanha
Data Setembro (desde 1995)
Tipo Prova por etapas (Grand Tour)
História
Primeira Edição 1935
Número de Edições 68 (até 2013)
Primeiro Vencedor Bélgica Gustaaf Deloor
Último Vencedor Estados Unidos Chris Horner
Mais Vitórias Suíça Tony Rominger
Espanha Roberto Heras (3 vezes)

A Vuelta a España (em português, Volta a Espanha ou Volta da Espanha), em bicicleta, é uma das três "Grandes Voltas" da Europa e, juntamente com o Tour de France e o Giro d'Italia são os eventos de ciclismo de estrada mais importantes do mundo.

História[editar | editar código-fonte]

A Vuelta realizou-se pela primeira vez em 1935 e anualmente desde 1955.

O seu formato consiste numa corrida de três semanas com rotas que percorrem a Espanha e que são modificadas todos os anos.

O evento inaugural teve início em abril de 1935, partindo de Madrid e contou com 50 participantes, 18 deles espanhóis, que deveriam percorrer 3425 km em apenas 14 etapas, uma média superior a 240 km por etapa.[1] A prova sofreu várias críticas argumentando que as grandes distâncias envolvidas em cada etapa seriam inumanas.[1]

Inspirado nas voltas de França e Itália, e no sucesso que deram aos jornais patrocinadores (L'Auto e La Gazzetta dello Sport respectivamente), Juan Pujol do diário Informaciones apoiou esta corrida para aumentar a circulação do seu jornal.

Era realizada na Primavera, mas desde 1995 a corrida tem acontecido em Setembro. A prova inclui dois contra-relógios individuais e o seu final é tradicionalmente na capital espanhola, Madrid.

Em 1999, pela primeira vez, a corrida passou pelo Alto de El Angliru nas Asturias, que é uma subida de 1573 metros de altitude com 12,9 km de extensão e rampas a atingirem 23,6% de inclinação (na Cueña les Cabres), sendo uma das subidas mais duras da Europa. O crédito da descoberta desta subida e subsequente adição à Vuelta vai para Miguel Prieto.

Camisolas[editar | editar código-fonte]

O líder da classificação geral veste presentemente a camisola vermelha que é a versão espanhola da camisola amarela do Tour de France.

Esta cor foi adotada na edição de 2010, com outra utilização na edição de 1945. Começou por ser laranja (1935 e 36), depois branca (1941) e outra vez laranja (1942). Em 1946 mudou para a cor branca com uma lista vermelha até 1950. Em 1955, a camisola de lider estreou-se na versão amarela, mantendo-se assim até 1998, com exceção do ano de 1977 em que foi novamente laranja. Em 1999 a cor adotada foi o dourado mantendo-se até 2009.

Existe também uma camisola para o melhor trepador, o rei das montanhas, de cor branca com bolas azuis e outra para o lider da classificação por pontos, que veste uma camisola verde.

Recordes[editar | editar código-fonte]

O recorde para mais vitórias é detido em conjunto pelo suíço Tony Rominger, que ganhou três Vueltas consecutivas em 1992, 1993 e 1994; e Roberto Heras de Espanha, vencedor em 2000, 2003 e 2004. Heras também ganhou a edição de 2005, mas foi desqualificado por doping.[2]

Os espanhóis dominam o número de vitórias, tendo vencido 31 das 68 edições da Vuelta.

A França (9), a Bélgica (7), a Itália e Suiça (5), a Alemanha (3), os Países Baixos e Rússia (2) e Colômbia, Irlanda, Cazaquistão e Estados Unidos (1), já tiveram também vencedores da Vuelta.

