Walmor Chagas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde Setembro de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Walmor Chagas
Nome completo Walmor de Souza Chagas
Nascimento 28 de agosto de 1930
Porto Alegre ou Alegrete, RS
 Brasil
Morte 18 de janeiro de 2013 (82 anos)
Guaratinguetá, SP
 Brasil
Ocupação Ator, diretor e produtor teatral
Cônjuge Cacilda Becker
Página oficial
IMDb: (inglês)

Walmor de Souza Chagas (Porto Alegre[1] [2] [3] [4] [5] [4] [6] ou Alegrete[7] [8] [9] [10] , 28 de agosto de 1930Guaratinguetá, 18 de janeiro de 2013) foi um ator, autor, diretor e produtor teatral brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Mudou-se para São Paulo no começo dos anos 50, buscando uma chance no cinema.[6] Cursou a Faculdade de Filosofia da Universidade de São Paulo. Foi homem de teatro, com larga atuação, e era apontado como artista de indiscutíveis méritos e criador de personagens de grande impacto.

Em 1952 fundou o Teatro das Segundas-Feiras, junto com Ítalo Rossi, encenando “Luta até o amanhecer”, de Ugo Betti.[6] Estreou no Teatro Brasileiro de Comédia em 1954, atuando na peça “Assassinato a domicílio”, de Frederick Knott, com direção de Adolfo Celi.[6]

A estreia de Walmor Chagas no cinema aconteceu em 1965, quando interpretou o empresário Carlos em São Paulo S/A, de Luís Sérgio Person, e contracenou com Eva Wilma.[6] O filme recebeu o Prêmio Cabeza de Palenque na VIII Reseña Mundial de los Festivales Cinematográficos de Acapulco, [11] e a atuação de Walmor recebeu elogios do cineasta espanhol Luis Buñuel.[12]

Na televisão, fez inúmeros personagens marcantes como o Fábio em Locomotivas, Alberto Karany em Coração Alado, Horácio Ragner em Eu Prometo, Oliva em Vereda Tropical, Afonso da Maia em Os Maias, Guilherme Amarante Paes em Salsa e Merengue e mais recentemente o Dr. Salvatore em A Favorita. Também participou de outras obras importantes na TV como Avenida Paulista, O Pagador de Promessas e Mad Maria.

Walmor Chagas era viúvo da atriz Cacilda Becker, com quem viveu durante treze anos - até a morte dela, em 1969. A união teve início em 1956, durante os ensaios de Gata em Teto de Zinco Quente, de Tennessee Williams, sob a direção de Maurice Vaneau. O casal tinha uma filha[13] [14] , adotada em 1964[15] , a cantora Maria Clara Becker Chagas, conhecida como Clara Becker.

Suicídio[editar | editar código-fonte]

Walmor foi encontrado morto por um funcionário da pousada "Sete Nascentes", de sua propriedade, no bairro Gomeral, em Guaratinguetá, interior de São Paulo.

Segundo a Polícia Civil, a morte ocorreu entre 15 horas e 30 minutos e 18 horas. O ator morreu com um tiro na cabeça disparado por um revólver calibre 38.[6] [16] Segundo as informações do delegado titular do 2º Distrito Policial de Guaratinguetá, Antonio Luiz Marcelino, que conduziu as investigações, o corpo foi encontrado em um dos cômodos da pousada sentado em uma cadeira, com a arma no colo e ambas as mãos sobre ela.[17] [18] O laudo dos exames periciais realizados no local da morte e no cadáver atestou o suicídio, ao encontrar vestígios de pólvora em uma de suas mãos.[19]

Como desejo do próprio ator ainda em vida, seu corpo foi cremado em São José dos Campos e suas cinzas lançadas na Serra da Mantiqueira.[20]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Teatro[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Telenovelas e minisséries
Programas

