Washington de Barros Monteiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou secção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde março de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Washington de Barros Monteiro foi um jurista brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Em 30 de novembro de 1938 o município de Presidente Venceslau foi elevado à Comarca (Decreto n. 9775), em Interventoria do Dr. Adhemar Pereira de Barros. Neste ano foi o primeiro Juiz de Direito o Dr. Washington de Barros Monteiro, e Plínio Cavalheiro seu primeiro Promotor.

Foi ainda desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo, lecionou na Faculdade de Direito da PUCSP e foi Professor Emérito da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo.

Ficou nacionalmente conhecido pela publicação do seu Curso de direito civil. Essa obra, dividida em seis volumes, traz um dos maiores clássicos da literatura jurídica brasileira contemporânea, que tem formado gerações inteiras de juristas no Brasil. A obra continua até hoje a ser publicada, pelas mãos da atualizadora Ana Cristina de Barros Monteiro França Pinto.

Ele faleceu em 13 de abril de 1999. [1]

Referências[editar | editar código-fonte]

1 [2], Sesc São Paulo, Problemas Brasileiros, nº 333, mai/jun 1999.

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.