What a Girl Wants (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
What a Girl Wants
O que uma Rapariga Quer (PT)
Tudo que uma Garota Quer (BR)
Pôster promocional
 Estados Unidos
2003 • cor • 105 min 
Direção Dennie Gordon
Produção Denise Di Novi
Bill Gerber
Hunt Lowry
Roteiro Jenny Bicks
Elizabeth Chandler
Elenco Amanda Bynes
Colin Firth
Kelly Preston
Oliver James
Gênero Comédia romântica
Idioma Inglês
Música Rupert Gregson-Williams
Cinematografia Andrew Dunn
Edição Charles McClelland
Distribuição Warner Bros.
Lançamento Estados Unidos 4 de abril de 2003
Portugal 22 de agosto de 2003
Brasil 19 de setembro de 2003
Orçamento US$25 milhões
Receita US$50,732,139
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

What a Girl Wants (Brasil: Tudo que uma Garota Quer / Portugal: O que uma Rapariga Quer) é um filme estadunidense de 2003, do gênero comédia romântica, dirigido por Dennie Gordon e estrelado por Amanda Bynes, Colin Firth, Kelly Preston e Oliver James. Este é um remake do filme de 1958, The Reluctant Debutante, que por sua vez foi baseado numa peça de teatro de mesmo nome.[1] O título, What a Girl Wants, veio da canção de Christina Aguilera, que irônicamente, não aparece no filme ou na sua trilha sonora.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Daphne é uma garota que vive e trabalha com a mãe, e que descobre o paradeiro do pai, um poderoso político que está do outro lado do oceano Atlântico. Para encontrá-lo, ela larga sua vida comum e parte para a Inglaterra, onde muitas confusões a esperam.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

Apesar de ter recebido críticas mistas, o filme foi um sucesso de bilheteria. Em sua semana de estreia, o filme arrecadou $11,434,964 em 2,964 cinemas dos Estados Unidos e Canadá, ranking #2 na bilheteria. Até o final de sua execução, ele arrecadou $36,105,433 no mercado interno e $14,626,706 internacionalmente, totalizando $50,732,139 mundialmente.[2]

Resposta da crítica[editar | editar código-fonte]

O filme recebeu críticas mistas a negativas dos críticos, com uma avaliação crítica positiva de 35% no Rotten Tomatoes.[3] O San Francisco Chronicle chamou-lhe uma "comédia adolescente terrível."[4] The Village Voice descreveu o filme como "uma aventura higienizada do ambiente de Mary Kate e Ashley.[5]

Censura[editar | editar código-fonte]

Antes do lançamento do filme nos EUA, anúncios impressos foram alterados para remover o sinal de paz que Amanda estava dando no cartaz. Um representante da Warner Bros. explicou: "'Em tempo de guerra, fizemos uma pequena alteração para que pudéssemos evitar qualquer declaração política potencial em um filme completamente apolítico".[6]

Referências

  1. Primeira linha de créditos finais: baseado na peça "The Reluctant Debutante" por WILLIAM DOUGLAS HOME (sic)
  2. What a Girl Wants (2003) Box Office Mojo. Visitado em 2013-03-16.
  3. What a Girl Wants. Visitado em July 25, 2011.
  4. Guthman, Edward. "Film Clips", San Francisco Chronicle, April 4, 2003. Página visitada em July 25, 2011.
  5. Kamenetz, Anya. "Film", The Village Voice, April 8, 2003. Página visitada em July 25, 2011.
  6. Ascher-Walsh, Rebecca. "Sign of the Times", Entertainment Weekly, Apr 11, 2003. Página visitada em February 27, 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]