Cinema[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Cinzas de Walmor Chagas serão levadas para seu sítio no interior de São Paulo Cultura e Lazer. (20/01/2013). Página visitada em 4/3/2013. "Walmor era gaúcho e, segundo a sobrinha e o biógrafo, nasceu em Porto Alegre, e não em Alegrete, como consta em alguns textos sobre o ator...."
  2. Amigos contam como Walmor Chagas viveu seus últimos dias Fantastico. (20/01/2013). Página visitada em 4/3/2013. "Nascido em Porto Alegre, em 1930, Walmor Chagas enfrentou a família, aos 18, para ser ator..."
  3. Walmor Chagas é encontrado morto em Guará Viver&. (18/01/2013). Página visitada em 4/3/2013. "Carreira. Walmor de Souza Chagas nasceu em Porto Alegre, no dia 28 de agosto de 1930. Cursou a Faculdade de Filosofia da Universidade de São Paulo..."
  4. a b Corpo de Walmor Chagas é cremado dia a dia. (18/01/2013). Página visitada em 4/3/2013. "Walmor Chagas nasceu em Porto Alegre, no dia 28 de agosto de 1930, mas vivia há cerca de 15 anos em um sítio em Guaratinguetá..."
  5. Walmor Chagas cac.. Página visitada em 4/3/2013. "Nascimento: 28/08/1931, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil..."
  6. a b c d e f Walmor Chagas morre aos 82 anos g1.com (18 jan 2013). Página visitada em 19 jan 2013.
  7. Corpo de Walmor Chagas será cremado em São José dos Campos Terra Diversão. (19/1/2013). Página visitada em 4/3/2013. "Nascido em Alegrete, no Rio Grande do Sul, em 28 de agosto de 1930, Walmor Chagas estrelou..."
  8. Rodrigues, Elaine (19/1/2013). Walmor Chagas escolheu a hora de sua morte, diz amigo do ator ao falar sobre suposto suicídio UOL Entretenimento.. Página visitada em 4/3/2013. "Gaúcho da cidade de Alegrete, Walmor Chagas..."
  9. Walmor Chagas é encontrado morto dentro de casa Correio do Povo (Porto Alegre). (18/1/2013). Página visitada em 4/3/2013. "Gaúcho de Alegrete, Walmor Chagas morava em São Paulo..."
  10. Walmor Chagas é encontrado morto, em seu sítio O Fuxico. (18/1/2013). Página visitada em 04/03/2013. "Walmor de Souza Chagas nasceu em Alegrete, Rio Grande do Sul..."
  11. Reseña Mundial de los Festivales Cinematográficos de Acapulco
  12. Walmor Chagas, por Diógenes Campanha. Istoé Gente.
  13. ... Cacilda Becker (1921-1969), por Livro 100 Brasileiros (2004)
  14. ... CACILDA BECKER - O teatro e suas chamas, por Renata Pallottini (1997)
  15. ... A primeira-dama dos palcos brasileiros: trajetória da menina que queria ser bailarina e se tornou atriz de sucesso, por Cecília Prada.
  16. Ator Walmor Chagas é encontrado morto em pousada no interior de SP (em português) O Estado de S. Paulo (18 de janeiro de 2013). Página visitada em 18 de janeiro de 2013.
  17. Guaratto, Natália (21 de janeiro de 2013). Delegado confirma suicídio do ator Walmor Chagas (em português) UOL. Página visitada em 22 de janeiro de 2013.
  18. Laudo indica vestígios de pólvora na mão direita de Walmor Chagas (em português) Folha de S. Paulo (21 de janeiro de 2013). Página visitada em 22 de janeiro de 2013.
  19. Exames da perícia apontam resíduos de pólvora na mão de Walmor (em português) G1 (21 de janeiro de 2013). Página visitada em 21 de janeiro de 2013.
  20. Cinzas de Walmor Chagas devem ser jogadas na Serra da Mantiqueira (em português) UOL (19 de janeiro de 2013). Página visitada em 19 de janeiro de 2013.
  21. Dramaturgia > Novelas > Selva de Pedra (2a versão) (html) (em português) Memória Globo. Página visitada em 3 de setembro de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]