Watercooler

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Predefinição:Atualizado

Watercooler (ou Water Cooler, em português - literalmente: Resfriamento por água) é um sistema de refrigeração a água utilizado em computadores que segue o mesmo princípio dos sistemas de resfriamento geralmente utilizados nos motores dos automóveis.

Muitas vezes o dispositivo externo à CPU é usado simultaneamente para refrigerar o processador, partes da placa-mãe como os chipsets (ponte norte e ponte sul) e reguladores de tensão, além de memórias e partes da placa de vídeo como a GPU (processador gráfico).

É um dos mais populares sistemas de resfriamento para os entusiastas do overclocking neste momento. Este sistema veio combater o já existente aircooling (resfriamento a ar), permitindo assim um melhor desempenho dos componentes, conseguindo-se assim maiores valores de overclock nos diferentes tipos de hardware já que a água é um melhor condutor de calor do que o ar, obtendo assim resultados muito melhores.

Composição[editar | editar código-fonte]

O sistema consiste nas seguintes partes:

  • Waterblock ou Block (bloco): são peças fabricadas em cobre (mais comum) ou alumínio e são responsáveis pela transferência de calor dos componentes do computador para a água. É a peça que fica sobre o processador. É ela que vai trocar calor com o processador e com a água, ou seja, o processador esquenta o block e a água esfria o block, mantendo assim o processador em uma baixa temperatura;
  • Radiador (ou dissipador): responsável pelo resfriamento da água quente que vem do block. Para otimizar a dissipação do calor, são utilizadas ventoinhas (FANS) que forçam o ar contra as aletas e dutos do radiador, fazendo a troca de calor água com o ambiente;
  • Bomba: força a circulação de água através de um circuito fechado composto por reservátorio, mangueiras, 'waterblocks' e pelo radiador;
  • Reservatório: responsável por alocar o "fluido" do watercooler e fazer a passagem do líquido para os demais componentes por meio de mangueiras;
  • Fittings/Nozzles (conectores): normalmente feitos de plástico ou níquel ou algum metal recoberto por níquel ou uma liga de níquel-cromo. Os diâmetros mais utilizados são os de 3-4/3-8" ou 1-2/1-4" polegadas e são conectados às mangueiras;
  • Mangueiras: são responsáveis por interligar as peças do watercooler e fazer a passagem do líquido até os componentes;
  • Fluido/Coolant (líquido): é através do líquido que o sistema watercooler refrigera os componentes do computador, também chamado de fluido, é recomendável usar água destilada e se possível adicionar aditivos para radiadores que são usados em carros.

As partes que compõem o watercooler são ligadas em série por mangueiras, formando um circuito que é percorrido pelo líquido, que por sua vez é impulsionado pela bomba. Assim o Block, em contato com o processador, transfere o calor do mesmo para o líquido, que circula através de seu interior. No radiador, o calor é irradiado para fora do gabinete do computador por meio das ventoinhas (fans).

Funcionamento[editar | editar código-fonte]

Os sistema apresenta uma circulação impulsionada, forçada pela bomba elétrico-hidráulica através de mangueiras levando o líquido através do reservatório para o bloco (Block) fixado sob o processador, até o radiador (Dissipador), onde ventoinhas esfriam o liquido que refaz o mesmo processo de circulação.

Recomenda-se a utilização de água destilada e na grande maioria dos casos também é utilizado fluido de radiador usado em automóveis (etileno-glicol) para evitar danos aos waterblocks e ao radiador devido a eletro-corrosão.

Vantagens[editar | editar código-fonte]

  • Baixas temperaturas, isso por que, a água utilizada no sistema é um melhor condutor térmico do quê o ar, fazendo com que o sistema passe a trabalhar de forma mais silenciosa do quê o aircoling.
  • Melhores resultados de overclocking, pois o processador passa trabalhar numa temperatura menor.
  • Aumento de vida útil, quanto menor a temperatura de trabalho de um chip, maior será sua vida útil, em computadores de uso contínuo, adotar um watercooler, pode sair mais barato que trocar peças queimadas.

Desvantagens[editar | editar código-fonte]

  • Vazamento, um sistema bem montado tem risco praticamente zero de vazamento, mas mesmo assim é utilizado fluido que não conduz eletricidade, em caso de vazamento, não há perigo de curto-circuito causado pelo fluido. Para isso é utilizado água deionizada, ou seja, 100% pura que tem uma resistência elétrica altíssima, assim os perigos de um watercooler são quase nulos.
  • Preço. Às vezes montar um watercooler pode sair muito mais caro do quê um sistema à ar.

Vantagens sobre um cooler de ar[editar | editar código-fonte]

A água tem uma taxa de transferência térmica 24x maior que a do ar, o que de longe já afirma sua superioridade, mas não para por aí, as vantagens sobre o water cooler são inúmeras à começar pelo ruído menor, visual mais bonito, temperaturas melhores, melhores resultados de overclocking (principalmente para os gamers e entusiastas de hardware que procuram o melhor para baterem records), etc ... Em contrapartida, o aircoling pode sair mais barato.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Informática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.