Warhammer Fantasy Roleplay

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Warhammer Fantasy Roleplay
Autor Dave Allen, Daniel Lovat Clark, Steve Darlington, Simon Grant, Lizard Harac, Jude Hornborg, Jay Little, Gary McBride, Clive Oldfield, Dylan Owen, Aaron Rosenberg, e Tim Uren
Editora(s) Games Workshop (1a. e 2a.ed.) / Fantasy Flight Games (3a.ed.)
Idiomas Inglês apenas
Lançamento 1986 (1a.ed.), 2005 (2a.ed.), 2009 (3a.ed.)
Sistema Próprio
Website Pagina Oficial
 · Portal RPG

Warhammer Fantasy Roleplay ou, aberviadamente WFRP ou WHFRP, é um jogo de RPG atualmente licenciado para Fantasy Flight Games pela Games Workshop. O jogo não possui tradução em língua portuguesa.

A primeira edição do WFRP trouxe a campanha conhecida como The Enemy Within (O Inimigo Interior). Seus cinco episódios foram bem amarrados e redigidos. Os três primeiros episódios, receberam os maiores elogios; uma versão reescrita do último episódio, o Empire in Flames (Império em Chamas), foi elaborado pela Hogshead Publishing sob o título Empire in Chaos (Império em Caos), mas nunca viu a luz do dia.

Para a segunda edição, uma outra campanha, intitulada Paths of the Damned (Caminhos dos Condenados), foi seguida de aventuras autônomas, como Barony of the Damned (Baronato dos Condenados) e Terror in Talabheim (Terror em Talabheim), bem como aventuras curtas em suplementos descrevendo nações e suplementos de regras, tais como Ill Tidings from the Bretonnia, Knights of the Grail e A Brutal Finish do supleneot de magia Realms of Sorcery.

A Fantasy Flight Games lançou a terceira edição em novembro de 2009. Esta edição trouxe uma mudança significativa no sistema; algumas mecânicas do sistema original foram mantidas. Nesta edição, o Storm of Chaos - durante o qual o Império é invadido - está prestes a acontecer, ao invés de já ter sido repelido, como na segunda edição. Isto significa que é ambientando um ano antes do período da segunda edição.

Cenário e Ambientação[editar | editar código-fonte]

Warhammer Fantasy Roleplay compartilha a mesma ambientação germânica com o sentimento de tragédia ou desastre iminente do wargame Warhammer Fantasy Battle (WFB) do qual se originou. Como é um jogo centrado em indivíduos e não em exércitos inteiros, WFRP retrata o cenário em muito maior detalhe do que os wargames que carregam a mesma marca. Esta mudança de foco também transforma WFRP em um jogo mais sombrio e perigoso do que WFB.

O Império é o palco principal de WFRP: uma região do Velho Mundo baseada vagamente na Sacro Império Romano-Germânico, com numerosos baronatos, condados e ducados, inspirados nos condados e ducados dos príncipes-eleitores do antigo Sacro Império. Outras regiões de destaque incluem Bretonnia, com base na França medieval com fortes temas da mitologia arturiana; Kislev, com base na Polônia medieval e Rússia Imperial; e a Wasteland, cuja única cidade, Marienburg, é baseada nos Países Baixos. Outras terras não exploradas tão profundamente, mas ainda freqüentemente mencionadas, incluem as terras fragmentadas de Estalia e Tilea, inspiradas na Espanha e nas Cidades-Estado da Itália renascentista, respectivamente; e, Araby, uma mistura de Califado árabe e Pérsia. Outras terras análogas às do mundo real incluem Cathay (China), Ind (Índia), Naggaroth (nordeste da América do Norte), Ulthuan (Atlantis), Lustria (Mesoamérica), Norsca (Escandinávia) ea ilha de Albion (Ilhas Britânicas), porém, pouquíssima informação oficial foi liberada sobre essas localidades.

Apesar de a ambientação de WFRP compartilhar diversas características, tais como a existência de elfos e duendes, com outras configurações populares de fantasia, o WFRP é cronologicamente um pouco mais tardio do que a maioria dos jogos de fantasia - perto da época renascentista em termos de tecnologia e sociedade. Armas de fogo estão disponíveis, apesar de caras e pouco confiáveis, e uma crescente classe média mercantil desafia a supremacia da nobreza.

Uma das características mais identificáveis ​​do cenário Warhammer é o Caos. Enquanto as forças do Caos em WFB são representadas principalmente na forma de cavaleiros negros e homens-fera, o Caos em WFRP é uma força insidiosa roendo o tecido da sociedade. Cultos secretos abundam entre todos os estratos da sociedade, visando derrubar a ordem social ou promover o seu próprio poder. Mutantes espreitam nas florestas fora das grandes cidades, enquanto o Skaven (uma corrida de ratos) cavam túneis abaixo deles.

Livros Básicos[editar | editar código-fonte]

  • Warhammer Fantasy Core Rulebook
  • Tome of Adventure - A Guide to Game Mastery & Roleplaying
  • Tome of Mysteries - A Guide to Wizards & Magic
  • Tome of Blessings - A Guide to Priests & Religion
Ícone de esboço Este artigo sobre Role Playing Game é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.