Wadd

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Wadd (em árabe: واد) era uma divindade lunar dos mineus, conhecida também como Ilumquh, ʕAmm e Nanna, e seu nome significava "amor" e "amizade".

Era adorado sob a imagem de um homem vestindo uma longa túnica majestosa e uma capa, uma espada na cintura e um arco no ombro. Em uma mão uma lança e uma bandeira e na outra uma aljava cheia de flechas.

Alguns dizem que ele parecia Eros, o deus grego, Estava relacionado com a árvore babilônica do amor e do deus da lua do Iêmen. Ele era adorado por toda a Arábia, mas originalmente parece vir da tribo de 'Udhra, famosa por seus poetas e carinho para com aqueles em sua vida, morte e poesia incorporados os ideais de lealdade e amor platônico .

Templo dedicado a Wadd foi demolido por ordem de Maomé,e foram mortos aqueles que resistiram à demolição,na Expedição de Khalid ibn al-Walid (2 Dumatul Jandal) [1] Acreditava-se que as cobras eram animais sagrados para Wadd.[1] Ele é mencionado no Alcorão (71:23) como uma divindade da época do profeta Noé.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b Lindemans, Micha F. Encyclopedia Mythica. Wadd. Página visitada em 17/08/2009. (em inglês)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Mitologia (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.