Walter Mignolo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Walter Mignolo na Universidade de São Marcos, Lima, 2007.

Walter Mignolo é semiótico e professor argentino da Universidade de Duke.[1]

Ele é altamente reonhecido pela sua produção acadêmica em torno da questão colonial e geopolítica do conhecimento.

Livros[editar | editar código-fonte]

  • The Darker Side of the Renaissance: Literacy, Territoriality, Colonization (1995). Obra ganadora del Katherine Singer Kovacs prize de la Modern Languages Association
  • Local Histories/Global Designs: Coloniality. Subaltern Knowledges and Border Thinking (1999). Traducción al castellano: Historias locales / diseños globales. Colonialidad, conocimientos subalternos y pensamiento fronterizo. Madrid: Akal. 2002
  • The Idea of Latin America (2005). Obra ganadora del Premio Frantz Fanon por Excelente Contribución al Pensamiento Caribeño, otorgado por la Asociación Caribeña de Filosofía. Traducción al castellano: La idea de América Latina. La herida colonial y la opción decolonial. Barcelona: Gedisa. 2007


Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]