Vencedores da Vuelta a España[editar | editar código-fonte]

Vuelta Ano Vencedor Nacionalidade Equipa
1 1935 Gustave Deloor  Bélgica
2 1936 Gustave Deloor (2)  Bélgica
1937-1940 Não houve competição (Guerra Civil Espanhola)
3 1941 Julian Berrendero  Espanha
4 1942 Julian Berrendero (2)  Espanha
1943 e 1944 Não houve competição (Segunda Guerra Mundial)
5 1945 Delio Rodriguez  Espanha
6 1946 Dalmacio Langarica  Espanha
7 1947 Edouard Van Dyck  Bélgica
8 1948 Bernardo Ruiz  Espanha
1949 Não houve competição
9 1950 Emilio Rodriguez  Espanha
1951-1954 Não houve competição
10 1955 Jean Dotto  França
11 1956 Angelo Conterno  Itália
12 1957 Jesus Loroño  Espanha
13 1958 Jean Stablinski  França
14 1959 Antonio Suarez  Espanha
15 1960 Franz De Mulder  Bélgica
16 1961 Angelino Soler  Espanha
17 1962 Rudi Altig  Alemanha
18 1963 Jacques Anquetil  França
19 1964 Raymond Poulidor  França
20 1965 Rolf Wolfshohl  Alemanha
21 1966 Francisco Gabica  Espanha
22 1967 Jan Janssen  Países Baixos
23 1968 Felice Gimondi  Itália
24 1969 Roger Pingeon  França
25 1970 Luis Ocaña  Espanha
26 1971 Ferdinand Bracke  Bélgica
27 1972 José Manuel Fuente  Espanha
28 1973 Eddy Merckx  Bélgica
29 1974 José Manuel Fuente (2)  Espanha
30 1975 Augustin Tamames  Espanha
31 1976 José Pesarrodona  Espanha
32 1977 Freddy Maertens  Bélgica
33 1978 Bernard Hinault  França
34 1979 Joop Zoetemelk  Países Baixos
35 1980 Faustino Ruperez  Espanha
36 1981 Giovanni Battaglin  Itália
37 1982 Marino Lejarreta  Espanha
38 1983 Bernard Hinault (2)  França
39 1984 Eric Caritoux  França Ski-Rydel
40 1985 Pedro Delgado  Espanha MG-Orbea
41 1986 Alvaro Pino  Espanha Zor-BH
42 1987 Luis Herrera  Colômbia Café de Colombia
43 1988 Sean Kelly  Irlanda Kas
44 1989 Pedro Delgado (2)  Espanha Reynolds
45 1990 Marco Giovanetti  Itália Seur
46 1991 Melchor Mauri  Espanha Team ONCE
47 1992 Tony Rominger Suíça Clas-Cajastur
48 1993 Tony Rominger (2) Suíça Clas-Cajastur
49 1994 Tony Rominger (3) Suíça Mapei-Clas
50 1995 Laurent Jalabert  França Team ONCE
51 1996 Alex Zülle Suíça Team ONCE
52 1997 Alex Zülle (2) Suíça Team ONCE
53 1998 Abraham Olano  Espanha Banesto
54 1999 Jan Ullrich  Alemanha Team Telekom Team Telekom
55 2000 Roberto Heras  Espanha Kelme
56 2001 Angel Luis Casero  Espanha Festina
57 2002 Aitor González  Espanha Kelme
58 2003 Roberto Heras (2)  Espanha US Postal
59 2004 Roberto Heras (3)  Espanha Liberty Seguros
60 2005 Denis Menchov  Rússia Rabobank
61 2006 Alexander Vinokourov Cazaquistão Astana
62 2007 Denis Menchov (2)  Rússia Rabobank
63 2008 Alberto Contador  Espanha team saxo bank-tinkoff bank
64 2009 Alejandro Valverde  Espanha Movistar Team
65 2010 Vincenzo Nibali  Itália Astana
66 2011 Juan José Cobo  Espanha Team Geox
67 2012 Alberto Contador (2)  Espanha Team Saxo Bank-Tinkoff Bank
68 2013 Chris Horner  Estados Unidos lampre-merida
69 2014 Alberto Contador (3) Espanha

Team Saxo Bank-Tinkoff Bank[editar | editar código-fonte]

Portugueses na Vuelta[editar | editar código-fonte]

A participação de ciclistas Portugueses na Vuelta tem um vasto historial, registando-se desde logo na 5ª edição (1945) a primeira participação, com 8 ciclistas inscritos. Destes, 4 chegariam ao final em Madrid, destacando-se a prestação do ciclista João Rebelo de Jesus com um honroso 6º lugar e 2 vitórias em etapas (12ª e 14ª). Seguiram-se muitas mais participações com excelentes resultados como a de Joaquim Agostinho em 1974, arrecadando 2 vitórias em etapas da edição e classificando-se em 2º na Geral Individual, não tendo ganho a prova por escassos 11 segundos.

