Wanna Be Startin' Somethin'

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Wanna Be Startin' Somethin'"
Capa promocional para o single.
Single de Michael Jackson
do álbum Thriller
Lado B "Rock With You" (ao vivo)
Lançamento mundo 8 de Maio de 1983
Formato(s) Vinil, 7", 12"
Gravação 1982
Gênero(s) Funk, dance-pop
Duração 6:03 (versão do álbum)
4:17 (versão do single)
6:30 (versão 12")
3:08 (versão de Immortal)
Gravadora(s) Epic Records
Composição Michael Jackson
Produção Quincy Jones, Michael Jackson
Cronologia de singles de Michael Jackson
Último
Último
"Beat It"
(1983)
"Human Nature"
(1983)
Próximo
Próximo
Lista de faixas de Thriller
Último
Último
"Baby Be Mine"
(2)
Próximo
Próximo
Lista de faixas de HIStory: Past, Present and Future, Book I
Último
Último
"Don't Stop 'til You Get Enough"
(13)
"Heal the World"
(15)
Próximo
Próximo
Lista de faixas de This Is It
Último
Último
"Jam"
(2)
Próximo
Próximo

"Wanna Be Startin' Somethin'" é uma canção do cantor e compositor norte-americano Michael Jackson, lançada em 8 de maio de 1983, pela Epic Records como o quarto single do sexto álbum de estúdio de Jackson, Thriller de 1982. A canção foi escrita, composta por Jackson e produzida por Quincy Jones e Jackson. Musicalmente, "Wanna Be Startin 'Somethin'" tem um tema, semelhante ao material de Jackson de seu álbum anterior, Off the Wall, de 1979.

A canção foi regravada por vários artistas desde o seu lançamento. Além de "Thriller", "Wanna Be Startin' Somethin'" aparece na compilação de vários hits e melhores álbuns de Jackson. A canção foi geralmente bem recebida pelos críticos de música contemporânea e se tornou o quinto consecutivo top dez de Jackson só nos Estados Unidos na Billboard Hot 100, ficando em quinto. A canção foi mixada e lançada com a participação de Akon em Thriller 25.

Após a morte de Jackson em junho de 2009, "Wanna Be Startin' Somethin" reentrou nas paradas musicais em todo o mundo, principalmente devido às vendas de download digital. Ao contrário dos singles anteriores de Thriller, "Wanna Be Startin 'Somethin não tem um vídeoclipe para acompanhá-lo, mas foi realizada por Jackson em turnês mundiais, tanto como membro do The Jacksons como artista solo. Como parte do lançamento de Thriller 25, um remix de "Wanna Be Startin' Somethin'", intitulado "Wanna Be Startin' Somethin' 2008", foi gravado com Akon, e lançado como o segundo single do álbum.

Visão geral[editar | editar código-fonte]

"Wanna Be Startin' Somethin" foi composta por Jackson em 1979 depois de uma visita a África, durante uma das sessões de gravação de seu álbum anterior, Off the Wall, mas em 1982 Jackson retomou a produção para lançar em seu álbum mais bem sucedido. Com 6:03 minutos de duração, Wanna Be Startin' Somethin' é a faixa mais longa do álbum Thriller. Em entrevistas o cantor declarou que "Wanna Be Startin' Somethin'" e "The Girl Is Mine" são faixas que o decepcionaram e que ele não conseguiu fazer elas soarem como realmente ele ouvia em sua cabeça. Tanto fãs quanto críticos acreditam que "Wanna Be Startin' Somethin'" conta a mesma história que "Billie Jean", havendo uma relação entre as duas músicas. No final da canção Jackson pede ajuda do ouvinte para ajudá-lo a cantar um canto de origem das tribos africanas: "Ma ma se, ma ma sa, ma ma coo sa".

Esse trecho é já havia sido usado antes na canção "Soul Makossa" do saxofonista camaronense Manu Dibango[1] , Makossa é o nome de um estilo musical de Camarões, o trecho foi utilizado na canção Don't Stop the Music da cantora Rihanna, em 2009, Dibango processou ambos os artistas[2] .

Performance ao vivo[editar | editar código-fonte]

"Wanna Be Startin' Somethin'" esteve presente em todas as turnês de Michael desde a Victory Tour, geralmente como tema de abertura sugerindo "começar alguma coisa". Por não ter uma rotina de coreografia própria, a música deixava mais espaço para Jackson improvisar e interagir com o público. Era comum durante a performace, Michael, seus músicos e dançarinos pararem de executar a canção e ficar parados por um bom tempo, ouvindo somente o grito do público.

Covers e samples[editar | editar código-fonte]

  • A irmã de Michael, La Toya Jackson, sempre interpreta a canção em seus shows.
  • A banda Bloodhound Gang usou samples da canção em seu single "Say Mama".
  • Björk cantou alguns trechos da canção em sua Homogenic Tour.
  • Em seu 2009 a banda de hard rock Extreme fecharam suas aprresentações com sua própria versão da canção.
  • Uma amostra da canção foi apresentada em Don't Stop the Music da cantora Rihanna.
  • O cantor Nando Reis, apresentou a canção em seus shows em homenagem a Michael Jackson.
  • Em uma homenagem a Jackson, a banda de Madonna executou a canção enquanto um cover do cantor se apresentava.
  • O cantor teen Justin Bieber em um dos seus shows, interpretou a canção, em homenagem a Michael Jackson.
  • O elenco de Glee regravou a canção para um episódio em homenagem ao cantor.

Wanna Be Startin' Somethin' 2008[editar | editar código-fonte]

"Wanna Be Startin' Somethin' 2008"
Single de Michael Jackson e Akon
do álbum Thriller 25
Lançamento 2008
Formato(s) Digital
Gravação Soul, hip hop, R&B, dance, pop
Gênero(s) Hip-Hop, R&B, soul, dance, pop
Duração 4:12
Gravadora(s) Epic
Composição Michael Jackson
Akon
Giorgio Tuinfort
Produção Michael Jackson
Akon
Giorgio Tuinfort
Cronologia de singles de Michael Jackson e Akon
Último
Último
"The Girl Is Mine 2008"
(2008)
"This Is It"
(2009)
Próximo
Próximo

Wanna Be Startin' Somethin' 2008 foi o último single do álbum Thriller 25. É um remix produzido por Akon lançado em janeiro de 2008.

Referências

  1. Eric Herderson (18/10/2003). Michael Jackson: Thriller SlatMagazine.com..
  2. Sean Michaels (4/2/2009). Rihanna and Michael Jackson sued by African singer The Guardian.
Ícone de esboço Este artigo sobre um single é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.