Wayang

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Uma apresentação do javanês wayang kulit (fantoches de sombra) pelo famoso dalang (mestre de fantoches) indonésio Ki Manteb Sudharsono, é geralmente feita durante a noite.

Wayang é uma palavra javanesa para determinados tipos de teatro de fantoche e o termo também pode designar o próprio boneco de fantoche. Essas apresentações de teatro de sombras com fantoches são acompanhadas por uma orquestra de gamelão em Java e pelo gênero musical wayang em Bali, ilhas da Indonésia.

A UNESCO designou o wayang kulit, o teatro de sombra com fantoches, e o mais conhecido wayang indonésio, como obras-primas do Patrimônio Oral e Imaterial da Humanidade em 7 de novembro de 2003. Em retorno ao reconhecimento, a UNESCO exige que os indonésios preservem esse patrimônio.[1]

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Poplawska, Marzanna. Asian Theatre Journal. Fall 2004, Vol. 21 p. 194-202

Leitura adicional[editar | editar código-fonte]

  • Brandon, James (1970) On Thrones of Gold — Three Javanese Shadow Plays. Harvard University Press
  • Clara van Groenendael, Victoria (1985) The Dalang Behind the Wayang. Dordrecht, Foris
  • Keeler, Ward (1987) Javanese Shadow Plays, Javanese Selves. Princeton University Press
  • Keeler, Ward (1992) Javanese Shadow Puppets. OUP
  • Long, Roger (1982) Javanese shadow theatre: Movement and characterization in Ngayogyakarta wayang kulit. Umi Research Press
  • Mellema, R.L. (1988) Wayang Puppets: Carving, Colouring, Symbolism. Amsterdam, Royal Tropical Institute, Bulletin 315.
  • Mudjanattistomo (1976) Pedhalangan Ngayogyakarta. Yogyakarta (in Javanese)
  • Soedarsono (1984) Wayang Wong. Yogyakarta, Gadjah Mada University Press

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Wayang
Ícone de esboço Este artigo sobre a Indonésia é um esboço relacionado ao Projeto Ásia e ao Projeto Oceania. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.