Destacam-se de seguida os ciclistas lusos que venceram etapas ou que alguma vez se classificaram na Geral Individual final acima do 20º lugar ou ainda que obtiveram classificações finais de destaque: [3]

  • João Rebelo de Jesus - 2 participações
- 1945 - 6º; vencedor de 2 etapas: 12ª entre San Sebastián e Bilbao e a 14ª entre SantanderReinosa; foi ainda 2º na classif. por pontos e 2º na classif. da montanha.
- 1946 - 10º
  • Julio Mourão - 1 participação
- 1945 - 17º
  • João Lourenço - 2 participações
- 1945 - NT
- 1946 - 29º; vencedor de 1 etapa: 7ª entre Baza e Murcia.
- 1957 - Portugal – 13º
- 1958 - Portugal – 16º
- 1961 - Portugal - 18º; vencedor de 1 etapa: 9ª entre Albacete e Madrid.
- 1957 - Portugal – 4°
- 1958 - Portugal – NT
- 1959 - Portugal – 31º; vencedor de 1 etapa: 12ª etapa Pamplona e San Sebastián.
- 1966 - FC Porto - NT
- 1972 - Magniflex-Van Cauter – NT
- 1973 - BIC – 6º
- 1974 - BIC – 2º; vencedor de 2 etapas: 14ª entre Oviedo e Cangas de Onís e a 19ªB entre San Sebastián e San Sebastián.
- 1976 - TEKA – 7º; vencedor de 1 etapa: 6ª entre Cartagena e Cartagena; foi durante 4 etapas camisola amarela Jersey yellow.svg; 3º na classificação final da montanha
- 1977 - TEKA – 15º
- 1973 - Coelima-Benfica – 27º
- 1974 - Coelima-Benfica – 11º
- 1975 - SL Benfica – 6º; Vitória na classificação final das metas volantes Jersey red.svg
- 1976 - TEKA – 20º
- 1977 - TEKA – 13º
- 1973 - Coelima-Benfica – 38º
- 1974 - Coelima-Benfica - NT
- 1975 - Coelima – 8º
- 1976 - KAS – 15º
- 1978 - TEKA – 20º
  • José Madeira - 2 participações
- 1974 – Coelima-Benfica – NT
- 1975 – SL Benfica – 12º
  • Antonio Martins Lopes - 2 participações
- 1974 – Coelima-Benfica – NT
- 1975 – SL Benfica – 13º
  • Manuel Rego - 1 participação
- 1975 – Coelima – 20º
- 1987 – Sporting CP – NT
- 1989 – Sicasal-Acral - NT
- 1990 – Sicasal-Acral - NT
- 1994 – Recer/Boavista - 16º
- 1995 - Sicasal-Acral - NT
- 1987 – KAS – NT
- 1988 – KAS – 38º
- 1991 - Lotus – 65º; Vitoria na classificação final dos sprints especiais Jersey orange.svg
- 1993 – Lampre-Polti – 64º
- 1992 - Sicasal-Acral – 65º
- 1993 - Artiach – 76º
- 1994 - Artiach - 95º
- 1995 - Artiach – 14º
- 1996 - Banesto - 34º
- 1997 - Banesto - NT
- 1999 - Banesto - 70º
- 2002 - Milaneza-MSS- 16º
- 2006 – Astana - 15º; vencedor de 1 etapa: 10ª entre Avilés e Santillana del Mar.
- 2007 – Discovery Channel - NT
- 2008 – Astana – 26º
- 2011 - Team RadioShack - 85º
- 2012 – Team Saxo Bank-Tinkoff Bank – 70º
- 2014 - Tinkoff - Saxo - 57º
  • André Cardoso - 2 participações
- 2012 - Caja Rural - 21º
- 2013 - Caja Rural - 16º; 4º na classificação final da montanha
- 2014 - Garmin Sharp - 25º

NT - Não terminou

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Martín, Xerardo González (2007), 120 anos de ciclismo gallego, Editorial Galaxia, p304, ISBN 8471541165, 9788471541161
  2. Roberto Heras' B Sample Tests Positive For EPO Bicycling (2005). Página visitada em 2009-06-26.
  3. website oficial da Vuelta.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]