Weywot (satélite)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ilustração artística de 50000 Quaoar e sua lua - Weywot.

Weywot, oficialmente (50000) Quaoar I Weywot é a única lua conhecida do maior objeto transneptuniano - 50000 Quaoar.

Descoberta[editar | editar código-fonte]

Foi descoberto por Michael E. Brown e T.A. Sue no dia 22 de fevereiro de 2007, com base nas imagens tomadas a 14 de fevereiro de 2006.[1] [2] Órbita a uma distância 14.500 km de 50000 Quaoar e tem uma excentricidade orbital de cerca de 0.14.[3]

Nome[editar | editar código-fonte]

Michael E. Brown propôs que o satélite fosse nomeado de Weywot, um nome que foi formalizado em 12 de novembro de 2009. Weywot na mitologia do povo Tongva, é o filho de Quaoar.

Características[editar | editar código-fonte]

Assumindo um albedo semelhante ao do primário, a magnitude sugere um diâmetro de 100 km.

Referências [ editar | editar o código ]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Daniel W. E. Green (22 de fevereiro de 2007). IAUC 8812: Sats of 2003 AZ84, (50000), (55637), (90482) International Astronomical Union Circular. Página visitada em 22 de novembro de 2012.
  2. Wm. Robert Johnston (25 de novembro de 2008). (50000) Quaoar Johnston's Archive. Página visitada em 22 de novembro de 2012.
  3. Brown, Michael E.; Fraser, Wesley C.. (2010). "Quaoar: A Rock in the Kuiper belt". The Astrophysical Journal 714 (2): 1547. DOI:10.1088/0004-637X/714/2/1547. Bibcode2010ApJ...714.1547F.
Ícone de esboço Este artigo sobre um satélite natural é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.